Revista Statto

O MUNDO SUSTENTÁVEL

13/11/2020 às 18h15

O mundo sustentável precisa da ajuda das empresas para que o costume se torne natural entre as populações. Os empregadores que reservam algumas horas para estimular ações educativas no ambiente de trabalho, colaboram de forma direta com a promoção da sustentabilidade. A cada dia que passa as empresas sentem maior necessidade de implantar programas relacionados com o desenvolvimento sustentável. Os planos acontecem tanto no campo produtivo como na reeducação dos trabalhadores, que compõem a força produtiva. O Planeta Terra precisa de ajuda também da inciativa privada para que o mundo sustentável se torne realidade.

As empresas percebem que os custos para atuar com prevenção na redução do passivo ambiental são inferiores do que os existentes. O desenvolvimento sustentável também engloba o respeito aos direitos humanos nas rotinas de trabalho. As leis trabalhistas brasileiras talvez representem o único conjunto legal que está funcionando. Empreendedores são taxados e obrigados a fecharem os empreendimentos até que as condições de trabalho sejam consideradas legais. A segurança do trabalhador também está envolvida no respeito a sustentabilidade.

Empresas que aplicam trabalho escravo não são consideradas sustentáveis, por isso, nenhum empreendedor aprecia a ideia de ver o nome da empresa, visto de forma negativa pela opinião pública. Liderada pelos meios de comunicações que promove aos poucos a mudança do enfoque, sendo vigiada pela sociedade, cobrando dos representantes públicos, medidas efetivas contra negócios não respeitadores dos preceitos do mundo sustentável.

Crimes ambientais provocam escândalos de grande repercussão. Ambientalistas se reúnem em grupo para realizar diversas formas de protestos, desde manifestações na rua até com críticas em artigos postados nos blogs ou redes sociais. Pode representar crise incontrolável, culminando com a queda das vendas. Consumidores param de consumir, gerando crise, entre os investidores que ficam desacreditados na recuperação da empresa, conhecida por não favorecer o mundo sustentável. Em poucos meses a sociedade em geral está contra a produção, cujos produtos ficam caros pela queda no consumo.

Para atender às normas ambientais, os empreendedores têm gastos consideráveis, embora menores do que os existentes para pagar multas ou fazer reformas sustentáveis sem planejamento. Alto são os riscos, principalmente pela atual crise econômica mundial. O cumprimento das condições ambientais preestabelecidas são pontos ambicionados aos que querem economizar no futuro.

Segredo está na reputação. Quem conhece poucas teorias de publicidade sabe de forma clara que, a reputação empresarial positiva está entre os tópicos mais ambicionados pelas grandes marcas. Seguir o ideal sustentável melhora o estereótipo de empresas com alta densidade, normalmente é negativo entre as classes de baixa renda.

A natureza precisa de ajuda. Não somente das indústrias, como também dos consumidores que possuem papel imprescindível no processo de sustentabilidade. Produtos sustentáveis contribuem com a qualidade do mundo. As empresas que divulgam sustentabilidade nos processos produtivos devem seguir à risca tudo o que está incluso na embalagem, sujeito às penalidades legais previstas.

Os empreendedores que desejam trabalhar com produtos sustentáveis devem buscar pelo menos um dos selos mais respeitáveis no mercado. Alguns selos independentes estão se proliferando no mercado. Existem especificações que somente quem evidencia sustentabilidade pode atingir. Os selos independentes possuem níveis dificultosos para estarem de acordo com as especificações estipuladas pelas leis relacionadas com a tematização.

Vale ressaltar que as regras de sustentabilidade também devem estar presentes na força de trabalho. Todos os trabalhadores devem atuar em condições não escravas e com segurança nos ambientes que demonstram alto risco a integridade física dos trabalhadores envolvidos no processo.

O mercado representa elemento amplo e de difícil controle pelo Estado. Conferir as especificações técnicas utilizando a internet como ferramenta, simboliza aspecto imprescindível.

Pequenas suspeitas devem ser levadas ao Ministério da Agricultura, na forma de denúncia pelos consumidores, que ficam atentos no que foge as regras da sustentabilidade. (Namastê).

Mensagem do dia: Semear ideias ecológicas e plantar sustentabilidade é ter a garantia de colhermos um futuro fértil e consciente. (Sivaldo Filho).

OUTUBRO ROSA

28/09/2020 às 14h33

Minha homenagem a todas as mulheres corajosas, vitoriosas e de plena consciência da importância do outubro Rosa.

Outubro Rosa é um movimento internacional que visa, ao estímulo à luta contra o câncer de mama. Essa ação iniciou-se em 1997, nos Estados Unidos, e foi ganhando o mundo como uma forma de conscientização acerca da importância de um diagnóstico precoce e de alerta para a grande quantidade de mortes relacionadas com essa doença.

O símbolo da campanha é um laço rosa, que foi feito, inicialmente, pela Fundação Susan G. Komen e distribuído na primeira corrida pela cura do câncer de mama em 1990. Esses laços rosas popularizaram-se e foram usados posteriormente para enfeitar locais públicos e outros eventos que lutavam por essa causa. Além do laço rosa, muitas cidades passaram a iluminar os seus monumentos públicos com luz rosa para dar maior destaque ao mês de luta contra a doença.

No Brasil, o primeiro sinal de simpatia pelo movimento aconteceu em outubro de 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado de rosa.

Em outubro de 2008. O movimento ganhou força e várias cidades brasileiras foram iluminadas como uma forma de chamar a atenção para a saúde da mulher. A iluminação rosa simboliza o apoio à luta das mulheres contra o câncer de mama.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres em todo o mundo, sendo raro em homens. Normalmente a doença é diagnosticada em exames de rotina quando se percebe um nódulo na região dos seios. Entretanto, muitas vezes, os nódulos não podem ser sentidos, sendo, portanto, fundamental a realização de exames de imagem. O autoexame das mamas era bastante recomendado como forma de detecção da doença, entretanto, em virtude da dificuldade de algumas mulheres de entenderem a anatomia do órgão, falsos resultados eram obtidos. Nódulos pequenos podem não ser sentidos, o que pode causar a falsa impressão de que a mulher está saudável e retardar a consulta ao médico. Todavia, é importante ressaltar que o autoexame, junto a exames periódicos, pode salvar vida.

Consiste em uma cirurgia para a retirada do tumor e a complementação com técnicas de radioterapia e quimioterapia. Apesar de muitas vezes o câncer de mama não possuir causa específica, algumas medidas podem ser tomadas como prevenção. A principal forma de prevenir-se é ter uma alimentação saudável, balanceada e rica em alimentos de origem vegetal. É importante também evitar embutidos e o consumo excessivo de carne vermelha. Atividades físicas e hábitos saudáveis de vida, como não fumar nem ingerir bebida alcoólica, também ajudam a evitar a doença. O laço rosa é um símbolo da luta contra o câncer de mama. (Namastê).

MENSAGEM DE HOJE: Prevenir é um ato de amor com você, com seu corpo e com todos que te amam.

Campanha outubro Rosa – É hora de cuidar das poderosas

FONTE IMAGEM; https://youtu.be/uicUYs9BdBg

EPIDEMIAS E HISTERIAS COLETIVAS

06/09/2020 às 09h13

É comum ouvirmos dizer que alguma região do planeta está sofrendo com uma determinada epidemia.

Em nosso país, por exemplo, as epidemias de dengue são comuns e frequentemente são noticiadas nos jornais de todo país. Entretanto, muitas pessoas não sabem o que é epidemia, não entendendo a gravidade que essa situação representa.

Afinal, o que é uma epidemia?

Epidemia é o aumento do número de casos de uma doença que supera o número esperado para a época em uma região. A epidemia é, portanto, um aumento da ocorrência de determinado problema acima da média esperada. A epidemia atinge um número elevado de pessoas e pode espalhar-se por mais regiões. Quando uma epidemia se espalha por mais de um país ou continente, dizemos que temos uma pandemia. Como exemplo de pandemia, podemos citar a AIDS.

Diversos fatores podem causar o surgimento de epidemias:

– A falta de saneamento básico.

– Hábitos alimentares pouco saudáveis.

– Hábitos de higiene precários.

– Poluição.

– Condições climáticas.

– Estresse e drogas.

São alguns dos fatores que favorecem o aumento de casos de uma doença. As doenças transmitidas por vetores, por exemplo, estão muito ligadas a mudanças climáticas. Outro exemplo de fator que determina o surgimento de epidemias são as condições sanitárias, que podem ampliar o risco de transmissão de doenças. A cólera, por exemplo, pode ser transmitida pela ingestão de água ou alimentos contaminados, o que pode ser agravado pela falta de saneamento. Não podemos nos esquecer ainda de que as epidemias surgem hoje com mais facilidade em razão do rápido trânsito de pessoas, as quais podem levar uma doença de uma região para outra.

O COVID-19 é a mais recente desculpa para a histeria coletiva. Saímos de uma histeria e entramos em outra.

Hoje enfrentamos múltiplas histerias ao mesmo tempo. A mais recente, claro, é a do COVID-19, mais conhecido como corona vírus. Além da China, onde o vírus teve origem. Nas grandes cidades da Itália e Japão estão em quarentena. Nos Estados Unidos, declararam estado de emergência. A disseminação do novo COVID-19 tem causado um terremoto nos mercados globais nos últimos dias, mas algumas empresas têm, pela natureza de seus negócios, conseguido ir bem nas bolsas com a crise. Entre elas, estão empresas que fabricam vacinas, desinfetantes e máscaras, mas também as que têm como foco os serviços remotos ou de entrega. Laboratórios farmacêuticos, empresas de biotecnologia, que estão realizando ensaios clínicos para desenvolver uma vacina específica contra esse vírus, que dispararam as bolsas, depois que as empresas anunciaram que iniciará testes clínicos de sua vacina em humanos nos próximos meses nos Estados Unidos.  Mas há outras empresas que se beneficiaram indiretamente da disseminação do vírus, como as provedoras de teleconferência, educação e entretenimento online, já que alguns países, como Japão e Itália, fecharam escolas.

Em diferentes partes do mundo, as pessoas optam por evitar locais públicos, à medida que os casos de pessoas infectadas aumentam. De acordo com o relatório mais recente da Organização Mundial de Saúde (OMS).   Para dar conta dessa nova realidade, as empresas de investimentos acompanham a trajetória de empresas, que se beneficiam da disseminação do vírus. No entanto, mesmo as empresas que ganham com a crise da saúde não estão livres de turbulências repentinas, já que os desdobramentos da situação surgem a todo momento. (Namastê).

MENSAGEM DO DIA: Mais perigoso que a pandemia, são aqueles que não estão aprendendo nada com ela. (www.leaqui.com).

A SAÚDE DO CÉREBRO

22/08/2020 às 18h15

No final deste texto este colunista vai dá umas pequenas dicas de como exercitar o nosso cérebro.

Até pouco tempo atrás, acreditava-se que a estrutura do cérebro mudava pouco ao longo dos anos. Era como se o cérebro fosse algo estático, e se alguma coisa acontecesse com ele, bem, a consequência seria sentida por toda a vida. Hoje, sabemos que o cérebro é mais dinâmico do que imaginávamos. Ele se reorganiza com frequência, otimiza suas funções, busca maneiras novas e mais inteligentes de funcionar. Tudo para que nós estejamos, sempre, aproveitando ao máximo nossas capacidades cognitivas.  O corpo, o emocional e a mente, trabalham juntos todos os dias, em todos os momentos, sob intensa harmonia. Nossa saúde é o resultado da ligação entre estes fatores. Ficar irritado, triste e estressado gera efeitos negativos, não apenas em seu emocional, mas também em seu físico.

E o contrário também é verdade: para estar 100% de bem com a vida, mente e corpo devem estar alinhados, focados no objetivo comum de atingir o equilíbrio e a paz interior. A Ciência tem feito incríveis descobertas sobre as propriedades curativas e preventivas de atividades como a meditação e a terapia para a saúde do cérebro e do corpo. Pessoas calmas e que levam a vida com leveza correm riscos menores de desenvolver diversas doenças neurológicas. Elas, também, possuem maior autoestima e conseguem manter o cérebro afiado por mais tempo. Esses benefícios estão intimamente ligados ao autoconhecimento. Os melhores cuidados preventivos com a memória estão na manutenção de uma dieta equilibrada, ter horas de sono suficientes. A atividade cognitiva que mais utiliza a memória é exercitada pela leitura. Para tanto, estratégias devem ser exploradas por cada pessoa até que se descubra quais são as mais facilitadoras. Quanto mais nos estimulamos com atividades desafiadoras, tais como leitura, escrita, análise crítica e reconto de filmes, episódios de seriados e de livros, jogos de planejamento estratégico e a própria atividade de trabalho, associadas as atividades esportivas, e de lazer com condições de saúde controladas, maior será nossa reserva cognitiva.

Há exercícios neuropsicológicos que podem estimular a memória.  Vivemos sob alto nível de estresse, mudanças econômicas, tensões familiares, overdose de tecnologia, demandas de trabalho, enfim, tudo gerando uma preocupação incessante. Embora algumas pessoas já tenham aprendido a simplesmente lidar com isso, se não controlarmos a intensidade do estresse, ele pode impactar nossa habilidade de pensar com clareza e tomar boas decisões, no curto prazo, e até mesmo prejudicar nosso cérebro no longo prazo. Estudos recentes mostraram que estresse crônico pode levar à depressão e, inclusive, aumentar o risco de declínio cognitivo, trazendo sintomas de Alzheimer. Então, sob estresse constante, o corpo não consegue reagir bem, manifestando doenças como diabetes e pressão alta. Estes eventos bloqueiam a formação de novas conexões neuronais no hipocampo, a parte do cérebro responsável por decodificar novas memórias.

Quando novas conexões são bloqueadas, o hipocampo pode realmente diminuir de tamanho, o que dificulta a memória.  Muito estresse pode nos deixar esquecidos, desmotivados e mentalmente exaustos. Então, aqui vão algumas dicas para você limitar efetivamente o nível de estresse e aumentar sua resiliência emocional, para que não apenas você tenha um melhor desempenho no dia a dia como também proteger o seu cérebro dos efeitos nocivos do estresse. Com a revolução tecnológica que tem acontecido nos últimos anos, cada vez mais estão sendo valorizadas as características humanas. Dessa forma, os espaços passam a ser construídos com foco nas pessoas e sua capacidade criativa, comunicativa e colaborativa. O contato com a natureza e a diversidade sensorial e de ambientes são exemplos disso. A escolha de materiais, a criação de ambientes alternativos de ocupação, são pontos chave no projeto de um espaço saudável e eficiente, das mudanças que o mundo corporativo vem sofrendo, como na sua saúde física e mental.

DICAS IMPORTANTES: Como estimular os dois lados do cérebro.

  • Tente realizar tarefas que ampliem a sua área de conforto. Crie oportunidades para que você possa ultrapassar barreiras e estimular o seu cérebro.
  • Conheça novas pessoas e lugares. Não fique na mesmice. Ao invés de fazer seu trabalho de faculdade no seu quarto, leve o seu notebook até uma biblioteca, por exemplo. Quando for a uma festa, converse com outras pessoas e crie novas amizades. Ao fazer isso, você estará sempre estimulando o seu cérebro a absorver novas informações e se adaptando a novas situações.
  • Fazer o incomum, isto é, se você tem o hábito de usar o relógio no punho direito, passa a usar no punho esquerdo. Faça mudanças de moveis, faça palavras cruzadas e caça palavras.

(Namastê).

O ANALFABETISMO

09/08/2020 às 21h45

Eu acredito meus amados, e tenho esperança que esta estatística de analfabetismo diminua bastante, por que acredito na capacidade humana. Entende-se por analfabetismo, a incapacidade que algumas pessoas têm de entender e compreender o texto que acabaram de ler, mesmo que as pessoas saibam ler e escrever. Este tipo de carência está relacionado com a falta de conhecimento necessário. O grave problema do analfabetismo no mundo, continua sendo um dos grandes temas prioritários a solucionar.

Entende-se que o analfabetismo é um dos fatores chave para resolver, um dos problemas mais urgentes da sociedade. A realização plena do ser humano, se dá através da educação, e promovê-la é fundamental para o desenvolvimento das nações. A educação é uma ferramenta extremamente útil para combater a pobreza e a desigualdade, elevar os níveis de saúde e bem-estar social. As bases para a manutenção de uma democracia duradoura. Não é de hoje que se sabe que o índice de analfabetismo no Brasil ainda é grande, tendo milhões de analfabetos acima dos 15 anos de idade. Isso é uma realidade causada pelos modelos de educação sem inovações, que tolhem a capacidade criativa das pessoas, gerando insegurança e insatisfação pessoal. Muitos estudantes se afastam da mesma, por pura falta de motivação, por não acreditarem que são capazes de vencer.

O medo domina as sensações prazerosas do aprender, pois repetências anteriores, exposições diante dos colegas, humilhações dentro da sala de aula coíbem o sujeito demonstrando que ele não é capaz. No Brasil ainda existe a concepção de que os menos favorecidos não têm condições de aprender, devendo aceitar que são a mão de obra pesada e barata do país, estando às margens da nossa pirâmide social. Para melhorar essa visão, a escola deve manter uma política educacional voltada para atender a diversidade, através de planos de ação que valorizem as habilidades e potencialidades de cada um. Seria mesmo identificar o que cada um tem de bom, em que cada qual pode colaborar com as experiências e crescimento do grupo. Dessa forma, preocupados com a defasagem do ensino, buscando qualificar o trabalho docente. Voltam-se para a motivação desses alunos, dando oportunidade aos mesmos, inserindo-os num grupo que está mais adiantado. Além disso, não se pode descartar a realidade social em que cada um vive. Muitas crianças ficam paralisadas porque não recebem atenção necessária, outras são alvos de agressões, outras sofrem abusos sexuais, algumas têm que trabalhar para sustentar suas famílias. A escola precisa considerar todos esses aspectos e muitos outros, repensando seus valores, buscando diminuir as diferenças entre os alunos, identificando porque uns aprendem e outros não. Dessa forma, podemos questionar como acontecerá o crescimento social e econômico do país, se não temos política educacional consistente. É preciso repensar para mudar! Ressaltando sempre o respeito a este direito humano que está definido por lei, e é dever do Estado garantir que todas as pessoas, sem qualquer tipo de discriminação, tenham acesso aos estudos. (Namastê)

MENSAGEM DO DIA:

A ESCOLA, É APENAS O PRIMEIRO DEGRAU, DE UMA LONGA ESCADA QUE O LEVARÁ AO SUCESSO.

DEPRESSÃO, A DOENÇA DO SÉCULO

05/07/2020 às 09h49

A depressão é uma doença séria que atinge pessoas de diferentes idades e faz com que o doente tenha uma perda do prazer pela vida, muitas vezes, desenvolve pensamento de suicídio. A depressão não é uma frescura, como muitos pensam. É uma doença grave e que vai muito além de uma simples variação de humor, por causa dos acontecimentos do dia a dia. A depressão é uma doença que causa transtorno mental e é influenciada por uma série de fatores, fatores estes genéticos, até acontecimentos traumáticos e por consumo de drogas. A pessoa com esse problema, apresenta uma perda de prazer por suas atividades rotineiras, sentimentos de angústia e até mesmo vontade de colocar fim na sua própria vida.

A depressão apresenta sintomas intensos que comprometem a vida do paciente em diferentes esferas, e necessita de apoio especializado, por que pode apresentar vários sintomas que, devem ser analisados criteriosamente. Na maioria dos casos, o sentimento de tristeza, vazio, aflição, preocupação; receios infundados; Insegurança, medo; ansiedade; baixa autoestima; sentimento de rejeição; Irritabilidade; tensão e agitação; vontade de acabar com a própria vida; diminuição da energia e do prazer para realizar atividades diárias; fadiga; Isolamento; diminuição do apetite e do desejo sexual; Alterações na capacidade de concentração do raciocínio e memória. Vale frisar que a depressão afeta uma pessoa de diferentes formas, existindo graus mais leves e mais intensos da doença. Alguns sintomas surgem logo após alguma experiência traumática. Em outros casos, pode ocorrer sem que haja alguma relação com um fato traumático, sendo, por exemplo, desencadeada pelo estresse diário. Caso uma pessoa apresente sintomas semelhantes aos da depressão. É de suma importância que se busque ajuda especializada.

Existem diversos tratamentos para a doença, tais como psicoterapia e uso de antidepressivos. É importante também que amigos e parentes evitem comentários que o façam sentir-se inferiorizado, e estimulem à procura de apoio médico e psicológico. O importante é que pessoas, próximas ao paciente com depressão tentem mostrar que se importam com ele e com seus problemas. Nunca menospreze o que a pessoa está sentindo. É importante salientar que não faça julgamentos, sem conhecer o que se passa na vida da pessoa com depressão e sim estimular a procura de um especialista.

A depressão é uma doença, que pode ter implicações bioquímicas profundas, pode ser de ordem genética complexa, ou ser fruto de vivências dolorosas e incapacitantes do ponto de vista emocional. Quando ela ocorre, a dor emocional é imensa, o sofrimento é crônico, e a necessidade de terapia e medicamentos é vital. O diagnóstico da depressão é feito por médicos, sendo que o paciente deve ser acompanhado de psicólogos e ter o suporte familiar necessário. Infelizmente, há aqueles que se definem “deprê”, que se dizem depressivos, quando na verdade estão tristes, magoados, chateados, irritados. Não consideram o fato de que estão se utilizando de um termo sério, e muitas vezes complicando a compreensão e o tratamento daqueles que de fato estão ou são doentes.

Para quem de fato sofre de depressão, nada é mais difícil do que ouvir “daqui a pouco passa”, “para de fazer manhã”, “eu também estava ‘deprê’ ontem”. Isto faz com que muitos deixem de buscar ajuda, ou abandonem seus tratamentos. Todos nós podemos vivenciar momentos de tristeza, irritação ou dor emocional, e quando isto ocorre, sabemos identificar nossos porquês e esperar o tempo de sorrir novamente. Mas vamos olhar com mais cuidado e atenção para aqueles que amamos e que precisam, a partir de um diagnóstico, de nosso apoio e compreensão para se tratarem e se curarem da depressão. Só quem tem é quem sente na pele. Como diz o velho ditado. (Namastê).

Mensagem: Manter o espírito positivo é garantir que até no dia mais Escuro, conseguirá enxergar, lindos raios de luz.

AS REDES SOCIAIS NA VIDA DAS PESSOAS

27/06/2020 às 10h33

É certo que, as redes sociais estão mais presentes na vida das pessoas. Assim como, elas invadiram a vida social e familiar. Sem sombra de dúvidas, o maior instrumento de troca de informações existente no universo, sua velocidade e sua praticidade possibilitam a interação instantânea entre usuários do mundo todo. São tantos aplicativos que permitem a troca de ideias: –  fotos, bate papo; procura por amigos; colegas de escola; sem dizer que promove encontros e incentiva os relacionamentos. Dizemos que elas, permitem uma nova maneira de participação da sociedade. Que dão grandes suporte e facilitam os relacionamentos, com intensa e diversificada participação de milhares de pessoas de olhos nas mudanças no mundo.

Essas redes sociais, servem como fonte de: – pesquisas, notícias; interatividade. Possibilitando não só o acesso à informação, mas a capacidade de produzir. Elas mostram a sua importância, deixando de lado tempo e espaço, influenciando o destino de milhares de pessoas através da rápida disponibilização de informações relevantes, de forma que muita gente usufrui desses ambientes virtuais.

As redes sociais são de grandes manifestações e mobilizações. As pessoas que utiliza não usa somente para se comunicar, distrair, divertir. Elas também consomem informações, serviços e produtos. Elas podem trazer inovações de serviços. As pessoas podem se tornar uma poderosa ferramenta de comunicação e publicidade, pode mudar comportamentos de vida, hábitos e costumes.

A sua relevância para o mundo, o seu efeito multiplicador, universalizado por sites, blogs; aplicativos; dentre outras proporcionalidades. O uso indevido por parte de certos indivíduos, vem causando diversos danos sociais. É preciso ter atenção e muito cuidado, com a maneira de como se cria e produz alguma coisa.

As redes sociais são um exemplo disso. Porém, muitas pessoas não estão dando o devido valor a elas. Querendo ou não, são ótimas ferramentas, seja para troca de informações, divulgações de conteúdos e produtos, ou até mesmo promover algo por sua   rapidez. (Namastê).

Mensagem do dia: “Não use as redes para desabafar! Momentos passam. Pessoas mudam. Palavras ficam“. Bianca Toledo.

EM QUE CONSISTE A LIBERDADE DE EXPRESSÃO!

03/06/2020 às 09h49

É evidente que todos nós temos o direito a Liberdade de Expressão, porém ela permite que você manifeste suas opiniões sem medo de represálias. Autorizando, que as informações sejam recebidas por diversos meios, e de forma independente e sem censura.

A Liberdade de Expressão significa, o direito de exteriorizar a opinião pessoal de quem quer que seja, sempre com respeito e respaldada pela veracidade das informações. Esse direito é garantido pela Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Com tudo, o direito de se expressar, não indica que não haja imposição de limites éticos e morais. Assim sendo a calúnia não é permitida, bem como atos de injúria e difamação, pois desta forma há direitos que deixariam de ser preservados.

Esta preservação dos direitos de expressão deve ser assegurada pelos meios de comunicações. Esta informalidade não deve significar a liberdade total para se dizer o que se quer, e ofender a quem quer que seja, causando transtornos e danos morais.

Restringir a circulação de ideias é, proibir a liberdade de expressão, é um direito retirado das pessoas em regimes totalitários.

As trocas de ideias, das discussões; dos diálogos, encoraja a sociedade às mudanças. Porém, a liberdade de expressão limita o abuso de poder. Deste modo os regimes autoritários são os primeiros a censurar os meios de comunicações e vigiar os locais de produção de ideias.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos contempla o direito à liberdade de expressão, considerando que a mesma seja uma peça fundamental da democracia, no que tange:

” Todo o indivíduo tem direito à liberdade de opinião e de expressão, este direito implica a liberdade de manter as suas próprias opiniões sem interferência e de procurar, receber e difundir informações e ideias por qualquer meio de expressão independentemente das fronteiras. ” (Namastê).

Mensagem do dia: Liberdade de expressão não é permissão para falar bobagem. Pense antes de emitir sua opinião. (Frasesparaface.com.br)

http://facebook.com/antoniochavespessoal

COMO TER UMA BOA QUALIDADE DE VIDA!

03/05/2020 às 14h43

A qualidade de vida é a percepção que um indivíduo tem sobre a sua posição na vida, dentro do contexto dos sistemas de cultura e valores, nos quais está inserido, em relação aos seus objetivos. A qualidade de vida é definida, como a satisfação do indivíduo no que diz respeito à sua vida quotidiana que está associada à saúde, que muitos não as distinguem uma da outra. A saúde não é o único fator que influencia na nossa qualidade de vida.

O importante mesmo é ter uma alimentação saudável e equilibrada para o nosso bem-estar. Quando o organismo recebe as quantidades ideais de nutrientes e vitaminas de que precisa, a sua saúde física melhora, e consequentemente aumenta a qualidade de vida.

A saúde mental possui hoje, uma enorme importância e é muito mais simples do que parece. Estar com boa saúde mental, é estar em equilíbrio com o seu mundo interior e com o mundo que o rodeia, é estar em paz consigo mesmo e com os demais.

Estamos mais tempo em contato com os colegas de trabalho do que com a nossa própria família. Não é mesmo? Por estes motivos, quando falamos em qualidade de vida no trabalho, queremos com isso referir aos benefícios do ambiente de trabalho para o indivíduo. O objetivo é desenvolver ambientes que, sejam tão favoráveis tanto para o indivíduo como para a saúde.

Se o trabalhador sentir conforto e bem-estar no local de trabalho, sentir-se-á motivado, melhorando a sua produtividade. A atitude dos trabalhadores de uma forma individual também possui um forte impacto na qualidade de vida e ambiente do trabalho.

Devemos procurar uma boa qualidade de vida em todas as fases da nossa vida. As opções que fazemos ao longo da vida, como o tipo de alimentação, o exercício físico; as condições de trabalho; o meio ambiente em que vivemos, são tudo fatores que irão influenciar não só a nossa longevidade como também, a nossa qualidade de vida atual e futura.

Para que possamos garantir uma boa qualidade de vida no futuro, devemos começar já, a preocuparmo-nos com a manutenção de hábitos saudáveis como um todo.

A promoção da saúde é o processo que visa aumentar a capacidade dos indivíduos para controlarem a sua saúde, no sentido de melhorar. Para atingir um estado de completo bem-estar físico, mental e social, o indivíduo deve ser capaz de identificar e realizar os seus desejos, satisfazer as suas necessidades, modificar ou adaptar-se ao meio. Ser saudável é um caminho que se traça diariamente nas mais pequenas escolhas que fazemos.

Opte por uma vida mais plena e surpreenda-se com as diferenças que alguns gestos podem fazer. Sentirmo-nos bem e felizes é uma parte importante da saúde e bem-estar e não deve ser descuidada. Encontre tempo para si e para quem gosta, dedique-se a novos hobbies e torne o tempo de lazer tão importante quanto o tempo que passa no trabalho.

Qualidade de vida tem como objetivo alertar as pessoas para a importância da adoção de um estilo de vida saudável e a sua implicação na sua qualidade de vida atual e futura. (Namastê).

Mensagem do dia: Quem preza pela saúde e qualidade de vida, ganha mais oportunidades para definir o seu próprio destino.