Revista Statto

ENDOMETRIOSE

25/11/2020 às 10h52

O médico ginecologista, Doutor André Buarque, fala sobre endometriose.

A endometriose é uma doença que afeta cerca de 10% de pessoas com útero e em idade fértil. Geralmente, está associada a uma forte cólica, que acontece porque uma camada de revestimento interno do útero está fora da cavidade uterina.

Mas, para além das cólicas, a endometriose pode causar dor para urinar, dor pélvica crônica, dor nas costas, nas pernas e nos ombros.

Em alguns casos, inclusive, ocasionar problemas no intestino.

CÓLICA

25/11/2020 às 10h50

O André Buarque, fala sobre mais um tema relacionado à saúde da mulher.

Você sabia que a intensidade da sua cólica pode revelar que há algo de errado no seu organismo?

É importante conversar com o seu ginecologista, para checar se há alguma condição que possa estar agravando esse sintoma, a exemplo da endometriose e da síndrome dos ovários policísticos.

BANHO DE SOL

20/11/2020 às 10h39

O doutor André Buarque, fala sobre mais um tema, relacionado à saúde da mulher.

Durante a gravidez, é aconselhável tomar 20 minutos de sol, durante o início da manhã ou no final da tarde, inclusive nas mamas. Sempre lembrando de usar boné ou chapéu e protetor solar no rosto, para evitar manchas de pele.

Isso porque um alto nível de vitamina D em bebês pode prevenir infecções respiratórias durante a infância. Apesar de ser encontrada em vários alimentos (como fígado, ovos, carne, manteiga, peixes – inclusive os enlatados – e óleo de fígado de peixe), a vitamina D necessita do Sol para ser absorvida pelo organismo.

Converse com o seu ginecologista/obstetra sobre o assunto.

PRÉ-NATAL

16/11/2020 às 11h26

O médico ginecologista do grupo hapvida Dr. André Buarque, fala sobre quando às mulheres devem iniciar o pré-natal.

Agradecemos pela parceria e colaboração de sempre.

Em caso de uma gravidez planejada, o indicado é que mulheres que desejam se preparar para engravidar já busquem um médico. Assim o pré-natal será iniciado quase que logo após a concepção.

Contudo, muitas mulheres são pegas de surpresa. Nesses casos, o ideal é que o pré-natal, as consultas médicas que realizamos durante a gravidez, sejam realizadas ao menor sinal de suspeita gestacional.

Isso possibilita acompanhar o processo de evolução do bebê. É no pré-natal que garantimos a saúde do bebê e da futura mamãe!

VACINA CONTRA O HPV

08/11/2020 às 11h14

O médico ginecologista do grupo Hapvida, Dr. André Buarque, fala sobre à vacina contra o HPV.

Você provavelmente já ouviu falar no HPV, o Papilomavirus humano, capaz de infectar a pele ou as mucosas. Existem mais de 150 tipos diferentes de HPV, sendo que cerca de 40 tipos podem infectar o trato ano-genital. Existe uma relação entre este vírus e o desenvolvimento de câncer na região ano-vaginal, sendo o tumor de colo do útero o mais comum deles, que atinge 16 mil brasileiras por ano.

A informação a ser destacada aqui é existe vacina contra o HPV, fornecida gratuitamente pelo SUS, para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. A maior indicação é para pessoas que ainda não iniciaram a vida sexual, uma vez que apresentam maior eficácia na proteção de indivíduos não expostos aos tipos virais presentes nas vacinas.

Para os que vivem com HIV, a faixa etária é mais ampla (9 a 26 anos) e o esquema vacinal é de três doses (intervalo de 0, 2 e 6 meses). No caso dos portadores de HIV, é necessário apresentar prescrição médica.

DOR DURANTE O SEXO

01/11/2020 às 11h42

O médico ginecologista do Grupo Hapvida Andre Buarque, fala sobre dor durante o sexo.

A dor durante o sexo, chamada na medicina de dispareunia, é mais comum do que se imagina. Ela traz dificuldades não apenas para a relação sexual, mas compromete a rotina da mulher porque impede qualquer tipo de penetração, até mesmo na hora de fazer exames ginecológicos.

Ela pode ser classificada em dois tipos: superficial ou profunda. A primeira é classificada quando ocorre em torno da abertura da vagina, normalmente no momento da penetração. Já a segunda é quando a dor é sentida dentro da pelve, em geral durante o movimento peniano. Em ambos os casos, as características da dor são as mesmas e se manifestam em forma de ardência ou como uma cólica muito forte.

A recomendação inicial é procurar ajuda especializada ao primeiro sinal de dor. Não espere passar ou piorar. Investigue junto ao ginecologista a causa, que podem ser muitas, vaginismo, cistos, endometriose, e busque sempre por mais qualidade de vida e bem-estar.