Revista Statto

VAMOS ARRUMAR O QUE NÃO APARECE?

07/10/2019 às 11h35

Quando dizemos que queremos viver em paz vale para nossa vida, e nossa casa. A vida nos é dada como um presente. E para ser um presente lindo e único, temos que arrumar e decorar tanto a nossa alma, como a nossa casa, para receber e ser bem recebido. Há quem diga, que a nossa casa é a nossa “cara”.

Uma linda casa, aparentemente com todos os móveis bem desenhados, e bem decorados, se nossa alma não estiver “arrumada”, ninguém se sentirá acolhido neste espaço. É importante limpar de quando em vez gavetas tanto da alma, como dos cômodos. Jogar fora o que não se usa, o que nos traz mal-estar, ou lembranças de mágoas e medos. Tirar a poeira do pensamento e de toda casa é serviço diário. Varrer as pessoas que nos aprisionam, é varrer cada cantinho de sua casa e jogar no lixo.

                Todos os dias, abra as portas do coração, e as janelas de sua casa. Um novo ar entrará e renovará seus pensamentos e seus ambientes. Faça algumas dedetizações. Libere-se de fofocas, e de alguns bichinhos peçonhentos que entram na sua morada. Isso é fundamental para ter uma casa limpa e agradável a todos os que entrarem. Utilize muita água para o corpo, e para o seu chão.

      Hoje quero deixar aqui algumas dicas simples de organização da sua casa que fará sua vida ficar mais leve.  Sem dó, faça o DESAPEGO de tudo o que não está em uso.          Vale para roupas, calçados, restinhos de produtos de beleza, alimentos com data de validade e aqui olhe também para os remédios.  Setorizei alguns itens pelos cômodos:

QUARTO:

  Arrumar a cama antes de sair de casa, faz toda a diferença.

  Ter lugar para todas as roupas que você compra no roupeiro. Após o uso, guardá-las no seu devido lugar, e se estiver suja, já levar ao local indicado.

  Alguma peça, como casaco, bolsas, que serão usados no outro dia, ter ganchos, ou suportes adequados para cada fim. No criado-mudo, ter só o básico. Luminária, relógio, rádio, suporte para celular, a moringa, um livro, e dependendo do tamanho, por que não, uma foto do seu AMOR?

   Numa visão interna vamos as gavetas: divisórias nas gavetas para as roupas íntimas. As bijouterias e maquiagens também merecem gavetas com divisórias.

SALA E ENTRADA:

 Tenha um tapete em frente a porta, para que você e suas visitas criem o hábito de limpar os pés antes de entrar em casa. Aposte em um porta chaves. Assim você sempre saberá onde estão suas chaves. (Todo mundo já perdeu a chave);

  Porta guarda chuvas, se o espaço permitir. Separe apenas as revistas mais recentes para serem deixadas no revisteiro ou na mesinha de centro. As restantes podem ser jogadas fora.

  Retire tudo que não pertence ao ambiente e devolva a seu devido lugar. Roupas, cobertores, pratos, brinquedos…

  COZINHA

 Mantenha a pia sempre livre da louça. O ideal é criar o hábito “sujou-lavou” para evitar que a louça se acumule. Guarde tudo que estiver seco.

 Limpe o fogão sempre que derramar alguma coisa. Quanto mais você demorar a limpar mais difícil fica de tirar a sujeira.

  Tenha uma fruteira para frutas e legumes, caso estes não precisem ficar na geladeira.

  Após as refeições guarde tudo que ainda tem comida na geladeira em potes, evitando deixar em panelas na geladeira.

   Organize os armários da cozinha, de forma que o que você usa com frequência fique de fácil acesso.

    Tenha uma gaveta com divisórias para guardar garfos, facas e colheres do uso diário e talheres maiores podem ser guardados em outra gaveta dedicada especialmente a eles.

  Guarde as panelas de forma organizada, sempre as maiores em baixo e as menores em cima. Tenha também um espaço separado para as travessas de metal, panelas de pressão e frigideiras.

   ÁREA DE SERVIÇO E LAVANDERIA

 Não deixe panos sujos acumularem no tanque. Pendure a roupa lavada assim que a máquina terminar de lavar.

  Tenha um armário ou espaço para guardar os produtos de limpeza, como água sanitária, amaciante, sabão em pedra, sabão de coco e sabão em pó.

  Guarde os panos de limpeza limpos. Economize espaço guardando baldes uns dentro dos outros.

  BANHEIRO

  Coloque as escovas de dente em uma porta escova de dentes. Deixe no box do banheiro apenas os shampoos e cremes que você está usando.

   Guarde produtos de limpeza do banheiro dentro do armário da pia. Deixe o porta-papel higiênico sempre carregado. Troque a toalha de rosto ao menos uma vez por semana.

   ESCRITÓRIO OU HOME OFFICE

 Jogue fora todos os papéis que não vão mais ser usados. Deixe a mesa do computador apenas com os objetos que são realmente importantes.

  Tenha uma porta canetas. Guarde na gaveta apenas coisas importantes, como recibos e objetos que você ainda vai precisar. Tenha uma pasta ou envelope para guardar as contas já pagas.

  Já existem profissionais desta área: São os PERSONAL ORGANIZER, que além de organizar tudo no seu devido lugar, otimizam os espaços, trazendo mais conforto e praticidade para nossas vidas.

                A importância da organização nos dias de hoje é fundamental.

 Nosso tempo vale ouro e temos que aproveitar ao máximo com o que realmente nos faz feliz: Estar com as pessoas que amamos e não com os objetos obsoletos que moram em nossas casas.

 Manter a casa e a alma em ordem, é buscar crescimento e paz interior.

 Importante:

 O toque final para sua casa ficar bem arrumada e acolhedora. Inspire-se em aromas para cada cantinho de sua casa. Isso fará toda a diferença. Acredito e recomendo!

Beijos perfumados, da DEIA!

QUAL ESTILO DE DECORAÇÃO COMBINA COM VOCÊ?

23/09/2019 às 18h31

Se tem alguém que me inspira diariamente, é alguém que foi avante no seu tempo.

Alguém que com essa frase: “Para ser insubstituível, deve-se sempre ser diferente!” Tornou-se sim, insubstituível.

Sem dúvida Coco Chanel é referência de ESTILO.

Uma casa sem pessoas, é uma casa sem alma, uma pessoa sem ESTILO, é uma pessoa sem ALMA.

Reitero aqui em dizer que a sua casa é a sua “cara”.

Vestir-se bem é também vestir sua casa.

Todos nós temos um estilo. Às vezes, não exteriorizamos mas o comportamento prevalece.

Assim quem enxergar irá sentir algo sem explicação, e esse é o segredo ” de quem tem, e de quem não tem estilo “.

Coco Chanel já dizia: “O luxo é tudo aquilo que não se vê.”

Estar bem vestido não é sinônimo de educação, classe ou finesse.

Quantas pessoas nos impressionam por estarem “mal vestidas” e com uma classe estonteante?

Quantas casas lindas, caríssimas,sem alma,  sem lar, sem amor ,sem ESTILO?

O luxo tem que ser confortável, ou não é luxo.”

Fazer a nossa morada seguindo tendências, não fará de você uma pessoa estilosa ou luxuosa.

O ESTILO deve ser a identificação de sua personalidade.

Para isso, é importante nesta hora buscar profissionais qualificados. O designer de interiores tem a capacidade de transmitir a sua personalidade numa forma harmoniosa e do tamanho do seu bolso.

Você pode mesclar estilos. Um quarto intimista, clássico, e uma sala de estar mais moderna, porque não?

Vamos pontuar aqui alguns estilos com suas características, e veja com qual você mais se identifica.

 

ESTILO CAMPESTRE-

Este estilo está ligado com a natureza e antigas casa de campo. Um estilo com elementos simples, tal qual a vida no campo.

As cores são neutras e uma cortina de renda na cozinha cai muito bem.

O elemento principal deste estilo é a madeira. Muitas plantas e alguma peça em couro, como um sofá ou poltrona.

Almofadas com estampas florais compõe este contexto.

 

ESTILO ESCANDINAVO-

Pela origem, do norte da Europa, este estilo registra as pessoas voltadas para dentro das casas, em função do inverno rigoroso.

Para tanto, é utilizado na decoração, cores claras.

Muita simplicidade com móveis de linhas retas.

Muito charme em acessórios como peles e fios expostos para as luminárias.

Aqui mais uma máxima de Coco Chanel ” “Quando estamos a por acessórios, tira-se sempre a última coisa que se pôs.”

 

ESTILO MINIMALISTA-

“Elegância é recusar.” (Coco Chanel)

 

Este convence qualquer pessoa. Utiliza o mínimo possível de elementos na decoração.

Um novo conceito de casa, onde só o necessário tem espaço. O que é útil e funcional.

As cores são neutras, com predominância do branco, cinza e preto.

Aqui exercitamos o desprendimento de tudo o que não usamos.

Vale a pena este exercício.

Os contrastes ficam por conta de algumas peças coloridas. No estilo minimalista os móveis são baixos, elegantes e simples. Os acessórios são poucos, mas marcantes.

Em espaços pequenos este estilo cai muito bem.

Algum elemento da decoração com uma  cor forte em uma parede, num sofá ou um quadro de arte, arremata o estilo perfeitamente.

 

ESTILO TROPICAL-

É presença obrigatória na decoração estampas com borboletas, samambaias, palmeiras, peixes, abacaxis, pássaros, frutas.

As listras podem ser introduzidas em almofadas, papel de parede, roupas de cama ,poltronas e onde você tiver vontade de deixar seu ambiente mais alegre.

 

ESTILO RÚSTICO-

Sabe aqueles materiais que parecem desgastados, antigos? Se você gosta eis aqui um estilo para ser trabalhado em sua casa.

Armários de cozinha com um ar vintage são típicos deste estilo.

O tijolo aparente e o cimento queimado são detalhes que não podem faltar neste ambiente.

ESTILO INDUSTRIAL

Algum elemento como: luminárias suspensas, cor cinza, preta, eletrodomésticos de aço inox, e uma mesa com uma tonalidade marcante, já deixa identificado este estilo.

Ele está cada vez mais presente no decór contemporâneo.

Iniciou em Nova York, onde moradores transformaram antigos galpões em lofts modernos e ambientes integrados. É algo de tirar o fôlego.

As estruturas são expostas com uma decoração simples e ao mesmo tempo elegante.

ESTILO ECLÉTICO-

Se você gosta de muitas coisas diferentes, e não quer ficar engessada em um único padrão, você é eclética.

Mas isso tem que ter um toque de bom senso para não entrar no ridículo.

Ser eclético é complexo, a final de contas é muita coisa num lugar só…

É preciso ter harmonia no ambiente, selecionando muito bem cada elemento, par não parecer um depósito de achados e perdidos…

ESTILO CLÁSSICO- 

Este estilo nunca saiu de moda. É um estilo antigo, e hoje chamamos também de Clássico Contemporâneo.

Aqui entra o requinte das linhas e nos objetos.

No entanto, a decoração clássica necessita de cautela, pois envolve muita informação visual.

É muito relevo, curvas, formas e imagens para o ambiente, por isso ela é mais recomendada para decorar ambientes espaçosos.

Nos pequenos espaços o ideal será dar apenas um toque deste estilo para não sobrecarregar o ambiente.

Em geral, eles são cheios de detalhes seja no teto, parede, mesas, armários rodapés, sofás e etc.

Os materiais mais usados no estilo clássico são o mármore, a madeira, principalmente as de tonalidade escura, como o mogno e a cerejeira.

ESTILO RETRÔ– Releitura do passado em peças atuais. São peças novas com a ideia do antigo.

Diferente do vintage que são peças antigas, originais.

ESTILO PROVENÇAL– Nascido na França, nos séculos XVII e XVIII, quando os camponeses se inspiravam das decorações da elite para criar seu próprio estilo. Rica em detalhes, muito branco e com tecidos florais.

ESTILO BOHO-

O último da lista, porque na verdade ele é uma misturinha de tudo. Esse estilo surgiu a partir da unção da tendência de outros estilos, e ele é usado em casas contemporâneas, e de quem procura uma decoração bem descontraída e colorida.

Encerro essa matéria com suas palavras, Coco Chanel: “A moda passa, o estilo jamais.” 

Saudações Perfumadas,

da Deia

É TEMPO DE AQUECER O CORPO E O CORAÇÃO!

20/08/2019 às 09h01

Inverno…

É tempo de recolhimento …

E nada melhor para um bom “toque de recolher,” o aconchego quente do NOSSO LAR.

Para quem mora em regiões frias, fica a dica: Aproveite o charme dos aquecedores e não fique limitado ao controle de um ar condicionado.

Ar condicionado funciona, mas ver o fogo saindo das lareiras, faz toda a diferença, e ainda aproveitamos para aquecer também os nossos corações.

A sala com lareira combina com o campo, a praia e a cidade.

Cenário perfeito para reunir a família, amigos, a sós ou a dois, em torno do calor. O vinho ganha um sabor diferente, o chocolate quente é sempre bem-vindo ou a simplicidade de um café.

Tudo para tornar-se um momento especial.

PARA O FRIO: CONFORTO E LUXO SEM GASTAR MUITO!

Aproveitando a edição “quente”, invista em mantas nos sofás ou cadeiras, pelegos e dê uma repaginada nas almofadas com tecidos desta estação.

Os usos do Xadrez, da lã, do tricô, vão fazer seu ambiente ficar mais aconchegante.

Tapetes, pelegos ou couro no chão, também aquecem um espaço, atacando de imediato, o lado sensorial visual.

Outra dica está na iluminação. Buscar algo mais brando, que pode ser feito com o uso de luminárias ou abajures.

Agora, se for fazer algum tipo de recepção, abuse das VELAS AROMÁTICAS, que além de proporcionarem uma luz suave no local, trazem todo o charme da sofisticação, onde o calor aquece a alma e o aroma vai como uma flecha no coração.

ENTRANDO NO CLIMA!

E para passar os meses de inverno que na nossa região é forte e extensa, nada mais indicado do que as LAREIRAS.

Hoje temos lareiras de canto ou centrais, para qualquer tipo de espaço e tamanho, com muito estilo, praticidade e valores bem acessíveis.

O cheiro da madeira, o barulho das labaredas e a iluminação natural do fogo, são fatores capazes de envolver, e até mesmo hipnotizar. Para quem não dispõe de um espaço específico para a instalação de uma lareira, a solução é optar por uma versão portátil. Requintadas e modernas, são objetos determinantes na decoração.

 

TIPO DE LAREIRAS

LAREIRA ELETRÔNICA: Elas possuem um sistema de chama 3D, que reproduz virtualmente a imagem de lenhas e brasas. São portáteis e fáceis de instalar. Não produzem monóxido de carbono e podem ser colocadas em qualquer ambiente. Este tipo de lareira é prática e segura.

 

LAREIRA A GÁS: É ideal para quem tem pouco espaço em casa e não gosta de fumaça nem sujeira. A chama é acionada por um botão ou controle remoto. Elas funcionam com gás de rede ou de botijão, seguindo a orientação do fornecedor. Ideal tanto para ambientes internos e externos. A única observação é que necessita de ponto de ventilação.

Dispensa o uso de lenha, não gera fuligem e não requer dutos ou chaminés para fumaça, mas é necessária uma instalação de gás adequada.

LAREIRA COM LENHA:  Feitas de alvenaria ou metal, garantem os tradicionais troncos de madeira, com aquele rico barulho do fogo queimando a lenha. Necessita tubulação e planejamento.

 

LAREIRA ECOLÓGICA: Esta lareira recebe este nome porque utiliza um álcool a base de etanol, substância renovável e menos poluente. A mobilidade desta lareira é perfeita para termos em qualquer cômodo da casa.

SALAMANDRAS: Um charme à parte!

É um modelo mais sofisticado, lembrando um estilo mais colonial. Feito em ferro, requer madeira em tamanhos especiais. Alguns modelos trazem um forno acoplado o que pode ser uma vantagem em ambientes como salão de festas ou espaço gourmet.

Já estou com vontade de me aquecer…

A hora agora requer um chocolate quente.

Saudações Perfumadas e fica aqui um abraço bem caloroso com um brinde de um vinho especial!

 

VERDE QUE TE QUERO VER – TE!

19/06/2019 às 10h53

Pode entrar, a casa é nossa! Verde é cor, é esperança, é vida é sentimento. Dentro de uma casa precisamos disso.

Paredes e ornamentos verdes trazem um pouquinho de equilíbrio, mas nada substitui o que a natureza oferece: VIDA!

Assim como animais preenchem espaços em nossos corações as plantas também fazem a sua parte.

Quem não gosta de ganhar flores?

Em todo espaço é possível cultivar a natureza em casa.

Esse toque de bem-estar pode ser apresentado em vasos, paredes, treliças, pequenos jardins internos, sacadas, aproveitando cantos.

O verde natural, aparece em folhagens, flores, árvores e até mesmo espécies frutíferas.

Em apartamentos, um vaso na sacada, ou até mesmo um tipo de tempero na cozinha é possível cultivar.

Observando a posição solar e ventilação conseguimos cultivar VIDA.

Se a desculpa é “não tem como colocar na minha casa alguma planta”, não desista, compre violetas. Minha mãe sempre tinha violetas lindas numa janela de seu apartamento, dizia que cultivava, estava sempre em função, fazia mudas … fez eu pegar gosto, era este o objetivo. Mas um dia descobri que ela repunha as violetas, morriam e ela comprava nova. A sua casa era referência de lindas violetas … que fique a lição.

Crie o hábito de ter flores, vá em floriculturas, compre flores tenha um vaso “ativo” com vida em sua casa.

Aprenda a fazer mudinhas, troque com suas amigas, presenteie, isso fará a diferença num momento que queira tornar especial.

Temos inúmeras espécies de SUCULENTAS. Trabalhe na decoração com vasinhos.

Alguns TEMPEROS podem ser colocado em água até criar raiz, fica muito tempo com vida na água, depois transporta para um vaso…

Tem a famosa ÁRVORE DA FELICIDADE, macho e fêmea… fica gigante, só ir transportando de vasos conforme vai crescendo. Acredita-se que sua presença traz harmonia e sorte, para isso é preciso ganhar de presente e plantá-las juntas…. Fácil de fazer mudas. Colocar num local bem iluminado.

As SAMAMBAIAS dão um toque especial quando suspensas, e gostam de sombra.

O FICUS é como árvore. Se você não conseguir luz natural, existem lâmpadas especiais para plantas e use-a com um cronômetro, para garantir que o seu fícus receba luz suficiente.

O LÍRIO DA PAZ, é uma das plantas mais caseiras e populares, pois são muito adaptáveis e fáceis de cuidar. Basta tratar bem deles e você terá uma flor maravilhosa em casa por vários e vários anos.

Nos lavabos uma boa ORQUÍDEA faz a diferença.

No corredor do seu apartamento sempre tem espaço para um vaso maior, entra aqui a LANÇA- DE- SÃO- JORGE, linda, além de ser muito resistente e adora ambientes internos.

E o que dizer do BONSAI?

Acho um poder de estado de alma cultivar bonsais.

Necessita de luz.

Algumas horinhas de sol basta para deixá-lo vivo. Eles não morrem sem luz, mas enfraquecem. Faltando luminosidade é possível utilizar a iluminação fluorescente, como nas pequenas hortas hidropônicas internas.

Alguns Cuidados:

Não dê água com cloro, a água potável é boa, e quando chover, pegue um pouquinho desta água e regue suas plantas.

Existem plantas venenosas, não entrarei no mérito, portanto informe-se antes de trazer para dentro de sua casa.

Cuidar o contato com crianças e animais.

 

Bom, esta matéria não terminará aqui.

Muito temos a estudar… mas fica aqui o início de um movimento Pró – Verde em Minha Casa.

Um desafio para quem não tem e precisava de uma alfinetada… e que seja com um espinho de uma rosa, que parece doer, mas sabemos que quanto mais espinhos a rosa tiver mais ela dura e mais perfume você terá em sua casa.

Um mês repleto de cheiro, de cores e flores.

Saudações perfumadas da Deia

PARA FAZER ACONTECER É PRECISO SE ENVOLVER!

29/04/2019 às 10h42

É  interessante observar que nos dias atuais estamos aprendendo a viver, aprendendo o beabá de comportamentos, aprendendo a arrumar nossas casas tudo por especialistas, e como diz o ditado: cada um no seu quadrado.

Gosto muito de remeter este tempo ao tempo do meu passado, que não é tao longo, mas o tempo voou…e lá  tudo isso era genuíno.

Cada pessoa tinha características próprias de personalidade, sem influências de livros e profissionais  para saber vender, saber se relacionar, para saber fazer uma entrevista, para enviar um curriculum.

Hoje temos métodos e é por eles que nossa sociedade está se for(matando)…

O homem passa a ser um produto e sua essência é mascarada.

Por que falo isso? Porque a individualidade pluralista está se esgotando.

As casas estão todas iguais, seguindo as tendências, fazendo assim um mercado girar, deixando nossos cômodos ficarem obsoletos num período muito curto de tempo.

Antes as tendências eram de décadas, anos 60, 70, 80 …

Cada um tinha sua casa do seu jeito e isso era admirado.

Hoje é assim: decoradores, arquitetos, desings, partem de uma referência mundial, que no mês de dezembro ficam ansiosos na espera do Pantone Color Institute, nos Estados Unidos,( responsável pela conhecida “cor do ano”).

Perdoem-me: isso é só uma reflexão…

Não devemos esquecer que equilíbrio é tudo e deve estar em tudo!

Eu gosto muito da mudança, do dinamismo,das transformações, são essenciais para nossas vidas.

Só não acho interessante ser “totalmente” ultra moderno, deixando a maior identidade  na casa ser do profissional, e a sua apagada, quase insignificante.

O bom profissional colhe do cliente a essência e o resultado temos quando um amigo vai conhecer sua casa nova e diz : Nossa ficou lindo, é a SUA CARA”.

Deixe registrado na sua casa o seu traço, o seu gosto. O verdeiro profissional saberá mesclar o seu estilo ao que é desejado.

Sou seguidora e aplaudo todas as pessoas desta área, tem gente “fera” demais. São minhas inspirações, e estudaram para criar e executar o que tem dentro da gente.

Então, quem vai morar na sua casa é você e não basta estar lindo se não tem a tua beleza interior revestida nas paredes, nos móveis e adornos do teu lar.

 

TODO O DIA É DIA PARA MUDAR!

 

Se você gosta de trabalhar sua casa dentro destas tendências é possível sim e sem muitos investimentos.

A cor deste ano foi anunciada: “LIVING CORAL“, e além da cor do ano existe a PANTONEVIEW home + interiors 2019, que inclui duas paletas de cores complementares: Cravings e Cássico.

CLAVINGS: Esta paleta faz alusão aos alimentos, que faz alimentar a alma, nos confortar e acolher. Com tons de vermelho tinto, doces, laranja flamingo e roxos ricos. Vem o sabor do Capppucino que proporciona o aquecimento e o Verde, nos trazendo aquela sensação de descanso e uma pausa refrescante para o calor.

 

CLÁSSICO: Ah, o Branco cisne e tons de camelo, que combinam com verdes-azulados, cinza e preto. É a elegância que nunca sai de moda.

Partindo da Cor do Ano, não quer dizer que tenhas que sair pintando todas as paredes da casa…STOP.

 

 NÃO DEIXE DE LER  !   

 

Dica 01: Reformar um móvel solto, um sofá quem sabe, ou uma peça que estava abandonada… Pinte ela, você consegue, tire um tempinho, pesquise nos tutoriais. Vai ser uma experiência única, e vai ficar LINDO!

Dica 02: Para usar a nova cor em paredes, que é alegre, pinte a parede e o teto de um espaço pequeno como o Hall , vai proporcionar acolhimento, familiaridade e conforto na chegada. É aquela sensação de receber um abraço!

Dica 03: Dentro das cores de 2019  repagine sua sala nas almofadas, coloque uma manta em alguma poltrona, quem sabe um tapete mais vibrante e aquela cortina que faz tempo que queres mudar.

Dica 04: Se queres ousar de fato, porque não pintar a porta da sua casa de vermelho? Se moras em apartamento, no lado de dentro… Não é absurdo viu? Amadureça a ideia… Quiçá para 2020!

Dica 05: Mude os objetos de decoração. Juntamente com a indicação das cores do ano surgem no mercado peças decorativas, como  flamingos, abacaxis, cactos, etc…Explore estas combinações e instigue sua criatividade.

Dica 06: Na dúvida de paredes Branco Cisne, é o clássico que fala por si só, e todos somos acolhidos por ele.

Para finalizar endosso o meu abraço de cor LIVING CORAL que é repleta de alegria, acolhimento e sensação de bem estar.

Cuide do seu cantinho, cuide de você, valorize os pequenos momentos e exercite a gratidão!

Saudações perfumadas  e até breve

VOLTA AS AULAS! COISA BOA!

28/02/2019 às 16h55

A sensação de entrar no primeiro dia de aula na escola, deve ser a mesma em casa. A escola prepara com muito carinho a “Volta as Aulas”, e nossa casa deve fazer o mesmo. Não basta mochila nova, cadernos novos se a casa não está receptiva para o ano letivo. Devemos mostrar para nossos filhos que estudar é muito bom, e organizar um lugar gostoso, é o começo do bom desempenho escolar. Um cantinho para estudar ou até mesmo ler, toda casa deve ter. Na maioria das casas ou crianças ou adolescentes estão em período escolar.Toda mãe tem sempre a preocupação do desenvolvimento do seu filho neste período. São méritos de cada um, e a única coisa que temos para fazer/ajudar é proporcionar o bem-estar para eles estudarem. Período de férias é bem diferente do período escolar.Horários regrados é fundamental, tanto no sair de casa quanto no voltar. Portanto, a qualidade dos espaços é importantíssima dentro de uma casa.

É a mochila que chega, a troca de uniformes, calçados tudo deve ter seu lugarzinho definido para não dar acúmulo de stress no decorrer dos próximos dias, que serão muitos.

A casa toda se veste para este período, pois é o maior do ano.Na cozinha o cuidado para boa alimentação, na geladeira as guloseimas preferidas de cada um com lanches tanto para a escola, quanto para os intervalos de estudos em casa.O “cantinho” para o estudo deve ser único para cada indivíduo, seja no quarto ou em algum cômodo da casa feito especialmente para este fim. Este espaço deve ser isolado do restante da casa, e caso seu filho estude na sala, esta deve estar “desligada” de pessoas e de barulhos, e em total silêncio para a melhor concentração do seu filho.Deve ter uma boa iluminação, e aqui uma luminária de mesa é bem-vinda, pois a noite só a iluminação da peça não é o suficiente para boas horas de leitura e estudos. Importante também é o cômodo da cadeira, com a altura correta para mesa.

Na mesa de estudos, onde na maioria já tem o computador, deve ter também espaço para escrever e todo o material de uso em dia: entra aqui lápis, canetas, réguas, canetas coloridas, lápis coloridos, marca textos, borrachas, folhas de papel… Deve ficar bem à vista um mural com a agenda semanal dos horários das atividades extras como aula de inglês, academia, dança, judô, futebol etc. A jornada escolar é longa. Estão preparados?

Meu desejo é que seu filho conclua este ano com muito sucesso, e sinta a sua dedicação para com ele. Não é preciso grandes investimentos, mas sim, mudanças adequadas e pequenas, regadas com muito amor. Eis aqui a maior sabedoria.

Feliz Volta as Aulas. Bjo da Deia

SIMMMM!

18/12/2018 às 00h02

O final de ano chegou, o NATAL está aí, e ele é SEMPRE dia 25 de dezembro. Mesmo assim, todo ano é aquela correria, e sempre atrasamos tudo… Dia 2 de dezembro, iniciou o Advento, e neste período nossa casa se transforma, e entramos na Irresistível Magia do Natal.
Limpamos a casa, tiramos todos os adornos do ano para revestir nosso lar de NATAL.

Portas

Vamos iniciar pelas PORTAS? Nelas só devem entrar quem nos faz bem, e para estas pessoas, uma linda guirlanda deve estar à espera.
A Guirlanda de Natal é um símbolo que representa sorte, boas-vindas e é um convite para o espírito natalino entrar em casa.
Deve ter a identidade dos donos da casa. Assim como a porta, deve mostrar quem realmente somos, e não mascarar.
Ao entrar, tudo aparece…
Acredito que partindo deste pressuposto de preparar a porta para bem receber, após o Natal, podemos ter outras guirlandas.
Ano Novo, na Páscoa, no início do outono com folhas secas, na primavera com o encanto das flores e depois no Natal.
Tenho em minha casa um Espírito Santo para períodos intercalados. Faz bem para quem chega e me fortalece a cada dia que entro em casa.

A árvore

Momento de prazer, muita diversão e alegria. Se tivermos crianças em casa, melhor ainda, sempre ao som de músicas natalinas. Faz bem para nossa alma e aos poucos, vamos renascendo o nosso espírito e entrando no clima.
É importante definir o estilo e a paleta de cores a ser utilizada. Bolas, laços, pinhas, ursinhos, brinquedos, flocos de neve, bonecos de neve, Papai Noel, um estilo mais minimalista, quem sabe?
Aquele bordão: “Mais enfeitada que árvore-de-natal”, não cabe mais. Seja criativo com muitos enfeites ou com poucos. Vale tudo, basta saber o limite da sofisticação.
Escolha um tema, pois, Natal tem todo ano e não precisa usar todo ano a mesma coisa… Guarda! Ano que vem tem de novo, com novo estilo.
A árvore tem que brilhar. Invista em luzes pisca-piscas, e não pode faltar a estrela no topo da árvore, que representa o espírito natalino que se vive em casa.
Em baixo, os presentes que vão chegando no período, e dando um toque muito especial na decoração.
No Hall de entrada, a porta com a guirlanda, festão e se quiser, pode revesti-la.
O tapete com motivo natalino, adesivos temáticos no chão e trabalhar os vasos se já existem, com motivos natalinos.

Banheiro

Capa para o vaso sanitário (e que fique sempre fechado), toalhas de lavabo, e os acessórios da pia, como saboneteira e suporte para papel higiênico.
Velas aromáticas para deixar um ambiente bem agradável.

Janelas

Para quem mora em casa, além da beleza da porta de entrada, podemos utilizar as janelas como ponto de atração. Usar festão, pelo lado de fora, ou internamente, com ornamentos que apareçam.

Sala

Nas lojas temos diversos enfeites, só adequar a casa de cada um. As meias, Papai Noel, bonecos de neve, e o principal: O PRESÉPIO, não esquecendo que o Menino Jesus só chegará no dia 25. Guarde e coloque na manjedoura na hora das festividades.
Um detalhe que faz toda diferença é colocar almofadas no sofá.

Mesa

Na edição anterior falei como colocar a mesa e receber. Para este grande dia, velas, e símbolos do natal para compor a mesa. Encapar as cadeiras enchem a casa de Natal. Fica lindo!
Interessante fazer a Coroa do Advento — São 4 velas. Verde sinal de esperança e vida; Vermelha, significa o Amor de Deus; Branca a Paz e a Roxa clara (ou rosa) simbolizam a alegria da chegada de Jesus. A cada domingo acender 1 vela.

Assim, com a casa repleta de Natal, encerramos o ano com Chave de ouro, e logo no início de janeiro, dia de Reis (06/01) retiramos e preparamos o lar para um novo 2019 cheio de surpresas e realizações.
Que este ambiente feito por você e para você encante seu coração e a quem for visitá-lo!

Então, saudações perfumadas, um cheiro e um beijo da Andréa.

 

CICLOS DA VIDA QUE SURPREENDEM!

30/10/2018 às 16h34

Antigamente tudo era feito em casa. Comida, roupas, brinquedos e eventos. O fogão a lenha era básico, antes mesmo do a gás.

Aos poucos, as famílias começaram a frequentar o “Vale quanto Pesa” nos restaurantes, se ausentando daquele burburinho do meio-dia em casa. As festas e as reuniões de amigos ganharam espaços próprios com temas dos mais diversos, seja infantil ou adulto.

Agora, vamos dar uma corrida no tempo? Fast food, congelados, micro-ondas, forno elétrico, um mundo digital e informatizado nos momentos mais preciosos de todos os tempos: a Ceia.

E, não é por acaso, que o quadro mais famoso do mundo ainda é o da Santa Ceia, pois essa é a hora de reunir amigos, confraternizar, saborear uma boa comida, um bom vinho e também de agradecer.

Mas por que falo isso? Porque hoje as pessoas estão retomando o que ficou para trás.

Fazem cursos de gastronomia por hobby e se apresentam para os amigos mais queridos em suas casas.

Hoje a tendência em cozinhas são ilhas, onde os convidados ficam vendo o chef preparar os pratos a serem servidos. Isso está em alta e espero que nunca saia de moda. Isso é lindo.

E esse é o tema desta segunda edição:

Arrumar a casa e saber receber!

Em primeiro lugar, o chef já deve ter o prato principal bem estudado (e, se quiser, um avental personalizado).
Deverá definir os acompanhamentos, incluindo bebidas para providenciar a louça a ser utilizada na mesa.
O mercado de aluguéis para festas está muito bom. Não vale a pena comprar louças.
Falo isso porque, se comprarmos, acabamos utilizando sempre as mesmas e, alugando, podemos alterar estilos e cores.
Eu alugo: sai muito barato e a casa fica “de revista”.

Preparando a casa!

Ao alugar louças, junte peças decorativas. Bandejas, vasos, (use flores naturais para este dia), jogos americanos, guardanapos, porta-guardanapos, toalhas, se for à proposta, sousplat, descansa talheres e, se precisar, um aparador.
Um agrado maior, colocar o nome dos convidados nos lugares.
A aromatização da casa para esse dia é fundamental.
Se o clima permitir e não for muito quente, velas aromáticas. Ficará muito aconchegante. Mas não uma, muitas, e por diversos pontos da casa; caso contrário, aromatizantes em spray ou máquinas.
Escolha um aroma especial, diferente e fora do trivial, afinal você também é um convidado e merece um pouco mais de sofisticação.
Uma atenção ao lavabo, que será muito usado.
Toalhas, difusor de varetas, papel de boa qualidade e não custa deixar fio dental (nem vou comentar o uso de palitos…).

Preparando a mesa

Louças apropriadas para servir o menu.
Taças adequadas para a bebida que for usada e tenha sempre taças para água.
Servir água e refrigerante em jarras.
Guardanapos no porta-guardanapos. Podem ser colocados os de pano para dar requinte, mas sempre tenha um bom guardanapo de papel junto à mesa.
Para a sobremesa, retirar toda a louça da mesa e já estar com a bandeja de café, chá ou licor pronta para fazer o Gran finale desse momento.
E, para a despedida, faça um mimo personalizado.
Bom apetite! Boa diversão e até a próxima!

Saudações perfumadas da Andrea

DECORAÇÃO OLFATIVA: SUA CASA TE IDENTIFICA?

13/09/2018 às 14h21

Entrando em sua casa, a paleta de cores, a distribuição dos móveis, o estilo, e o cheiro são elementos que mostram exatamente quem e como você é. É muito importante você se sentir bem em sua casa. Bem-estar nem sempre se compra. É preciso trabalhar e melhor acomodar os objetos dentro do seu ambiente.

Nosso olfato é o sentido mais antigo e o mais apurado. Através dele, podemos desenvolver e mexer com nossas emoções. Então? Por que não utilizar isso para cuidar um pouquinho mais de nós?

Sair do trabalho cansada, e saber que sua casa te espera com um cheirinho todo especial, faz diferença… É fácil, rápido e eficaz. Só que não basta sair comprando frascos bonitos e cheiros pelo comércio, sem saber onde e como usar. Às vezes, o barato sai caro.

Minha sugestão:
Cada cômodo da nossa casa tem uma identidade e temos que saber a sensação que queremos ter dentro daquele determinado espaço.

Por exemplo:
Lavabo – A sensação de limpeza e frescor.
O que usar: Difusor de varetas.
Fragrâncias: Alecrim, erva-doce, lavanda, maçã-verde, capim- limão.

Quarto – Relax, tranquilidade, sensualidade.
O que usar: Água perfumada para tecidos nos lençóis antes de deitar e, no ambiente, spray e máquina.
Fragrâncias: Lavanda, baunilha, morango, ylang-ylang, patchuli, sândalo.

Sala de estar – Sensação alegre, energizante.
O que usar: Difusores de varetas, difusores elétricos (tomadas) máquinas desumidificadoras de ar e de aromatizar ambientes.
Aqui dá para se divertir com os aromas, dependendo o propósito do dia. Assistir TV, ler, estudar ou, até mesmo, receber visitas.

Cozinha – Deve manter-se neutra, pois aqui se trabalha com muitas espécies de aromas, da própria alimentação.
Quem não curte um cheirinho de pão de casa? De uma carne bem temperada?

Por hoje é isso.
Dúvidas, só entrar em contato.
Fica aqui, um beijo, um cheiro e saudações perfumadas, da Andréa.