Revista Statto

VOLTA AS AULAS! COISA BOA!

28/02/2019 às 16h55

A sensação de entrar no primeiro dia de aula na escola, deve ser a mesma em casa. A escola prepara com muito carinho a “Volta as Aulas”, e nossa casa deve fazer o mesmo. Não basta mochila nova, cadernos novos se a casa não está receptiva para o ano letivo. Devemos mostrar para nossos filhos que estudar é muito bom, e organizar um lugar gostoso, é o começo do bom desempenho escolar. Um cantinho para estudar ou até mesmo ler, toda casa deve ter. Na maioria das casas ou crianças ou adolescentes estão em período escolar.Toda mãe tem sempre a preocupação do desenvolvimento do seu filho neste período. São méritos de cada um, e a única coisa que temos para fazer/ajudar é proporcionar o bem-estar para eles estudarem. Período de férias é bem diferente do período escolar.Horários regrados é fundamental, tanto no sair de casa quanto no voltar. Portanto, a qualidade dos espaços é importantíssima dentro de uma casa.

É a mochila que chega, a troca de uniformes, calçados tudo deve ter seu lugarzinho definido para não dar acúmulo de stress no decorrer dos próximos dias, que serão muitos.

A casa toda se veste para este período, pois é o maior do ano.Na cozinha o cuidado para boa alimentação, na geladeira as guloseimas preferidas de cada um com lanches tanto para a escola, quanto para os intervalos de estudos em casa.O “cantinho” para o estudo deve ser único para cada indivíduo, seja no quarto ou em algum cômodo da casa feito especialmente para este fim. Este espaço deve ser isolado do restante da casa, e caso seu filho estude na sala, esta deve estar “desligada” de pessoas e de barulhos, e em total silêncio para a melhor concentração do seu filho.Deve ter uma boa iluminação, e aqui uma luminária de mesa é bem-vinda, pois a noite só a iluminação da peça não é o suficiente para boas horas de leitura e estudos. Importante também é o cômodo da cadeira, com a altura correta para mesa.

Na mesa de estudos, onde na maioria já tem o computador, deve ter também espaço para escrever e todo o material de uso em dia: entra aqui lápis, canetas, réguas, canetas coloridas, lápis coloridos, marca textos, borrachas, folhas de papel… Deve ficar bem à vista um mural com a agenda semanal dos horários das atividades extras como aula de inglês, academia, dança, judô, futebol etc. A jornada escolar é longa. Estão preparados?

Meu desejo é que seu filho conclua este ano com muito sucesso, e sinta a sua dedicação para com ele. Não é preciso grandes investimentos, mas sim, mudanças adequadas e pequenas, regadas com muito amor. Eis aqui a maior sabedoria.

Feliz Volta as Aulas. Bjo da Deia

Andréa Deprá

Por

@depraandreaSanta Maria/RS

Simmmm!

18/12/2018 às 00h02

O final de ano chegou, o NATAL está aí, e ele é SEMPRE dia 25 de dezembro. Mesmo assim, todo ano é aquela correria, e sempre atrasamos tudo… Dia 2 de dezembro, iniciou o Advento, e neste período nossa casa se transforma, e entramos na Irresistível Magia do Natal.
Limpamos a casa, tiramos todos os adornos do ano para revestir nosso lar de NATAL.

Portas

Vamos iniciar pelas PORTAS? Nelas só devem entrar quem nos faz bem, e para estas pessoas, uma linda guirlanda deve estar à espera.
A Guirlanda de Natal é um símbolo que representa sorte, boas-vindas e é um convite para o espírito natalino entrar em casa.
Deve ter a identidade dos donos da casa. Assim como a porta, deve mostrar quem realmente somos, e não mascarar.
Ao entrar, tudo aparece…
Acredito que partindo deste pressuposto de preparar a porta para bem receber, após o Natal, podemos ter outras guirlandas.
Ano Novo, na Páscoa, no início do outono com folhas secas, na primavera com o encanto das flores e depois no Natal.
Tenho em minha casa um Espírito Santo para períodos intercalados. Faz bem para quem chega e me fortalece a cada dia que entro em casa.

A árvore

Momento de prazer, muita diversão e alegria. Se tivermos crianças em casa, melhor ainda, sempre ao som de músicas natalinas. Faz bem para nossa alma e aos poucos, vamos renascendo o nosso espírito e entrando no clima.
É importante definir o estilo e a paleta de cores a ser utilizada. Bolas, laços, pinhas, ursinhos, brinquedos, flocos de neve, bonecos de neve, Papai Noel, um estilo mais minimalista, quem sabe?
Aquele bordão: “Mais enfeitada que árvore-de-natal”, não cabe mais. Seja criativo com muitos enfeites ou com poucos. Vale tudo, basta saber o limite da sofisticação.
Escolha um tema, pois, Natal tem todo ano e não precisa usar todo ano a mesma coisa… Guarda! Ano que vem tem de novo, com novo estilo.
A árvore tem que brilhar. Invista em luzes pisca-piscas, e não pode faltar a estrela no topo da árvore, que representa o espírito natalino que se vive em casa.
Em baixo, os presentes que vão chegando no período, e dando um toque muito especial na decoração.
No Hall de entrada, a porta com a guirlanda, festão e se quiser, pode revesti-la.
O tapete com motivo natalino, adesivos temáticos no chão e trabalhar os vasos se já existem, com motivos natalinos.

Banheiro

Capa para o vaso sanitário (e que fique sempre fechado), toalhas de lavabo, e os acessórios da pia, como saboneteira e suporte para papel higiênico.
Velas aromáticas para deixar um ambiente bem agradável.

Janelas

Para quem mora em casa, além da beleza da porta de entrada, podemos utilizar as janelas como ponto de atração. Usar festão, pelo lado de fora, ou internamente, com ornamentos que apareçam.

Sala

Nas lojas temos diversos enfeites, só adequar a casa de cada um. As meias, Papai Noel, bonecos de neve, e o principal: O PRESÉPIO, não esquecendo que o Menino Jesus só chegará no dia 25. Guarde e coloque na manjedoura na hora das festividades.
Um detalhe que faz toda diferença é colocar almofadas no sofá.

Mesa

Na edição anterior falei como colocar a mesa e receber. Para este grande dia, velas, e símbolos do natal para compor a mesa. Encapar as cadeiras enchem a casa de Natal. Fica lindo!
Interessante fazer a Coroa do Advento — São 4 velas. Verde sinal de esperança e vida; Vermelha, significa o Amor de Deus; Branca a Paz e a Roxa clara (ou rosa) simbolizam a alegria da chegada de Jesus. A cada domingo acender 1 vela.

Assim, com a casa repleta de Natal, encerramos o ano com Chave de ouro, e logo no início de janeiro, dia de Reis (06/01) retiramos e preparamos o lar para um novo 2019 cheio de surpresas e realizações.
Que este ambiente feito por você e para você encante seu coração e a quem for visitá-lo!

Então, saudações perfumadas, um cheiro e um beijo da Andréa.

 

Andréa Deprá

Por

@depraandreaSanta Maria/RS

Ciclos da vida que surpreendem!

30/10/2018 às 16h34

Antigamente tudo era feito em casa. Comida, roupas, brinquedos e eventos. O fogão a lenha era básico, antes mesmo do a gás.

Aos poucos, as famílias começaram a frequentar o “Vale quanto Pesa” nos restaurantes, se ausentando daquele burburinho do meio-dia em casa. As festas e as reuniões de amigos ganharam espaços próprios com temas dos mais diversos, seja infantil ou adulto.

Agora, vamos dar uma corrida no tempo? Fast food, congelados, micro-ondas, forno elétrico, um mundo digital e informatizado nos momentos mais preciosos de todos os tempos: a Ceia.

E, não é por acaso, que o quadro mais famoso do mundo ainda é o da Santa Ceia, pois essa é a hora de reunir amigos, confraternizar, saborear uma boa comida, um bom vinho e também de agradecer.

Mas por que falo isso? Porque hoje as pessoas estão retomando o que ficou para trás.

Fazem cursos de gastronomia por hobby e se apresentam para os amigos mais queridos em suas casas.

Hoje a tendência em cozinhas são ilhas, onde os convidados ficam vendo o chef preparar os pratos a serem servidos. Isso está em alta e espero que nunca saia de moda. Isso é lindo.

E esse é o tema desta segunda edição:

Arrumar a casa e saber receber!

Em primeiro lugar, o chef já deve ter o prato principal bem estudado (e, se quiser, um avental personalizado).
Deverá definir os acompanhamentos, incluindo bebidas para providenciar a louça a ser utilizada na mesa.
O mercado de aluguéis para festas está muito bom. Não vale a pena comprar louças.
Falo isso porque, se comprarmos, acabamos utilizando sempre as mesmas e, alugando, podemos alterar estilos e cores.
Eu alugo: sai muito barato e a casa fica “de revista”.

Preparando a casa!

Ao alugar louças, junte peças decorativas. Bandejas, vasos, (use flores naturais para este dia), jogos americanos, guardanapos, porta-guardanapos, toalhas, se for à proposta, sousplat, descansa talheres e, se precisar, um aparador.
Um agrado maior, colocar o nome dos convidados nos lugares.
A aromatização da casa para esse dia é fundamental.
Se o clima permitir e não for muito quente, velas aromáticas. Ficará muito aconchegante. Mas não uma, muitas, e por diversos pontos da casa; caso contrário, aromatizantes em spray ou máquinas.
Escolha um aroma especial, diferente e fora do trivial, afinal você também é um convidado e merece um pouco mais de sofisticação.
Uma atenção ao lavabo, que será muito usado.
Toalhas, difusor de varetas, papel de boa qualidade e não custa deixar fio dental (nem vou comentar o uso de palitos…).

Preparando a mesa

Louças apropriadas para servir o menu.
Taças adequadas para a bebida que for usada e tenha sempre taças para água.
Servir água e refrigerante em jarras.
Guardanapos no porta-guardanapos. Podem ser colocados os de pano para dar requinte, mas sempre tenha um bom guardanapo de papel junto à mesa.
Para a sobremesa, retirar toda a louça da mesa e já estar com a bandeja de café, chá ou licor pronta para fazer o Gran finale desse momento.
E, para a despedida, faça um mimo personalizado.
Bom apetite! Boa diversão e até a próxima!

Saudações perfumadas da Andrea

Andréa Deprá

Por

@depraandreaSanta Maria/RS

Decoração olfativa: Sua casa te identifica?

13/09/2018 às 14h21

Entrando em sua casa, a paleta de cores, a distribuição dos móveis, o estilo, e o cheiro são elementos que mostram exatamente quem e como você é. É muito importante você se sentir bem em sua casa. Bem-estar nem sempre se compra. É preciso trabalhar e melhor acomodar os objetos dentro do seu ambiente.

Nosso olfato é o sentido mais antigo e o mais apurado. Através dele, podemos desenvolver e mexer com nossas emoções. Então? Por que não utilizar isso para cuidar um pouquinho mais de nós?

Sair do trabalho cansada, e saber que sua casa te espera com um cheirinho todo especial, faz diferença… É fácil, rápido e eficaz. Só que não basta sair comprando frascos bonitos e cheiros pelo comércio, sem saber onde e como usar. Às vezes, o barato sai caro.

Minha sugestão:
Cada cômodo da nossa casa tem uma identidade e temos que saber a sensação que queremos ter dentro daquele determinado espaço.

Por exemplo:
Lavabo – A sensação de limpeza e frescor.
O que usar: Difusor de varetas.
Fragrâncias: Alecrim, erva-doce, lavanda, maçã-verde, capim- limão.

Quarto – Relax, tranquilidade, sensualidade.
O que usar: Água perfumada para tecidos nos lençóis antes de deitar e, no ambiente, spray e máquina.
Fragrâncias: Lavanda, baunilha, morango, ylang-ylang, patchuli, sândalo.

Sala de estar – Sensação alegre, energizante.
O que usar: Difusores de varetas, difusores elétricos (tomadas) máquinas desumidificadoras de ar e de aromatizar ambientes.
Aqui dá para se divertir com os aromas, dependendo o propósito do dia. Assistir TV, ler, estudar ou, até mesmo, receber visitas.

Cozinha – Deve manter-se neutra, pois aqui se trabalha com muitas espécies de aromas, da própria alimentação.
Quem não curte um cheirinho de pão de casa? De uma carne bem temperada?

Por hoje é isso.
Dúvidas, só entrar em contato.
Fica aqui, um beijo, um cheiro e saudações perfumadas, da Andréa.

Andréa Deprá

Por

@depraandreaSanta Maria/RS