Revista Statto

COMUNIDADE π (PI) PARA PROFISSIONAIS DE INVESTIMENTOS

01/11/2019 às 16h51

Comunidade π (Pi) mira em capacitação 360º para profissionais de investimentos

Startup inova e dá suporte completo, da certificação à entrada no mercado de trabalho, para quem investe em uma das carreiras mais promissoras da área financeira.

Poucos mercados no Brasil oferecem tantas oportunidades para crescer como o de investimentos. Os brasileiros estão mais atentos quando o assunto é o rendimento das suas aplicações nos bancos e estão abertos a alternativas mais rentáveis. Para que tudo seja feito com segurança, com apostas adequadas ao perfil de cada cliente, a figura do assessor de investimentos é fundamental. Mais do que isso: quanto mais qualificado for o assessor, melhor para o correntista e também para a economia.

Pensando nas necessidades dos profissionais que atuam ou planejam seguir carreira nesta profissão, a startup Eu Me Banco ampliou sua gama de serviços e investiu num projeto pioneiro e arrojado. Em outubro, lançou em formato trial a comunidade dos profissionais de investimentos, batizada como Comunidade π (Pi).

“Nós vamos pegar o profissional na mão e entregá-lo para o banco 100% preparado. Estruturamos um fluxo que atende tanto um profissional cru para transformá-lo em um especialista de investimentos, quanto àquele que sabe sobre investimentos, mas não consegue tirar a certificação ou ir bem nas entrevistas. Toda a prática e o   conhecimento necessários para lançar profissionais verdadeiramente qualificados no mercado fazem parte da Comunidade π”, explica o economista Fabio Louzada, CEO da Eu Me Banco e idealizador do projeto.

A Comunidade π abriu inscrições para a primeira turma durante 48 horas no início de outubro. “Foi o primeiro teste de aceitação dos alunos e o resultado foi muito surpreendente, 104 pessoas se inscreveram e já estão com acesso ao material pelo período de um ano”, revelou Louzada. A busca por novas turmas está grande: até o momento, a lista de espera conta com mais de 1.000 interessados.

CURSOS, CAPACITAÇÃO PARA ENTREVISTAS E NETWORKING

A oferta da Comunidade π é atrativa não só pelo know-how compartilhado por Fabio Louzada, profissional com o maior número de certificações financeiras no Brasil e ex-consultor de investimentos do Bradesco Prime, Santander Select, Citibank e Itaú Personalité.

A sacada do projeto está em reunir não apenas os cursos preparatórios para certificações, mas também preparar os alunos para serem especialistas em investimentos desde a prática operacional e estratégica, passando pelos conhecimentos gerais necessários ao bom desempenho em entrevistas, ensinamentos técnicos e networking – com acesso a oportunidades de trabalho alinhadas ao perfil do profissional e conexões com corretoras consagradas no mercado.

Integram o escopo da Comunidade π os cursos preparatórios para CPA 10, CPA 20, CEA e Ancord e o recém-lançado Curso de Matemática Financeira, criado para ajudar profissionais com dificuldades na operação da calculadora HP.

Além dos cursos, os inscritos têm acesso ao Closed Friends do professor Fabio Louzada no Instagram (@fabioalouzada), onde são compartilhadas questões técnicas do assessor de investimentos na prática – tais como montar um portfólio de investimentos, comparação de investimentos, análise de métricas e cenários etc.

Já no Telegram, um grupo exclusivo foi criado para fomentar o networking dos alunos, com dicas sobre como se portar em entrevistas, conexões com recrutadores e divulgação de vagas de trabalho na área de investimentos.

“Para que o encontro entre profissionais e mercado seja assertivo, criamos o API – Atributos do Profissional de Investimentos. Consiste em um formulário preenchido pelo aluno assim que ele entra na Comunidade π, pelo qual mapeamos sua graduação, certificação, enfim, o necessário para direcioná-lo às vagas certas”, pontua Fabio Louzada.

PARCERIAS ESTRATÉGICAS

“Com o objetivo de preencher o suporte em 100% dos pré-requisitos para formar especialistas em investimentos, contamos com a ajuda de parceiros estratégicos”, destaca o professor Fabio Louzada.

Para ajudar nos insights técnicos, a Eu Me Banco vai disponibilizar aos membros da comunidade o acesso gratuito durante seis meses à plataforma Comdinheiro, usada pelos consultores nos bancos. “A ideia é ensinar os alunos a montarem portfólios na prática, farei o passo a passo junto com eles para que aprendam e solucionem suas dúvidas na hora, de fato”, explica Fabio.

Outra parceria de peso é com o consultor de carreira Ronaldo Cerqueira, peça fundamental na preparação dos profissionais para a entrada no mercado de trabalho. O consultor entrará numa etapa onde o profissional já tem a certificação e o conhecimento técnico, dando orientações sobre como montar um currículo vencedor, compartilhando insights sobre recrutamento e dicas para um bom desempenho nas entrevistas.

Com quatro semanas de operação, a Eu Me Banco tem recebido o contato de recrutadores e instituições financeiras interessadas em incluir vagas no grupo da Comunidade π no Telegram por ser um espaço ímpar que reúne os profissionais mais qualificados na área de investimentos no Brasil.

“Entre os parceiros formalizados temos a MN Investimentos, escritório credenciado a XP Investimentos. Os alunos com certificação Ancord que pretendem atuar como agentes autônomos têm a oportunidade de receber todo o treinamento diretamente do sócio do escritório, Lucas Ferrari, um grande diferencial! O profissional sairá da Comunidade π com um espaço para exercer suas atividades e capacitação específica”, conclui Louzada.

NOVA RODADA DE INSCRIÇÕES EM NOVEMBRO

Segundo a Eu Me Banco, novas inscrições para a Comunidade π serão abertas até 05 de novembro ou enquanto houver vagas.

Para não perder a oportunidade, os interessados devem acompanhar a divulgação da agenda de inscrições no site www.eumebanco.com.br ou nas redes sociais do professor Fabio Louzada (@fabioalouzada).

Para mais informações sobre vagas e valores, basta enviar um email para contato@eumebanco.com.br

SABORES LATINOS À MESA

14/10/2019 às 12h07

Após uma temporada no Chile, o chef manezinho Eduardo Capela, promove um menu autoral repleto de latinidades n’A Casa do Chef (Rua Emílio Meyer, 80,  Coqueiros) em Florianópolis.

O menu completo (R$ 74,90) traz sabores exóticos num jantar em três etapas com pinceladas portenhas, peruanas, entre outras referências marcantes do continente sul-americano.

Destaque para o Ceviche Peruano de Polvo e Peixe Branco, o excelente Polvo Grelhado com Polenta Cremosa, Chimichurry, Couve e Crispy de Batata Doce e a sobremesa Picarones com Molho de Melado e Sorvete de Chocolate com Laranja. Ao sorvete, cabe uma menção honrosa a Dolce Vita Gelateria Coqueiros, que produziu com maestria a criação do chef Capela.

A experiência pode ser conferida até 26 de outubro de quarta-feira a sábado, das 19h30 às 23h. Para reservas e mais informações, entre em contato pelo telefone (48) 99106-1852.

Fotografias: Linda Laranja Fotografia

A HORA E A VEZ DO ASSESSOR DE INVESTIMENTOS

10/10/2019 às 09h00

Profissão, até então pouco conhecida no Brasil, ganhou força na esteira da popularização das plataformas de investimentos. No País, apenas 6 mil assessores atendem o mercado.

O tamanho da última edição do Investor Day, realizado em setembro pela XP Investimentos em São Paulo, deixou claro que a profissão de assessor de investimentos é a bola da vez no mercado financeiro. Com um número cada vez maior de brasileiros dispostos a investir, a figura do assessor se faz essencial para buscar oportunidades e direcionar os melhores produtos para cada perfil investidor.

Durante entrevista para o canal Eu Me Banco (https://www.youtube.com/watch?v=Ro50IyfFy_I), Lucas Ferrari, sócio da MN Investimentos, escritório credenciado a XP Investimentos, falou sobre o cenário promissor para quem deseja seguir carreira como assessor autônomo, vinculado a corretoras.

“Hoje temos apenas 6 mil assessores de investimentos no Brasil, o oceano é muito vasto. Tem muita gente necessitando de investimentos, até porque há 4 ou 5 anos a gente conseguia dobrar o nosso capital em 4 anos de investimentos, existia uma taxa de juros elevada. Hoje, para dobrar um investimento demora 20, para dobrar na poupança a gente leva 45! Então, de fato, a figura do assessor é muito necessária no mercado brasileiro, primordial para fazer com que a economia rode cada vez mais no País”, revelou Ferrari.

A profissão, até então pouco conhecida no Brasil, ganhou força na esteira da popularização das plataformas de investimentos. Para começar, não é necessário ter uma graduação específica, mas é preciso estudar o mercado, conhecer os produtos de investimentos e obter certificações para ser relevante e atuar com carteiras mais robustas.

De olho na demanda crescente, o economista Fabio Louzada, fundou a startup Eu Me Banco em março de 2019, que forma profissionais para área de investimentos e os prepara para os exames de certificação via cursos online e presenciais. Em apenas seis meses, mais de 500 alunos já foram atendidos pela Eu Me Banco.

“Assessor de investimentos é a profissão do futuro. O brasileiro, pela primeira vez na história, está aberto para educação financeira e disposto a buscar bons investimentos para ser remunerado. É aqui que a figura do assessor se faz essencial, buscando opções mais rentáveis que ampliem o horizonte de investimentos do cliente”, conclui Louzada, profissional com mais certificações no Brasil (CPA-10, CPA-20, CEA, ANCORD, CFP, CGA, CNPI, PQO e CFA Level I).

CONTRAPONTO

Em países desenvolvimentos, como os Estados Unidos, a rede de profissionais que atuam assessorando investimentos é superior a 4 milhões, um mercado maduro onde 95% da população investe via corretoras. No Brasil, apenas 5% dos brasileiros aplicam dinheiro em fundos de investimentos (fonte: Anbima).