Revista Statto

JERICOACOARA

15/01/2021 às 17h00

Seguimos na onda das praias “roots” e por isso hoje viajaremos até Jericoacoara: um destino incrível no litoral cearense.

Sendo uma vila da cidade de Jijoca, localizada a cerca de 300 km de Fortaleza, Jericoacoara é um lugar deslumbrante. Repleta de belezas naturais e uma energia inexplicável, Jeri oferece experiências memoráveis aos turistas.

Chegar lá pode ser um perrengue chique mas vale a pena. De transfer do aeroporto de Fortaleza são cerca de 4h até Jijoca e depois mais 2 Hs por meio de veículo 4×4 por uma estrada de areia (esse trecho pode ser emocionante dependendo do motorista).

Se preferir pode ir até Jijoca de avião, mas geralmente a passagem sai bem mais cara, por isso é preciso verificar o custo-benefício.

Não se surpreenda na chegada. Hoje existe uma taxa de turismo por pessoa no valor de R$ 5,00 por dia e a tendência é passar a ser R$ 30,00 por semana.

Viajar para o nordeste sempre é uma maravilha. As chuvas, quando acontecem, passam rápido. Se vale como dica, fique atento à lua. Ela interfere na maré, por isso consulte seu agente de viagens para saber qual a melhor semana para curtir Jeri.

Organize-se para passar pelo menos 4 noites em Jericoacoara. Assim você poderá curtir todos os passeios e fazer valer a pena todo o trajeto para chegar até lá.

Basicamente são dois passeios. Um para o litoral oeste e o outro para o litoral leste, ambos realizados de buggy. Para o lado oeste as atrações são: Mangue Seco para ver os cavalos marinhos, as dunas e Lagoa da Tatajuba. Para o lado leste, você encontrará a famosa Lagoa Azul, a Lagoa do Paraíso e a Pedra Furada.

Lembrando que se não quiser sair para passear, basta aproveitar a própria praia de Jeri e o entardecer na Duna do Pôr do Sol.

Para as meninas, nada de salto. Somente calçados confortáveis pois na vilinha tudo é areia, não há calçadas.

Os ventos te levam ao Ceará e Jeri te espera!

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

DEPOIMENTO:

Escolha um dia e aproveite o Alchymist Beach Club. Além da praia ser linda, o local conta com toda a estrutura que você precisa. Comida e música boa você encontra por lá. Divirta-se!

Lediane Dal Forno – Terapeuta Ocupacional

PRAIA DO FORTE

18/12/2020 às 17h56

Você com certeza já pensou em visitar alguma das capitais do nordeste do Brasil. Mas e as praias menores? Que tal fugir da muvuca e aproveitar dias de sol e mar em destinos mais tranquilos?

Hoje vamos falar da Praia do Forte que, assim como Morro de São Paulo, fica próxima à cidade de Salvador e é uma excelente opção no estado da Bahia.

O acesso é super fácil. Do aeroporto até a Praia do Forte, distrito do município de Mata de São João, são 1h20 de carro. Você pode optar por usar aplicativos como Uber e 99, pode contratar trânsfer privativo ou ainda pode utilizar o transporte público (vans ou ônibus). A escolha vai depender da disponibilidade e do quanto você está disposto a investir.

Para quem viaja com crianças, a melhor escolha será um dos resorts que a região oferece. Eu sugiro um dos hotéis Iberostar ou, um pouco mais afastado, o Grand Palladium Imbassaí. Ambos são All inclusive e você não vai precisar se preocupar com nada, apenas em se divertir.

Se a viagem for a dois, você pode optar por uma das inúmeras pousadas charmosas do centrinho ou, se quiser investir mais e ter uma superestrutura a sua disposição, a melhor escolha será o Tivoli Ecoresort, o resort mais próximo do centro comercial, mas também o mais caro (e detalhe: ele não oferece serviço “tudo incluído”).

Uma dica para quem quer curtir um dos resorts, sem gastar muito, é contratar um day use. Assim, terá um dia inteirinho para aproveitar tudo que o hotel oferece.

Se você se hospedar no centrinho poderá fazer tudo a pé. A Praia do Forte tem diversas opções de restaurantes e lojas. Destacamos aqui o Donana (não deixe de provar a moqueca de camarão), o 7 Pizzas, o Vinopizza, a sorveteria Ribeira e o Souza Bar.

Ainda no centrinho você não pode deixar de visitar a Igreja de São Francisco de Assis, o Espaço Baleia Jubarte e, claro, o Projeto Tamar, referência na preservação de tartarugas marinhas.

São três praias possíveis de serem aproveitadas.

A primeira é a Praia do Porto de Cima. É uma praia mais contemplativa, tem uma vista incrível, mas é lá que os barcos dos pescadores ficam atracados e por isso não é a mais indicada para banho.

Se você seguir à direita de quem olha o mar chegará na Praia do Porto de Baixo ou Praia do Tivoli, ótima para banho assim como as piscinas naturais da Praia do Lord que você chega caminhando cerca de 15 minutos por dentro da cidade ou pela beira da praia seguindo à esquerda, depois do Projeto Tamar. Lembre-se de levar seus óculos de mergulho para ver os peixinhos na maré baixa. Caso esqueça, é possível alugar por lá.

Atenção! As praias mencionadas não possuem ou possuem pouca estrutura. Ou seja, recomenda-se levar canga e sua própria sacola térmica com o que vai consumir. Alugar uma cadeira pode ser caro, assim como ficar consumindo dos poucos ambulantes disponíveis no local. E se você não estiver com vontade de caminhar, pode contratar um bici-táxi que te leva do centro e te busca da praia.

Para quem gosta de história, vale uma visita ao Castelo Garcia D’Ávila que fica a 3km do centrinho e que teve suas ruínas transformadas em museu e parque. Após comprar o ingresso, você pode realizar uma visita guiada. Aproveite o fim de tarde para tirar fotos lindas!

Outro lugar bonito de curtir o pôr do sol é na Lagoa Timeantube.

Por fim, curta o Parque Municipal Klaus Peters, atravesse a ponte e, se tiver fôlego, faça a trilha de piso intertravado de 3,6km toda sinalizada com placas informativas e painéis sobre a fauna e flora da restinga, oferecendo ótimas condições para caminhadas, passeios de bicicleta e contemplação da natureza.

A Bahia de todos nós, está sempre pronta para te receber de braços abertos! Axé!

Site: www.eusoufan.com.br

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Depoimento: Como fotógrafa posso dizer que foi um dos lugares mais lindos que conheci.

Para quem gosta de sol, mar e natureza, a Praia do Forte é o destino perfeito para viver e registrar momentos inesquecíveis.

Evelyn Fin @evyfinfotografias

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ARACAJU

11/10/2020 às 17h45

Ir ao nordeste Brasileiro é sonho e privilégio de muitos, viver a natureza e beleza naturais, alegria de uma vida. Que tal fazer tudo isso gastando pouco e se divertindo muito?  Pode SER, deixe se levar pela Sergipanidade, então Aracaju-SE!

Conheça um pouco mais do estado brasileiro com menor extensão territorial tendo como sua capital Aracaju, fundada em 1855, foi a primeira capital planejada de um estado brasileiro. Todas as ruas foram projetadas geometricamente, como um tabuleiro de xadrez, para desembocarem no rio Sergipe. A cidade foi criada com o objetivo de sediar a capital da província de Sergipe del-Rei, que até este momento se localizava na cidade de São Cristóvão, segundo alguns historiadores.

Aracaju é um dos destinos mais baratos do Brasil especialmente quando se trata de hospedagem, gastronomia e logística. Devido a sua posição geográfica os passeios são próximos e os traslados são sempre rápidos, a diversão é garantida.

O melhor local para ficar é a Orla da Atalaia, onde se costuma dizer que tem de tudo e você vai ouvir do sergipano que é a Orla mais bonita do Brasil. Tem praia, lagos, Oceanário (Projeto Tamar), bares, restaurantes, pista de kart, quadras Poliesportivas, casas de Forró e artesanatos. Particularmente na Orla tem a Passarela do Caranguejo, onde ficam os restaurantes mais famosos, dentre eles o Cariri, Casa de Forró temática mais famosa de Sergipe, ponto de encontro certo e necessário!

Falando em gastronomia, aqui vão alguns restaurantes que servem não só o sabor da Sergipanidade e sim a história como o Mangará que é especialista em comida Nordestina, o Miguel, restaurante Português, todos os bares rústicos da orlinha do bairro industrial, e claro uma pescada vermelha assada, nos quiosques de praia, não esqueça.

Ainda em Aracaju, há parques para quem curte uma área verde de mata atlântica. No Parque da sementeira com a população simpática dos micos e das corujas, a região dos lagos da orla é uma boa pedida para as crianças, o Calçadão da 13 de Julho e o Zoológico do Parque da Cidade também são ótimas opções.

Seguimos em Aracaju, para os praianos, existe escolinhas de surf e kite-surf e ótimas praias como: Aruana, Náufragos, Robalo, Viral e Mosqueiro. Já na praia do Refugio existe o restaurante Parati, estrutura excepcional para adultos e crianças.

Vamos sair de Aracaju?

As belezas de Sergipe incluem a Praia do Saco e o passeio de barco até Mangue Seco onde foi gravada a novela Tieta. E ainda, a Praia de Pirambu, podendo navegar de catamarã até a ilha de Santa Luzia e ter uma vista privilegiada do centro histórico de Aracaju.

Por fim, é imperdível conhecer o Cânion do Xingó, o quinto maior cânion navegável do mundo, a cerca de 200km da capital. Vale a pena se hospedar pela região por um ou dois dias para conhecer a usina hidrelétrica, o museu de arqueologia, as cidades Canindé, Delmiro Gouveia, Paulo Afonso, Piranhas e realizar a Rota do Cangaço, afinal foi lá que Lampião foi assassinado. Quer uma dica? Hospede-se no Xingó Parque Hotel & Resort, você não vai se arrepender!

Gostou? Então comece a planejar a sua próxima viagem e coloque Aracaju na sua lista de destinos imperdíveis.

__________________________________________________________________________________________________________________________

Depoimento:

Apenas 20Km da Orla da Atalaia, temos a Croa do Goré, um bar flutuante, onde o acesso se dá por lancha ou jet-ski, você desfruta de um dia em um bar/restaurante totalmente ilhado e maré vai subindo, mas não se preocupe a água bate no máximo na sua canela.

Anna Paula Beltrame e Raphael Forgearini

FOZ DO IGUAÇU

13/09/2020 às 13h29

Todo brasileiro precisa se sentir orgulhoso e privilegiado por viver em um país tão rico em belezas naturais. Cada estado possui suas peculiaridades. Quando pensamos no Paraná, logo lembramos das Cataratas de Foz do Iguaçu.

Mas o Parque Nacional do Iguaçu é apenas um dos pontos turísticos da cidade. Foz do Iguaçú atende os mais diversos tipos de turistas.

Aos amantes da natureza, além das Cataratas, tem o Parque das Aves com quatro viveiros para admirar as aves da Mata Atlântica bem de perto.

Para quem viaja com crianças, todos os atrativos turísticos são possíveis de serem visitados. Destacamos aqui o parque aquático Aquamania e o Dreamland, um complexo que integra o Museu de Cera, o Vale dos Dinossauros, os Super Carros, o Bar de Gelo, entre outras atrações.

O Marco das Três Fronteiras é parada obrigatória para quem viaja a Foz. Lá está a união de Brasil, Argentina e Paraguai no formato de um obelisco. O visitante tem uma vista deslumbrante para os rios Iguaçu e Paraná e ainda assiste um show incrível de dança.

A Usina Hidrelétrica de Itaipu oferece diversas opções de passeios. Além da visita especial interna (apenas para maiores de 14 anos) que permite conhecer de perto os equipamentos tecnológicos e a visita panorâmica (para todas as idades), Itaipu permite aos turistas conhecer o Ecomuseu que ajuda a contar a história da sua construção e o Refúgio Biológico com dezenas de espécies de animais e plantas. Por fim, a Itaipu Iluminada é mais um espetáculo que a usina oferece com luzes e música à noite.

Vale a pena adquirir um passaporte que inclui a entrada em 3 passeios: Cataratas do Iguaçu, visita panorâmica em Itaipu e Marco das 3 Fronteiras.

Falando mais sobre as Cataratas, você sabia que é possível chegar bem próximo às águas? É o passeio Macuco Safari que leva você de bote para um banho inesquecível. Quem preferir pode ter uma vista de cima, se optar por voar de helicóptero.

Nossos Hermanos argentinos, também oportunizam uma visão diferente das Cataratas. O Parque Nacional Iguazú é outra oportunidade que o turista tem de vislumbrar a grandeza da natureza. A Garganta do Diabo recebe as quedas de água de 82 metros de altura e é um dos principais atrativos do complexo. Quer adrenalina? Então faça o Gran Aventura, um passeio parecido com o Macuco mas mais radical.

Quer relaxar, tirar fotos bonitas e não pagar nada por isso? A entrada ao templo budista Chen Tien é gratuita. São mais de cem esculturas espalhadas por um lindo jardim. Se a vontade for vivenciar mais sobre a cultura muçulmana, então aproveite, para fazer uma visita guiada na mesquita Omar Ibn Al-Khattab, é de graça.

E as compras? Não dá para ir até Foz e não atravessar a fronteira para o Paraguai. Ciudad Del Este pode parecer uma muvuca, mas é maravilhosa para quem quer comprar, sobretudo perfumes, tênis, óculos, bolsas e eletrônicos.

Ficou interessado? Saiba que Foz do Iguaçu dispõe de meios de hospedagem para todos os bolsos. De resorts a hotéis mais simples, mas sempre com muito conforto.

Comece a sonhar, e quando se sentir seguro para viajar, saiba que os encantos do Paraná esperam por você!

______________________________________________________________________________________________________________________________

DEPOIMENTO:

A experiência de conhecer os dois lados das Cataratas, Brasil e Argentina, foi algo que levaremos para sempre nas nossas memórias. Com certeza, pretendemos voltar!

Raquel Beltrame e Alberto Meireles

 

 

 

 

 

JOÃO PESSOA

12/08/2020 às 18h30

O turismo nacional é uma forte tendência para a retomada do setor. As pessoas vão preferir viagens mais curtas, mas que podem ser tão significativas quanto viajar para o exterior.

Quando se trata de beleza natural, o Brasil é muito privilegiado. E quando pensamos no Nordeste, a primeira lembrança que surge na cabeça é a praia, não é mesmo? No entanto, existe uma capital que costuma ser menos lembrada se comparada a Maceió, Fortaleza, Natal ou Salvador. Estamos falando de João Pessoa.

Uma capital tranquila e menos movimentada que as outras, a cidade oferece estrutura de atendimento médico, ótimos meios de hospedagem, praias paradisíacas, passeios inesquecíveis e uma gastronomia típica do sertão. A terceira cidade mais antiga do Brasil nasceu no centro e só depois chegou à praia, por isso oferece muitos passeios culturais como o Centro Histórico de São Francisco, o Parque Solon de Lucena, a praça dos Três Poderes, a Catedral, o Mosteiro de São Bento, a Igreja de Nossa Senhora do Carmo e o Mercado de Artesanato Paraibano.

À noite vale a pena assistir o show Parahyba Oxente! Por meio da música, humor, teatro, dança e folclore, os turistas conhecem ainda mais a história da Paraíba.

Aos amantes do cinema, a inusitada “Roliúde Nordestina”, na cidade de Cabaceiras, é parada obrigatória.

Você sabia que Jampa, como é chamada pelos moradores, é o ponto mais oriental das Américas? O extremo oriente está localizado em um pontal de areia na Ponta do Seixas, mas como lá não há estrutura para os turistas, as pessoas costumam visitar o Farol do Cabo Branco onde também foi construído o monumento Rosa dos Ventos. Dizem que “o sol nasce primeiro em João Pessoa”, mas isso varia conforme a época do ano em função da rotação da Terra.

A orla de João Pessoa não pode ter prédios altos, por isso o sol é aproveitado o dia todo. Sombra somente dos coqueiros, um cenário lindo para fotos. Por falar em fotografia, a Ilha de Areia Vermelha está localizada a 1,5 km da beira mar e é um espetáculo paraibano imperdível.

A melhor região para se hospedar é Tambaú, além de excelentes opções de hotéis, existem restaurantes, bares e a feirinha de artesanato. É de lá que sai, diariamente, o passeio para as piscinas naturais de Picãozinho. Outras boas opções para ficar são os bairros de Manaíra e Cabo Branco.

As agências de turismo receptivo costumam comercializar passeios para o litoral sul e para o litoral norte. Ao sul estão as praias da Costa do Conde, um litoral pouco explorado repleto de coqueiros e areias brancas, algumas delas são: Praia Bela, Praia do Amor, Carapibus, Coqueirinho, Tabatinga e Tambaba (primeira praia de naturismo oficializada no Nordeste). Ao norte, o roteiro começa com parada na Fortaleza de Santa Catarina, passando no Marco Zero da Transamazônica na cidade portuária de Cabedelo. Em seguida, os viajantes têm a oportunidade de tomar um delicioso banho de mar nas águas mornas da praia de Ponta de Campina. Ao entardecer, acontece um dos mais belos espetáculos do pôr do sol ao som do Bolero de Ravel na Praia do Jacaré. Quem quiser pode passear de catamarã pelo Rio Paraíba com animados cangaceiros convidando você a dançar forró, além da ilustre presença do artista Jurandy do Sax e sua famosa “Ave Maria”.

Data da foto: 2011
Paella com lagosta e mariscos, do restaurante Vojnilô, eleito com A Melhor Cozinha de Peixes e Frutos do Mar pelo júri de Veja Fortaleza Comer e Beber 2011/2012.

A localização privilegiada de João Pessoa permite acesso fácil aos estados vizinhos, por isso muitos turistas aproveitam para estender a viagem e conhecer outros destinos em Pernambuco (Porto de Galinhas, Ilha de Itamaracá e Igarassu, Recife e Olinda) e no Rio Grande do Norte (Natal e Pipa).

Lembre-se, o turista “viaja” quatro vezes: quando sonha, quando encontra um agente de viagens, quando viaja e quando recorda. Comece a sonhar e a organizar sua próxima experiência. Quem sabe João Pessoa será seu próximo destino?

DEPOIMENTO:

“João Pessoa nos surpreendeu. Um destino maravilhoso com paisagens belíssimas! Adoramos a praia de Coqueirinho. Em Tabatinga aproveite para tomar um delicioso banho de mar e de rio em um encontro perfeito da natureza em meio a falésias. Tem também um mirante, ótimo para fotos!

Helena e Geraldo Falleiro

BONITO MATO GROSSO DO SUL

15/07/2020 às 15h46

Tudo começou com um povoado formado a partir da Fazenda Rincão Bonito, no Mato Grosso do Sul, em 1869. Hoje, Bonito é um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil.

Uma das tendências do turismo, pós-pandemia, é justamente a prática de atividades baseadas na relação sustentável com a natureza e as comunidades receptoras, comprometidas com a conservação do meio ambiente, a educação ambiental e o desenvolvimento socioeconômico.

Como o próprio nome já diz, Bonito é um lugar lindo, mas, acima de tudo, um exemplo de destino turístico que adota práticas sustentáveis. Localizada a quase 300km de Campo Grande, a cidade está muito bem organizada para atender turistas de todas as idades.

Desde 2017, os voos diretos para Bonito estão mais frequentes. Mesmo assim costuma ser mais barato viajar até Campo Grande e de lá ir via terrestre a Bonito. Sempre é bom avaliar a relação custo-benefício.

Os passeios são realizados em todas as épocas do ano. Porém, é preciso ficar atento às estações úmida e seca. De outubro a março costuma ser mais quente, a incidência de chuva é maior e por isso as águas dos rios podem ficar mais turvas. De maio a setembro é mais frio, no entanto a estação seca faz com que as águas fiquem mais cristalinas. Melhor evitar os meses de férias escolares e feriados se você não gosta de cidade lotada.

O melhor local para se hospedar, especialmente se você estiver sem carro, é no centro da cidade. É lá que você irá encontrar a maioria das pousadas, restaurantes e agências de turismo receptivo. Converse com seu agente de viagens, com certeza ele oferecerá a melhor opção para você e sua família.

Quem viaja até Bonito não pode voltar para casa sem experimentar comidas típicas, como: a carne do jacaré, o sashimi de piranha do Sale e Pepe e a traíra frita do restaurante Casa do João. A rotina intensa do dia faz com que as pessoas tenham o costume de jantar cedo, mas quem gosta de bares pode aproveitar o Taboa e o Oca.

Os passeios possuem preços tabelados e precisam ser adquiridos previamente com uma agência. Como existe limite para as visitações, é importante você agendar com antecedência. Consulte os passeios disponíveis no momento da compra do seu pacote de viagem para evitar frustrações. Os atrativos mais concorridos são: flutuação no Rio da Prata, Gruta do Lago Azul e rapel no Abismo Anhumas.

Além do Rio da Prata, você pode vivenciar uma experiência incrível de flutuação no Rio Sucuri ou no Aquário Natural. Se preferir fazer um passeio barato e curtir as águas transparentes do Rio Formoso, aproveite para passar o dia no Balneário Municipal ou no Balneário do Sol.

De todas as atrações de Bonito, com certeza a mais famosa é a Gruta do Lago Azul. Não se sabe, até hoje, a origem da água. Prepare-se para se admirar! Vale ressaltar que do meio de dezembro até início de fevereiro o sol torna a visão do lago ainda mais deslumbrante.

Se for possível, visite também as grutas de São Miguel e encante-se ainda mais com as formações no interior da caverna.

Para quem gosta de cachoeiras, o ideal é fazer a trilha ecológica da Boca da Onça ou o circuito a partir da Estância Mimosa com várias paradas para banho. Existem, também, outras opções: Parque das Cachoeiras, Cachoeiras do Rio do Peixe, Fazenda Ceita Corê e Serra da Bodoquena.

Os aventureiros podem optar por realizar rapel no Abismo Anhumas, mergulhar com cilindro na Lagoa Misteriosa, fazer trilha de bicicleta no Parque Ecológico, descer o Rio Formoso de Bóia-Cross ou praticar arvorismo no Hotel Cabanas.

Já os turistas mais contemplativos, e que gostam de animais, não podem deixar de conhecer o Buraco das Araras, de visitar o Bio Park, de fazer cavalgadas e de passear no Porto da Ilha com barco elétrico.

Por fim, seguem algumas dicas para desfrutar ainda mais desse paraíso: leve roupas confortáveis, lembre-se que, em algumas épocas do ano, à noite, pode fazer mais frio; não esqueça do protetor solar (de preferência biodegradável), do repelente e do hidratante corporal; calças do tipo legging ajudam a proteger do sol e dos arranhões nas pedras dos rios; se possuir, leve seus equipamentos de mergulho como óculos, máscara e snorkel; evite beber a água dos rios que, em função do magnésio, possui efeito laxante; alugue câmeras subaquáticas mais baratas no centro da cidade; e esteja disposto a aprender mais sobre sustentabilidade.

O turismo precisa de turistas responsáveis e dispostos a minimizar os impactos sociais, culturais e de meio ambiente. Viaje para Bonito e compartilhe conhecimentos!

______________________________________________________________________________________________________________________________

DEPOIMENTO:

Vivenciamos experiências memoráveis em Bonito. São muitos passeios maravilhosos. Apesar de não ser possível mergulhar no Lago Azul, a Gruta foi a atração que mais nos emocionou.

Marcia e Adriano Souza

APARECIDA

13/03/2020 às 11h00

A imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi encontrada no rio Paraíba em 1717 por pescadores que estavam com dificuldade para achar peixes. Primeiro eles encontraram o corpo da imagem e logo mais a cabeça. Então, o milagre aconteceu e surgiram tantos peixes que tiveram que voltar ao porto pelo risco de o volume de pesca afundar a embarcação.

A partir desse momento, iniciou-se a devoção pela Virgem. Em 1745, há 170km da cidade de São Paulo, foi construída a igreja matriz ou Basílica Velha em estilo barroco a qual abrigou a imagem de Nossa Senhora Aparecida até 1982. Com aproximadamente 40cm, hoje a imagem original encontra-se no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

Em 1955, o Santuário Nacional de Aparecida foi erguido na cidade, fazendo com que milhares de peregrinos começassem a visitar à região em busca da remissão de pecados e do agradecimento pelas graças concedidas. Considerado o maior santuário mariano do mundo, o espaço é composto por: Capela de São José, Capela do Santíssimo, Capela do Batismo, Capela da Ressurreição, Passarela da Fé, Museu Nossa Senhora Aparecida, Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, Tribuna Bento XVI, Mirante, Campanário, Presépio, Sala das Promessas, Capela das Velas, Centro de Apoio ao Romeiro e Memorial Redentorista.

Um passeio imperdível é o de barco pelo rio Paraíba partindo do porto Itaguaçu. Um guia conta a história de Aparecida enquanto você aprecia uma paisagem linda em meio a natureza.

Para ter uma visão panorâmica da cidade, a melhor maneira é realizar o passeio de teleférico até a torre do mirante. O pôr do sol visto de lá é incrível.

Para quem viaja com crianças, recentemente inaugurou mais dois atrativos: o Trem do Devoto, que percorre 1400 metros do Caminho do Rosário saindo da Estação Cidade até a Estação Porto, e o Pedalinho Devotos Mirins para passear no lago. Além disso, o complexo do santuário oferece um pequeno parque de diversões e a oportunidade de visitar o Aquário com espécies tanto de água doce quanto salgada.

Compras podem ser feitas nas mais diversas lojas no Centro de Apoio ao Romeiro e também na Feira Livre localizada nos arredores do Santuário Nacional, é possível encontrar de tudo, de artigos religiosos a roupas, brinquedos, eletrônicos e lembranças do município.

Se quiser tornar a viagem ainda mais memorável que tal conhecer a Canção Nova, o Seminário Frei Galvão e Campos do Jordão?

O termo “Canção Nova” corresponde ao Cântico Novo, tema que perpassa toda a história da salvação: é o cântico dos remidos, o cântico das mulheres e homens novos para o Mundo Novo. A Comunidade Canção Nova assume o compromisso de ser este cântico para a Igreja e para o mundo e está localizada a aproximadamente 40 minutos de Aparecida.

Frei Galvão foi o primeiro santo brasileiro e em Guaratinguetá, cidade ao lado de Aparecida, é possível visitar, além do Seminário, a Catedral de Santo Antônio e a casa onde o Santo viveu. Lembre-se de levar para casa as pílulas milagrosas!

São somente 70km que separam Aparecida de Campos do Jordão, então aproveite para conhecer essa cidade charmosa considerada popularmente como a “Suíça Brasileira”, graças à sua arquitetura inspirada em construções europeias e pelo seu clima mais frio que a média brasileira.

Devotos ou não, quem visita Aparecida se surpreende!

Depoimento:

Vale a pena percorrer o Caminho do Rosário onde são retratados os cenários dos Mistérios por meio de esculturas. Um verdadeiro museu a céu aberto capaz de proporcionar uma experiência única de paz junto à natureza.

Giuliano Laporta – fisioterapeuta

Camila Dal Forno – médica

AMSTERDAM

17/02/2020 às 11h07

Que tal conhecer uma cidade onde existem mais bicicletas do que habitantes? Amsterdam é mesmo incrível e difícil de descrever. Assim como outras cidades da Europa, Amsterdam possui áreas mais históricas e outras mais modernas, assim atrai os mais diversos públicos.

Comece realizando um city tour pelos canais, há audioguia em português e assim você terá uma boa noção de tudo que envolve essa cidade tão exuberante.

Para quem gosta de cultura, vale fazer uma visita aos museus Van Gogh e Rijks. Arte moderna você encontrará no Moco e no Stedelijk. Se estiver viajando com crianças, vale a pena conhecer o NEMO, um museu super interativo de ciência e tecnologia, de lá é possível visualizar boa parte da cidade.

Outro lugar fantástico, para ter uma visão 360, é o A´DAM Lookout, para chegar até lá você pega um ferry boat gratuito próximo à estação central. O ingresso custa a partir de EUR 14,50. Se curte emoção, conheça o balanço mais alto da Europa. Uma sensação e tanto!

A famosa casa de Anne Frank também se encontra em Amsterdam e pode ser visitada mediante compra antecipada de ingresso.

Aos amantes de cerveja, o museu Heineken Experience te convida a conhecer todos os segredos por trás dessa marca tão desejada no mundo todo. Você também pode organizar seu próprio tour de degustação de cervejas, assim, lembre-se de incluir os bares Brouwerij De Prael, Old Sailor, De Bekeerde Suster e Brouwerij t IJ.

À noite faça uma caminhada pela Red Light District e impressione-se. Em Amsterdam a prostituição é legalizada, bem como drogas leves. Facilmente você encontrará coffeeshops como o Bulldog.

São muitas opções de restaurantes, mas não deixe de provar as deliciosas Pancakes.

Passear de bicicleta é maravilhoso, no trajeto aproveite para conhecer os bairros Jordaan e De Pijp, e as praças Ledseplein, Dam e Rembrandtplein. Faça uma parada para almoço no Vondelpark, lá existe um restaurante bem interessante localizado no antigo prédio do Film Museum, chama-se Vondelpark 3.

Próximo ao parque tem a PC Hooftstraat, que é a rua das grandes marcas de Amsterdam (Hugo Boss, Luis Vitton, Chanel, Dolce & Gabbana, entre outras).

Os hotéis mais afastados do centro costumam ser mais baratos, nesse caso facilita se você optar por algum próximo a uma estação de metrô ou de bondinho elétrico.

Viajar pela Europa de trem é muito fácil e prático, Amsterdam é uma cidade que pode ser visitada juntamente com a outras como Londres, Paris e Bruxelas. Genieten!

“Para quem gosta de compras minha dica é o IJ Hallen, o maior brechó da Holanda com mais de 700 expositores. Você encontrará de tudo. Lembre-se de conferir as datas disponíveis, nem sempre o evento acontece”.

Thaiane Maria @thaianemr – estudante de Design de Moda da UFN

MORRO DE SÃO PAULO

24/01/2020 às 11h09

Morro de São Paulo certamente é um dos lugares mais paradisíacos do Brasil. Está localizado a 60 quilômetros de Salvador, no distrito de Cairú, município do arquipélago de Tinharé, o qual possui 26 ilhas e apenas 3 delas são habitadas.

Não é à toa que chegar até lá não é fácil, mas acredite, vale a pena. Basicamente existem 3 maneiras, a primeira delas é a mais cara e mais rápida: fazer o trajeto aéreo; a segunda é mais acessível e tem duração de 2h30, via catamarã, no entanto pode causar náuseas; por fim a terceira forma de chegar a Morro de São Paulo é semi-terrestre: parte em ônibus ou van e parte de barco, essa viagem pode demorar até 4h.

Numericamente divididas, as cinco praias de Morro de São Paulo oferecem experiências diferentes aos turistas. A primeira é a mais próxima da vila e é nela que chegam os aventureiros da tirolesa, uma sensação incrível para quem gosta de adrenalina. A segunda é a mais badalada tanto de dia quanto de noite, possui diversas pousadas à beira-mar e também restaurantes, ao final dela você pode curtir a sombra dos coqueiros da Ilha da Saudade. Da terceira praia partem barcos de pesca, por isso ela não é tão ideal para banho. Já a quarta tem uma piscina natural magnífica com várias espécies de peixes. Para chegar até a quinta, também chamada Praia do Encanto, você vai precisar caminhar bastante, porém desfrutará de uma natureza praticamente intocada.

Com relação a hospedagem, a maioria das opções são pousadas, mas também você pode escolher hostel, hotel ou resort como o Patachocas. Se quer ficar bem localizado, a melhor opção é se hospedar entre a primeira e a segunda praia. Lá você terá acesso fácil ao mar e também a lojas e à gastronomia.

 

Você acredita que em Morro não existem carros? Os “táxis” são carrinhos de mão e por isso a dica é não levar muita bagagem, apenas o essencial. A ilha conta com estrutura de atendimento médico e a coleta de lixo é bem organizada. Realmente um destino para quem ama sol, mar, natureza e deseja descansar.

Quem preferir conhecer mais o local, poderá fazer o passeio de lancha chamado Volta à Ilha onde passa por Boipeba e oportuniza mergulho em piscinas naturais. Aos que se interessam por história, não deixe de conhecer os monumentos: Igreja Nossa Senhora da Luz, a Fonte Grande, o Casarão, o Farol e a Fortaleza Tapirandu.

Oxe, Morro de São Paulo é um destino imperdível e se quiser encerrar a viagem da melhor maneira possível assista ao pôr do Sol direto do mirante do farol ou da famosa Toca do Morcego, um bar estilo lounge ao ar livre com vista panorâmica do mar. Aproveite!

Depoimento:

O que mais me encantou em Morro foi a recepção das pessoas que vivem lá. Todos muito atenciosos e, apesar de ser um lugar perfeito para descanso, existem festas interessantes como a da Espuma que acontece todo sábado na Pulsar. Divirta-se!

 

Vanessa Damasceno – Arquiteta

BRUXELAS

26/12/2019 às 17h37

Que tal conhecer a capital da Bélgica? Chocolates deliciosos e excelentes cervejas poderiam ser motivos suficientes para querer conhecer Bruxelas, mas a cidade oferece muito mais.

Sede do Parlamento Europeu e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Bruxelas está no caminho entre Paris e Amsterdam podendo ser agregada facilmente em um roteiro pela Europa. Ela possui diversos pontos turísticos históricos, mas também modernos como o Atomium, uma construção em forma de uma molécula gigante, construído para a Feira Mundial de Bruxelas, em 1958. A intenção seria destruir a construção após a exposição, mas acabou virando mais um símbolo da cidade.

Patrimônio da Unesco, é obrigatório a qualquer turista conhecer a Grand Place. Um espaço cercado de prédios bonitos como a Prefeitura Municipal e o Museu da Cidade. Aliás é lá que você encontrará, entre outras coisas, os mais de 900 trajes feitos para Manneken Pis.

A famosa estátua de 61 centímetros de altura, Manneken Pis, representa o bom humor e a liberdade de pensamento por meio da imagem de um menino urinando na bacia de uma fonte. Não se sabe ao certo qual foi o real motivo da criação e por isso diversas histórias são contadas pelos belgas.

Menos conhecida, porém de muita representatividade, a Jeanneke Pis é a versão feminina da estátua, ela foi criada em 1987 e está localizada próxima ao Delirium Café o qual detém o Recorde Mundial do Guinness por ter o maior número de variedades de cerveja, mais de 3 mil rótulos. Este é um extravagante local de encontro de residentes, estudantes, turistas e amantes de cerveja.

A Galeria Saint-Hubert (galeria do rei) foi a primeira galeria coberta na Europa e é composta por três arcadas que seguem uma depois da outra. A decoração é da época renascentista então vale a pena conhecer. Passeando por ali, você encontrará lojas e chocolaterias de brilhar os olhos.

Se quiser ter uma vista linda da cidade, aproveite o alto do Mont des Arts ou os arredores do Palácio da Justiça. O pôr do sol nesses lugares é incrível!

Descendo pelas ruas laterais do Monumento à Glória da Infataria Belga na Guerra Mundial, você passará por galerias e antiquários até chegar à Place du Grand Sablon e a Igreja Notre Dame, uma imponente construção em estilo gótico.

Também no mesmo estilo arquitetônico a Cathedral de Saint Michel e Saint Gudula abre suas portas para visitação.

Para quem gosta de área verde o Parc de Bruxelles é belíssimo. Ele abriga o Palácio Real que está aberto à visitação apenas durante as férias de verão do monarca. O edifício é usado como residência oficial do rei, já que ele e sua família vivem no Castelo Real de Laeken, nos arredores de Bruxelas.

Um pouco mais afastado, mas de fácil acesso pelo metrô, você poderá conhecer o Parc du Cinquatenaire. Construído em 1880 para celebrar os 50 anos da independência da Bélgica, o parque possui um jardim perfeito para caminhadas e piqueniques, além de uma construção que chama a atenção pelo seu tamanho. Nesse local estão o Arco do Triunfo, o Museu da História Militar e o Autoworld, um museu para os amantes de carros.

Esses foram apenas alguns dos incentivos a visitar a Bélgica, aproveite e descubra muito mais!

Depoimento: Ao chegar em Bruxelas já é possível sentir a vibe jovem da cidade. Minha dica é caminhar pela Rue des Bouchers, lá possuem diversos bares e restaurantes. Além disso, não volte para o Brasil sem provar o waffel e as batatas fritas belgas!

Maria Luiza de Bortoli @ma.luna3

Estudante de Design de Moda – UFN

MACEIÓ

05/12/2019 às 09h03

Não é novidade que o nordeste do Brasil proporciona paisagens exuberantes, mas se fosse para eleger a capital que mais se destaca em beleza natural, certamente Maceió seria uma das escolhidas.
O Alagoas é privilegiado quando se trata de praias com água calma e quente graças às barreiras de corais. O verde esmeralda do mar encanta qualquer turista.


As praias de Pajuçara e Ponta Verde são as mais badaladas da cidade, ambas próximas à Feira e ao Pavilhão do Artesanato. Quem preferir surfar ou curtir ondas mais fortes, pode ir até Jatiúca.
Sobre a hospedagem, existem hotéis para todos os bolsos, o que faz com que esse destino seja bastante acessível. A gastronomia também é farta, você encontrará de tudo, só não pode deixar de experimentar o famoso Chiclete de Camarão.
Verdadeiras piscinas naturais podem ser aproveitadas em Maragogi e Paripueira. Lembre-se de levar sua máscara de mergulho e snorkel, vale a pena observar o aquário que se forma em volta de você.


Passeios é o que não faltam e por isso é necessária, pelo menos, uma semana para conhecer os principais atrativos dos arredores de Maceió. O cartão postal do estado é a Praia do Francês que fica no litoral sul e geralmente é feita junto ao passeio panorâmico histórico e cultural, o qual inclui: Museu da Imagem e do Som, Associação Comercial de Maceió, Praça Marcílio Dias, Praça Visconde de Sinimbú, Praça Dom Pedro II, Assembléia Legislativa, Catedral Metropolitana Nossa Senhora dos Prazeres, com breve parada no antigo morro da Jacutinga, atual mirante de São Gonçalo do Amarante, Praça Floriano Peixoto, Igreja Bom Jesus dos Martírios, Palácio do Governo, Teatro Deodoro e Academia Alagoana de Letras.
Ainda no litoral sul, você poderá passar o dia em Barra de São Miguel ou na praia do Gunga, considerada uma das mais lindas do Brasil pelos seus coqueirais e por estar na curva do oceano Atlântico e a Lagoa do Roteiro. Se seguir por mais 30km chegará às Dunas de Marapé uma praia nativa pertencente ao município de Jequiá da Praia. Lá você também poderá contemplar o encontro do rio com o mar e banhar-se em ambos.


Por falar em rio, que tal ir até Piaçabuçu e embarcar até a foz do Rio São Francisco? O Velho Chico já foi cenário de filmes e novelas e certamente vai proporcionar uma experiência inesquecível.
Conheça também o litoral norte. O Hibiscus Beach Club oferece uma estrutura excelente na praia de Ipioca. Assim como São Miguel dos Milagres e praia do Toque que, para quem gosta de sol, mar e uma paisagem incrível, é uma perfeita opção.
Aos amantes de história e de cultura do país, uma visita ao Quilombo dos Palmares é imperdível. Esse é único parque de memória da cultura negra do Mercosul. Não perca!
Por fim, para quem vai, prepare-se para ter o coração roubado e voltar cantando “ai que saudade do céu, do sal, do sol de Maceió”… aproveite!

Depoimento: “Maceió é uma cidade maravilhosa de muito sol e mar. Fico encantada cada vez que visito esse lugar. Para quem gosta de comida típica minhas dicas são os restaurantes: Bodega do Sertão e Casa de Mainha. Espero voltar outras vezes”.
Olga Perico – professora aposentada

CANCUN

21/10/2019 às 09h38

Pensou em Caribe, logo Cancún é lembrada. Localizada em Quintana Roo no México, a cidade é completa. Além do mar azul turquesa e do amplo comércio, há a possibilidade de se realizar diversos passeios como: parques aquáticos, reservas naturais, ruínas de civilizações antigas, cavernas, ilhas e muito mais.

A maioria dos hotéis está localizada na zona hoteleira onde o mar é aberto, portanto agitado. Porém, para os amantes de mar calmo, existem opções como os resorts Dreams Sands e Riu Palace Las Americas. Quem prefere relaxar pode optar por um meio de hospedagem all inclusive como o Grand Park Royal Luxury, se o objetivo é visitar as atrações turísticas sugere-se um hotel com café da manhã como o Fiesta Americana Coral Beach ou Krystal Cancún. O Seadust pode ser uma ótima escolha para famílias com crianças, já o Temptation é exclusivo para adultos. Por fim, se estiver solteiro e a fim de festas, viaje em março e aproveite o Spring Break no Grand Oasis.

É preciso ficar atento a temporada dos furacões que ocorre principalmente de agosto a novembro. Os preços dos serviços podem baixar, porém as chuvas poderão prejudicar sua programação.

As principais ilhas são Cozumel e Isla Mujeres. Lá você encontrará o mar dos sonhos e as perfeitas condições para mergulho. A melhor maneira de chegar a cada um desses lugares paradisíacos é pegar um ferry que sai de playa del Carmen e playa Tortugas, respectivamente. Aliás é em playa del Carmen que você encontrará os souvenirs mais baratos da região.

São tantos passeios que fica difícil escolher qual o mais interessante. O X-Caret é um parque aquático lindo onde você terá a oportunidade de mergulhar em cenotes, cavernas com águas cristalinas sentindo uma energia incrível. Ao final do dia, esse parque oferece um show folclórico que encanta qualquer turista. Se quiser unir história com diversão, Tulum e Xel-Há fazem com que você mergulhe na cultura maia e também aproveite para se divertir. Os parques aquáticos oferecem além da refeição, todo o equipamento para mergulho: snorkel, máscara, pé de pato, colete salva vidas e ainda toalha e armário para guardar os pertences.

Que tal conhecer uma das sete maravilhas do mundo? Então visite Chichén-Itzá, um sítio arqueológico que levará você diretamente aos tempos antigos da civilização maia. A principal atração é a pirâmide Kukulcán, onde as pessoas realizavam jogos com bola entre outras atividades. Importante: neste dia, lembre-se de usar roupas leves, chapéu, protetor solar e beber muita água. Todos os passeios podem ser adquiridos com transporte desde o hotel. A dica é comprar pela internet nos sites oficiais ou diretamente nos pontos de venda em Cancún.

À noite o que não falta é diversão, são vários bares e boates como o Sr. Frogs, o Hard Rock Café, o Carlos’n Charlie’s, a Dady’O e a famosa Coco Bongo com shows imperdíveis! Lembrando que durante a semana os ingressos costumam ser mais baratos. Vale a pena aproveitar. Arriba, muchachos!

Depoimento:

Cancún é incrível, a cor do mar é um azul incomparável. A cidade consegue agradar todos os públicos, tanto os que procuram descanso e beleza natural como os que buscam diversão noturna. Minha sugestão é sair um pouco da Zona Hoteleira, onde abriga os turistas, pegar transporte público e viver as experiências, acredito que esse é o grande segredo e particularidade de uma viagem.

Lucas Cirolini – fotógrafo

@lucascirolini

PORTO DE GALINHAS

24/09/2019 às 09h34
 

A história nos conta que antes de receber o nome de Porto de Galinhas, o local chamava-se Porto Rico. Em 1850 começaram a aportar na área navios trazendo escravos contrabandeados da África, estes vinham nos porões escondidos embaixo de engradados de galinhas d’angola que era a comida preferida da corte. A chegada dos escravos na beira mar era anunciada pela senha: “tem galinha nova no Porto!”. Eis aí a origem do nome Porto de Galinhas.

Há 40 minutos de Recife, na cidade de Ipojuca, Porto de Galinhas possui águas cristalinas e é repleta de maravilhas naturais. O cenário é inspiração para a gastronomia e para o serviço hoteleiro oferecido por pousadas e resorts.

Quem quiser ficar próximo às piscinas naturais, lojas e restaurantes pode optar por uma pousada no centro da vila. Já quem gosta de hotéis estruturados, com piscinas e serviços mais sofisticados, deve escolher um resort como: Enotel, Serrambi Summerville, Nannai, entre outros. Fique atento, pois geralmente o mar é mais agitado nas regiões mais afastadas do centro.

Atualmente, Porto de Galinhas deixou de ser uma simples vila de pescadores e ocupa um espaço importante no turismo pernambucano. Além de diversas opções de hospedagem e alimentação, o turista pode aproveitar um amplo comércio e passeios incríveis.

 

 

A Praia dos Carneiros é uma ótima alternativa para quem gosta de mar calmo e mergulho. Os coqueirais fazem de Carneiros um belo exemplar de praia nordestina.

O passeio às Praias do Cabo de Santo Agostinho é uma junção de catamarã e buggy, a qual oportuniza ao viajante vistas belíssimas do litoral sul. Vale a pena conhecer!

Apesar de a famosa Maragogi fazer parte do estado de Alagoas, está mais próxima de Porto de Galinhas do que de Maceió. Portanto, quem quer ter uma experiência de mergulho nas piscinas naturais em alto mar tem que aproveitar.

Para quem gosta de cultura, o tour por Recife e Olinda é imperdível! No entanto, dessas cidades falaremos mais em outra oportunidade.

“Pronto”, visite Pernambuco, você vai adorar!

 

Depoimento:

“Porto de Galinhas é para todos os seus desejos: praia calma, água morna, compras e diversões em bares aconchegantes.” Carmen Schimitt – professora aposentada.

 

Camila Pascotini Grellmann
Diretora Executiva
Fan agência de turismo
(55) 3214.1015 – 999576919
Site: www.eusoufan.com.br
Endereço: Visconde de Pelotas, 1005. Centro. Santa Maria – RS – Brasil

SÃO PAULO

02/08/2019 às 11h39

A cidade mais populosa do Brasil pode, em um primeiro momento, assustar o turista. Mas não se engane. São Paulo encanta qualquer visitante e tem atrações para todos os gostos. E o melhor, muitas delas são gratuitas como o Museu de Arte de São Paulo (MASP) às terças e o Museu de Arte Moderna (MAM) aos sábados.

Além disso, não custa nada caminhar pelo centro da cidade e visitar o Centro Cultural Banco do Brasil, o Museu da Bovespa, a Catedral da Sé, o Mosteiro São Bento, a Estação da Luz e a Pinacoteca. Termine a visita no Mercado Municipal e desfrute do clássico sanduíche de mortadela.

Para quem gosta de compras, existem centenas de shoppings centers, porém vale aproveitar as ruas 25 de Março, Oscar Freire, José Paulino, Santa Efigênia, entre outras.

Não pense que São Paulo é uma selva de pedras. O Parque Ibirapuera, por exemplo, é uma ótima oportunidade para quem busca tranquilidade. Um espaço de natureza e arte imperdível. Quer mais? Você pode visitar o Jardim Botânico, o Parque do Povo, o Parque da Independência, o Parque da Água Branca, o Parque Buenos Aires, o Horto Florestal e o Parque Cantareira, onde se tem uma vista linda no topo das trilhas.

Quando se trata de gastronomia, essa é uma das melhores cidades para se visitar no Brasil. São milhares de restaurantes e bares espalhados por São Paulo. Experimente caminhar pela Rua Augusta ao anoitecer, almoce uma “feijuca” em um fim de semana na Vila Madalena, só não deixe de provar os famosos: pão na chapa e pastel de feira, verdadeiras delícias!

Sempre movimentada, a Avenida Paulista aos domingos é ainda mais interessante. Fechada para os pedestres, quem a percorre aproveita muita música e diversão. Alugue uma bicicleta ou patinete e a conheça de ponta a ponta. Faça uma parada no Itaú Cultural, Centro Cultural Fiesp, Japan House, Casa das Rosas, Livraria Cultura no Conjunto Nacional, uma das maiores do país.

Ver a cidade de um outro ângulo também é possível. Alguns edifícios proporcionam uma panorâmica incrível, são eles: Farol Santander, Itália, Copan e Martinelli. Se preferir curtir a paisagem tomando um drink, o hotel Unique oferece o Skye Restaurante & Bar.

Durante o ano a capital paulista acolhe eventos de todos os tipos sejam eles culturais, técnico-científicos, de entretenimento ou de negócios. Unir o útil ao agradável pode contribuir ainda mais para o sucesso da sua viagem, então programe-se. São Paulo te receberá de braços abertos, partiu?

Depoimento:

São Paulo possui lugares que lembram o resto do mundo pela arquitetura e tradições preservadas. Conhecida pela vasta opção de diversão noturna, a cidade atrai pela sua diversidade, aliás, ela é um dos melhores destinos LGBTs do país. Ao meu ver, alguns locais são inevitáveis como o Beco do Batman. Vale a pena conhecer a cidade que não dorme!

Gabriel Durgante – acadêmico de Direito

PARIS

11/06/2019 às 11h04

Pensou em Europa, então lembrou de Paris. A Cidade Luz, como é mundialmente conhecida, encanta qualquer visitante. Para quem viaja acompanhado, ela será romântica; para quem viaja com os amigos, ela será divertida; para quem viaja com a família, ela será inesquecível; para quem viaja sozinho, ela será acolhedora. Paris para todos os gostos, qualidade é o que não falta.

Dividida em 20 arrondissements, quanto mais baixo o número do bairro, mais centralizado e próximo aos atrativos turísticos ele é. Por exemplo, o primeiro engloba o Museu do Louvre e a Catedral de Notre Dame.

Se locomover de metrô é certamente a maneira mais eficaz, mas não deixe de fazer uma bela caminhada pela cidade. Experimente subir as ladeiras de Montmartre até chegar a esplendorosa Sacré Coeur, lá o pôr do sol é incrível! No caminho, via rue Lepic, passe pelo Le Deux Moulins, o café do filme Amelie Poulin, pela casa onde viveu Picasso e outros artistas e pela Le Grenier à Pain, onde você poderá comer uma das melhores baguetes de Paris.

Outro trajeto que vale a pena fazer a pé é ir do Arco do Triunfo até a praça Concórdia passando pela Avenida Champs Élysées, o Jardin des Tuileries e a Ponte Alexandre III. Tudo muito lindo em qualquer época do ano.

Os bairros Montparnasse e Le Marais são também super charmosos e valem a pena conhecer. A vista panorâmica da cidade, no alto da Torre Montparnasse, é magnífica. Aliás, opções é o que não faltam conhecer Paris de cima: Arco de la Défense, Torre Eiffel, Arco do Triunfo, entre outras.

Quem quiser eternizar o amor pode deixar um cadeado na Ponte Neuf ou renovar os votos em uma das centenas de igrejas espalhadas pela cidade como a Madeleine, Saint Germain des Prés, Saint Sulpice, Sainte Chapelle.

Todos os sábados, domingos e segundas-feiras acontece o Marché aus Puces (Mercado das Pulgas). Prepare-se, você vai encontrar de tudo!

Aos que viajam com criança, a Disneyland torna os sonhos, realidade. Aproveite!

Atrações nessa cidade é o que não faltam. Que tal um piquenique nos Jardins de Luxemburgo ou uma visita intelectual pela Univerisade Sorbonne?

Se ficar mais tempo pela França, organize-se para um passeio ao Palácio de Versailles que fica a uma hora da capital. Construído pelo rei Luís XIV, o “Rei Sol”, a partir de 1664, foi por mais de um século modelo de residência real na Europa, e por muitas vezes foi copiado.

Encante-se, Paris te espera. Au revoir!

DEPOIMENTO:

“Nós simplesmente amamos Paris. Superou todas as nossas expectativas. Se existem dois passeios imperdíveis são o espetáculo Moulin Rouge e o passeio de barco Bateaux Mouches. Certamente, voltaremos! ”

Rosilaine e Wagner La Rocca – empresários

CARTAGENA, DEPOIMENTO DOS VISITANTES

23/04/2019 às 15h03

 

“Falar de Cartagena das Índias é falar de um lugar seguro, de um lugar onde você encontra pessoas educadas, atenciosas, acolhedoras e alegres. Essas características, aliadas às belezas naturais e o conforto das acomodações, propiciam um excelente astral, perfeito para quem quer conhecer uma bela cidade.”

Andreia Moraes -Psicóloga e Carlos Moraes – Promotor de Justiça.

Confira a matéria completa sobre Cartagena clicando na foto.

CARTAGENA

23/04/2019 às 08h43

Declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, Cartagena é mais um lugar que encanta.

O centro histórico, conhecido como Cidade Amuralhada, possui diversas opções de entretenimento, hospedagem e gastronomia, além de atrativos como o Palácio da Inquisição e a Torre do Relógio.

Cada bairro possui peculiaridades que valem a visita. O charmoso Getsemani convida você a se perder pelas calles e contemplar as paredes grafitadas. Encontram-se nessa região o famoso café Juan Valdez e restaurantes como La Casa de Socorro e La Mulata. Aproveite para provar a limonada de coco e os patacones, comida típica local.

Já Bocagrande é a parte mais moderna da cidade, nessa região estão os hotéis mais estruturados e shoppings centers. Você pode optar por se hospedar à beira-mar e ter uma vista linda da praia. Agende um jantar no Crepes & Waffles, é uma delícia!

Se tem algo que você precisa fazer é assistir ao pôr do sol visto do Café del Mar. Um verdadeiro espetáculo da natureza.

Para quem gosta de praias paradisíacas as melhores opções são Playa Blanca e Isla del Rosário. Que tal alugar uma lancha e fazer um passeio exclusivo?

Castillo San Felipe de Barajas é a maior obra militar espanhola no Novo Mundo e está aberto a visitações o ano todo. O ideal é ir pela manhã ou final da tarde, porque o calor pode ser desgastante.

Outro local interessante e que te permite conhecer a cidade é o Convento Santa Cruz de La Popa: o ponto mais alto de Cartagena.

Por fim, são inúmeras as lojas para admirar e adquirir as esmeraldas colombianas. Você encontrará joias lindas e com preços atraentes.

Vale lembrar que, todo sábado, a partir do porto de Cartagena, saem cruzeiros all inclusive para o Caribe. Uma ótima oportunidade para conhecer praias de Aruba, Curaçao, Bonaire, Jamaica e Ilhas Cayman.

Cartagena das Índias espera por você. Hasta luego!

 


CARTAGENA: DEPOIMENTO DOS VISITANTES

 

“Falar de Cartagena das Índias é falar de um lugar seguro, de um lugar onde você encontra pessoas educadas, atenciosas, acolhedoras e alegres.

Essas características, aliadas às belezas naturais e o conforto das acomodações, propiciam um excelente astral, perfeito para quem quer conhecer uma bela cidade.”
Andreia Moraes -Psicóloga

Carlos Moraes – Promotor de Justiça.

 

 

RIO DE JANEIRO

26/02/2019 às 10h57

Que o Rio de Janeiro continua lindo, isso todo mundo já sabe.
E, sim, a cidade é mesmo maravilhosa!
Uma mistura de prédios, morros, praias, favelas.
Tudo reunido em um único lugar.
Um dos destinos mais visitados do mundo,
o Rio de Janeiro encanta com a sua diversidade.
Existe atração para todos os gostos.

Para quem curte bares e festas, os bairros oferecem várias opções. Em Copacabana, destacam-se: Pavão Azul, Sindicato do Chopp, Pub Mud Bug, entre outros. Em Ipanema, o famoso Bar e Restaurante Garota de Ipanema é uma boa pedida. O Boteco Belmonte também é ótimo e pode ser encontrado em várias partes da cidade.

Sindicato do Chopp
Bar e Restaurante Garota de Ipanema

Se quiser encontrar artistas, a sugestão é o restaurante Braseiro da Gávea. No mesmo bairro, vale estender a noite no Bagatelle, aparentemente o local oferece um jantar romântico à luz de velas, mas, quando você menos espera, inicia uma balada super animada.

Restaurante Braseiro da Gávea

E que tal a Lapa? Para quem quer assistir um show, vale verificar a programação do Circo Voador. Aos sambistas, ficam as dicas dos bares: Carioca da Gema, Bar da Lapa e o inigualável Rio Scenarium, mais que um bar, um museu com peças extraordinárias.

Bar Circo Voador

Se tiver a oportunidade, participe de um ensaio de escola de samba, é tudo muito organizado e as batidas da bateria farão com que você nunca mais esqueça do Rio.

Na Lagoa existe um complexo chamado Laggon, com cinemas e vários restaurantes. Tem uma varanda e uma vista linda para a lagoa Rodrigo de Freitas. Lá é legal ir no entardecer, ver o dia virar noite e jantar.

Para quem prefere cultura e arte, o centro da cidade oferece diversos atrativos como o Teatro Municipal, a Biblioteca Nacional, o Museu de Belas Artes, o Centro Cultural Banco do Brasil, a Igreja de Nossa Senhora da Candelária, o Museu de Arte do Rio, o futurista Museu do Amanhã e o Boulevard Olímpico com as obras do artista Kobra. Lembrando que toda terça-feira a entrada é gratuita nos museus da cidade.

Teatro Municipal

Quem gosta de esporte deve aproveitar e assistir um jogo no Maracanã ou se preferir alugar uma bicicleta e pedalar pela orla de Copacabana, ou, ainda, jogar vôlei de areia. Um ótimo jeito de fazer amigos.

Maracanã

E como não citar os passeios clássicos e imperdíveis dessa cidade? Cristo Redentor, Pão de Açúcar, Jardim Botânico, Parque Lage, Floresta da Tijuca, Arcos da Lapa, Escadaria Selarón, Sambódromo, Copacabana Palace Hotel, Forte de Copacabana, Pedra do Telégrafo, Pedra da Gávea, Vista Chinesa… enfim, é preciso, pelo menos, uma semana para conhecer um pouco do que o Rio de Janeiro oferece.

Pôr do sol em Ipanema

Se ainda houver fôlego, emocione-se com o pôr do sol na Pedra do Arpoador com uma vista linda para o Morro Dois Irmãos.
O Rio te espera. Aquele abraço!

 

Depoimento:
Povo alegre, paisagens belíssimas e muita história foi o que encontramos na Cidade Maravilhosa. O Rio de Janeiro sempre esteve no topo da minha lista de cidades para conhecer e não me arrependo. A cidade ultrapassou nossas expectativas.
Keila Marques, 26 anos, Jornalista.

DIVERSIDADE E AUTENTICIDADE NA CULTURA E NA NATUREZA

18/12/2018 às 00h48

Diversidade e autenticidade na cultura e na natureza. O Peru é um destino realmente incrível e difícil de descrever.

Entre as principais atrações de Lima encontram-se: Plaza Mayor, Catedral, Palácio de Governo, Igreja e Convento San Francisco e Casa da Gastronomia Peruana. A capital é referência em circuitos gastronômicos e vale a pena provar alguns pratos típicos como: Olluquito con charqui, Ají de Gallina, e o esquisito Cuy, uma espécie de porquinho da Índia. Fora da cidade ainda é possível conhecer o Complexo Arqueológico de Pachacámac e a Cidade Sagrada de Caral, a civilização mais antiga da América.

Plaza del armas Cusco

O departamento de Cusco certamente é o mais procurado pelos turistas. Além da cidade que leva o próprio nome, as visitas ao Vale Sagrado e Machu Picchu são imperdíveis. A cidade de Cusco oferece ótimas opções de hospedagens, restaurantes, bares e passeios.

É preciso estar atento aos efeitos da altitude, por isso recomenda-se deixar o primeiro dia livre para adaptação. Os chás de coca e muña poderão ajudar. Como atrativos turísticos destacam-se: Qorikancha, também conhecido como El templo del Sol, Convento de Santo Domingo, Catedral, Plaza de Armas, e os complexos arqueológicos: Sacsayhuaman, Qenko, Puka Pukara e Tambomachay. Para quem gosta de curtir a noite as dicas são: Mama Africa e Republica del Pisco. Por sinal, não é possível voltar do Peru sem provar os famosos Pisco Sour, Chicha Morada e Inca Kola.

Ainda na região de Cusco, o Vale Sagrado encanta. Para fazer o circuito você vai precisar do boleto turístico que dá acesso às ruínas de Chinchero, Ollantaytambo, Moray e Pisaq. Em um mesmo dia você ainda poderá conhecer as Salineras de Maras e almoçar em Urubamba. Cada um desses sítios arqueológicos possui sua particularidade e, por isso, todos merecem ser conhecidos.

Para chegar a Machu Picchu Pueblo, também conhecido como Águas Calientes, é preciso pegar um trem em Ollanta. Durante aproximadamente 2 horas você ficará deslumbrado com a natureza. Chegando lá, ainda será necessário pegar umnibus que, durante 25 minutos, levará você para o alto da montanha. Uma obra prima da engenharia e arquitetura, acredita-se que Machu Picchu serviu como um santuário e residência de descanso para o inca Pachacútec. Machu Picchu, que significa “Montanha Velha”, é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e uma das novas sete maravilhas do mundo.

São muitos atrativos que o Peru oferece. Além das linhas de Nazca em Ica, vale do rio Colca em Arequipa, Puno é outra cidade que possui agradáveis surpresas. De Cuzco a Puno é possível pegar um ônibus turístico o qual fará paradas estratégicas: Andahuaylillas (Iglesia de San Pedro – conhecida como a capela sistina andina), Raqchi (El Templo de Wiracocha), Sicuani, La Raya, Pukara (Museo Lítico). Por fim, saindo de Puno você poderá navegar pelo Lago Titicaca e conhecer as ilhas de Uros e Taquile. Certamente uma das experiências mais inesquecíveis que você viverá.

Depoimento:

“Essa viagem me proporcionou uma experiência única e gratificante. Para mim foi como se fosse a libertação de todas as minhas inseguranças e medos de estar em um país diferente. O Peru, foi escolhido para ser a primeira viagem internacional da minha vida e não poderia ter sido mais maravilhosa. A riqueza cultural absurda e as belezas que passavam por nossos olhos a todo momento transmitiam uma energia e uma força espiritual muito intensa, as quais mudaram a minha visão de mundo não só como pessoa, mas também como fotógrafa.”
Taíssa Uggeri – Fotógrafa   

SALVADOR ESPERA POR VOCÊ

29/10/2018 às 16h04

“Oxente, mainha”! A capital baiana é um misto de cultura, história, praia, e o que não falta é alegria. Com opções para todos os gostos, Salvador encanta qualquer turista. A começar pelo Pelourinho, onde se concentra o centro histórico da cidade, a Terça da Bênção é parada obrigatória. Após a missa afro na Igreja da Ordem Terceira do Carmo, shows acontecem no entorno. Vale a pena verificar a programação dos ensaios do Olodum. É incrível!

Ainda no “Pelô”, não deixe de provar o Cravinho, uma bebida típica constituída de cachaça, mel, cravo e limão. Além disso, visite a Igreja e Convento de São Francisco. Suas estruturas foram construídas nos séculos XVII e XVIII e hoje é uma das sete maravilhas de origem portuguesa no mundo.

As expressões do Barroco Brasileiro impressionam, sobretudo, na parte interna da igreja. Outro atrativo imperdível é a Igreja Nosso Senhor do Bonfim, localizada na Sagrada Colina. São milhares de fitinhas amarradas ao redor da igreja, faça seu pedido. Para quem tem fé, tudo é possível!

Assim como o Elevador de Santa Justa em Lisboa, o Elevador Lacerda é digno de ser admirado. Inaugurado em 1873, foi o primeiro elevador urbano do mundo e o mais alto na época. Ele funciona como transporte público e liga a Praça Tomé de Sousa, na Cidade Alta, à Praça Cayru, na Cidade Baixa. Lá embaixo, você pode aproveitar para conhecer e adquirir suas lembranças e artesanatos baianos no famoso Mercado Modelo.

“Livre, leve, solta e no Pelourinho. Com a bênção de São Francisco e a energia do Senhor do Bonfim, foram dias inesquecíveis regados a água de côco, moqueca de camarão, acarajé e vatapá. Para completar, caminhadas no farol da Barra e comprinhas no Mercado Modelo dão o tom de Salvador”. Da relações públicas Fabiana Pereira, que esteve visitando Salvador.

Aos que preferem sol e mar, a sugestão é a praia do Farol da Barra. Além de linda, tem um pôr do sol de tirar o fôlego. Mais ao norte, a Praia do Forte e o Projeto Tamar são passeios maravilhosos.

Por fim, “não deixe o samba morrer” e aproveite a noite no Botequim São Jorge. Salvador com seu axé e acarajé esperam por você. Um “xêro”!

PORTUGAL: UM PAÍS APAIXONANTE

13/09/2018 às 10h21

Os motivos para se apaixonar por Portugal são tantos e tão fortes que a visita pode acabar sendo uma jornada de volta para casa, mesmo para aqueles que não descendem de portugueses. Viajar por Portugal é muito simples e o idioma em comum ajuda muito. Deslumbre-se com os azulejos e vielas de Lisboa, surpreenda-se com a rica gastronomia do Alentejo, embrenhe-se nas adegas do Porto e perca-se na incrível paisagem rural do interior.

Em Évora estão as marcas dos romanos, em Fátima, os mistérios católicos. Uma esticada a Sintra nos deixa diante de três Patrimônios da Humanidade, tão encantadores e distintos entre si: o castelo mouro, o extenso palácio nacional e o romântico palácio da Pena.

Portugal também é um ótimo destino para crianças. Esta é uma ótima oportunidade para elas conhecerem um país estrangeiro com vários pontos tangenciais junto à nossa história, como o Palácio de Queluz, onde nasceu e morreu Dom Pedro I. O Oceanário de Lisboa também é parada obrigatória.

Deslumbre-se com os azulejos e vielas de Lisboa, surpreenda-se com a rica gastronomia do Alentejo, embrenhe-se nas adegas do Porto e perca-se na incrível paisagem rural do interior.

De volta a Lisboa, antes da obrigatória passagem pelo Mosteiro dos Jerônimos e a Torre de Belém, reconforte-se com um copo de café com leite e dois ou três (ou quatro) pastéis de nata.

Conheça esse país tão acolhedor e cheio de histórias para contar. Não perca um só detalhe quando estiver em solo Lusitano, ou em qualquer cidade portuguesa que seja. Viva as belezas e as histórias deste lugar mágico.