Revista Statto

TAA – TERAPIA ASSISTIDA POR ANIMAIS

29/06/2020 às 08h52

Muitas pessoas que conhecemos tem um animal de estimação em casa. Geralmente os animalzinhos entram na nossa casa, por desejo dos nossos filhos pequenos. Outros muitas vezes entram, por estarem abandonados…. Quando criança, lembro que adotamos um gatinho filhote, e desde então nunca saiu (até falecer). Esse filhote estava abandonado, perdido, e não teve outra alternativa que: ficar com o gatinho. Papai na época deixou. E nesta mesma época tínhamos um cachorrinho também, ambos cresceram juntos, tornaram-se amiguinhos, ao ponto de dormirem juntos na mesma casinha. Esta foto ao lado, é a Pantera, minha cachorra atual com 2 anos de idade, minha companheira. rsrs

A Terapia Assistida por Animais (TAA) é um método de terapia eficaz para muitas pessoas, portadores de necessidades fisicas, especiais e transtornos mentais. é uma prática realizada por profissionais da área de saúde, com o objetivo de promover o desenvolvimento físico, psíquico, cognitivo e social dos pacientes (DOTTI, 2005; MORALES, 2005).

QUAIS ANIMAIS?

Por ser fácil adestramento, maior aceitação por grande parte das pessoas, os cães são os animais mais utilizados nas praticas do TAA. (MORALES, 2005). Os cavalos são bastante utilizados nas terapias com pessoas com problemas de desenvolvimento, posturas, ortopédicas, desordens neurológicas e comprometimento mentais.

INDICAÇÃO

Além dos problemas de desenvolvimento citados anteriormente, a indicação é que pessoas com distúrbios de comportamento, autismo, esquizofrenia e psicoses; comprometimentos emocionais, deficiências visual e/ou auditiva, distúrbio de atenção, de aprendizagem, de percepção, de comunicação e de linguagem, de hiperatividade, além de problemas como insônia e estresse (DOTTI, 2005). O trabalho exige uma equipe multidisciplinar, composta por médicos veterinários, psicólogos, médicos, enfermeiros, assistentes sociais e terapeutas ocupacionais, capacitados para escolher o método adequado, acompanhar as atividades e o bem-estar dos animais e dos pacientes (SAN JOAQUÍN, 2002).

BENEFÍCIOS

Durante a TAA há produção e liberação do hormônio endorfina no corpo do paciente, o que resulta sensação de bem-estar e relaxamento, assim como diminuição na pressão arterial e no nível do hormônio cortisol (DOTTI, 2005). Os benefícios nos pacientes podem ser físicos e mentais, pela inibição da dor e estímulo à memória, assim como sociais, pela oportunidade de comunicação, sensação de segurança, socialização, motivação, aprendizagem e confiança, além de diminuir a solidão e a ansiedade; recuperar a autoestima, desenvolver sentimentos de compaixão e estimular a prática de exercícios (SAN JOAQUÍN, 2002; MORALES, 2005).

SAN JOAQUÍN, M.P.Z. Terapia asistida por animales de compañía. Bienestar para el ser humano. Temas de Hoy, p.143-149, 2002.

MORALES, L.J. Visita terapéutica de mascotas em hospitales. Revista Chilena Infectología, v.22, n.3, p.257-263, 2005.

PORTAL EDUCAÇÃO – Cursos Online: Mais de 1000 cursos online com certificado

http://www.portaleducacao.com.br/veterinaria/artigos/57020/terapia-assistida-por-animais-beneficios-e-responsabilidades#ixzz47cLYm0SI

MOTIVAÇÃO – MUDANÇA DE HÁBITOS

15/04/2020 às 17h39

Como somos humanos mais estranhos da face da terra. Uma hora sentimos motivados a fazer algo, de repente essa motivação se acaba. Da onde veio exatamente essa vontade de fazer as coisas, antes de desistir? Lembro-me de um vídeo que vi sobre neurociência, falando do cérebro, em que ele, não foi feito para gastar energia, e sim para poupar.  Quer ver o vídeo, clique ->  Cérebro e a Neurociência

Para isso, preferimos criar o piloto automático a criar novas alternativas. Vivemos em um comodismo nunca visto antes. Sim, vivemos em um comodismo como nunca vimos antes! E todo mundo tem um comodismo, escondido dentro de si. Já pensou qual é seu comodismo atual?

É como um rio que corre pelo mesmo caminho, o cérebro tem essa mesma tendência, de reagir do mesmo jeito, afirma Paulo Knapp. Por isso especialista alertam a importância de sair da rotina, ciar novos hábitos, fazer aquilo que antes não tinha costume de fazer. E isso é algo positivo para nossa vida pessoal, social e familiar.

Ora o hábito é pra facilitar nosso dia a dia, e sempre buscaremos isso, mas as vezes sair da rotina e realizar algo novo, o cérebro sempre irá agradecer, pois contribuirá para surgimento de novas redes sinápticas, que ajudará na plasticidade neural, que é mudar, adaptar-se ao novo, na qual é a capacidade do cérebro. É possível sim sair da rotina. Experimente.

A falta de motivação está basicamente ligada a isso, a forma com lidamos no nosso dia a dia… Se eu não tiver uma AÇÃO diferente, será difícil ter motivação.

O hábito para mudança tem três dimensões: a ação em si, a recompensa e um gatilho que leva a um comportamento, segundo Callabrez. Já o Maslow, psicólogo norte-americano, se coloca também, ao dizer sobre as necessidades do homem, na qual cada necessidade é motivada para tal conquista. Veja a baixo, a Pirâmide de Maslow como ficou conhecida, pela Teoria da Hierarquia das Necessidades Humanas.

A MELHOR VERSÃO DE SI

05/04/2020 às 11h47

As crenças limitantes, cercam completamente, o indivíduo que não consegue chegar ao seu estado desejado, ou, a uma melhor versão de si mesmo.

Não adianta interceder e mostrar argumentos que, se continuar pensando e agindo na mesma forma, não vai o ter resultados diferentes.

É necessário esforço físico e emocional. É necessário criar hábitos novos e o cérebro se acostumar com essa rotina.

Não adianta fazer a mesma coisa e querer resultados diferentes! Acorde!

Se você não se preocupar com o seu futuro, e sua melhoria de qualidade de vida em todos os aspectos, ninguém fará isso por você.

Não adianta cismar pelo mesmo comportamento e, obter resultados diferentes. Isso só vai tardar sua produtividade e diminuir a sua reputação.

Reputação porque o cérebro nos cobra a fase da vida. E quando essa cobrança vem, sobressai o desânimo, a frustração, que poderia ter sido evitado, alterando seus pensamentos e emoções, acerca dos acontecimentos da vida.

Exemplos clássicos:

– Se não quer sofrer acidente de trânsito, observe mais a via, sua velocidade.  Seja mais atento.

– Se não quer ser demitido, trabalhe mais, mostre resultados, seja prestativo.

– Se não quer pegar corona vírus, se proteja, se higienize frequentemente, mesmo você que precise ainda trabalhar.

Outros, aproveitem a quarentena.

Pare com vícios destruidores mentais. Aproveite a crise e potencializa seu comportamento positivos.

Seja mais. Você consegue. Pense mais. E tenha resultados melhores.

Não deixe para amanhã, pense e faça agora, seu planejamento de vida! Se construa!

O IRREAL SENTIDO NA PELE – CORONAVÍRUS

21/03/2020 às 15h43

O mundo passa por inúmeras transformações. Desde a sua criação, o que alguns a chamam de “A Grande Explosão” (Big Bang), Guerras Territoriais, Mudanças drásticas na economia, o que não está sendo diferente nos dias de hoje. Mais uma vez estamos vivendo uma grande mudança, drástica, na qual não esperávamos. Mas o que não imaginávamos é viver de perto o que estava longe, o tal do Coronavírus. Me parece que a década de 90 em diante, jamais teve um impacto mundial tão grande como este.

O SINAL

Pelo relato de agentes da saúde de todo o mundo, alguns alegam estar vivendo o sinal apocalíptico, por nunca ter vivido isso antes. Já outros religiosos, proferem versículos bíblicos, que Deus está castigando o povo, como diz Isaías 26:20. Muitas e inúmeras alegações estão correndo pelo mundo todo através das redes sociais e diferentes canais de mídias.

QUARENTENA

Alguns acreditam que é necessário o isolamento, evitando aglomerações. Outros já não acredita tanto nisso, não se importando com a ida ao Hiper e Supermercados lotados. Os que conseguiram a tempo, usam máscaras, outros se previnem até com as luvas. Tudo isso para não se proliferar o vírus.

Alguns canais de Veneza se despoluíram com a ausência dos humanos. Dizem até que a poluição do ar diminuiu por causa da quarentena ao redor do mundo e das cidades mais atingidas do Coronavírus.

Várias regras ao redor de cada país e estado estão sendo tomadas, para que se evitem a propagação do vírus. Fronteiras sendo fechadas. Comércios fechados. E para aliviar um pouco a tensão, moradores de apartamentos, cantam pelas janelas uns com outros, evitando um pouco do isolamento, e juntos clamam pelo fim desta catástrofe, na qual não temos o controle.

Na quarentena, alguns profissionais estão trabalhando em suas casas (ou tentando, risos), outros, adotaram atendimento e/ou entrevistas online no lugar do presencial. Comércios fechados. Alguns setores de empresas pararam por tempo indeterminado, porque não se sabe até quando vamos nos submeter a esse vírus.

DOENÇAS

Alguns transtornos mentais, como Síndrome do Pânico, Ansiedade Generalizada, Depressão, Fobias, bipolaridade, Esquizofrenia, Borderline e etc … estão sendo intensificadas com toda essa mudança do estilo de vida do indivíduo. Médicos e enfermeiros se arriscam para cuidar de outras vidas, alguns adquirem um estresse tão alto que ficam doentes, intensificando a Síndrome de Burnout, devido ao esgotamento físico e mental intenso.

Realmente a vida está virando um caos.

NOVOS HÁBITOS

Para amenizar o hábito desta nova rotina, a do isolamento, alguns até brincam, fazem piadas, riem de forma não preconceituosa, mas para não ficarem loucos, presos em suas casas, mas além destas estratégias, e necessário adotar algumas mais sadias, como aproveitar e estudar online, fazer crochês, ver mais filmes que notícias trágicas sobre a pandemia.

É saber dos riscos que se tem, se informar, prevenir, mas não focar apenas na pandemia. Somos criativos, não é? Podemos tirar de letra como sobreviver na quarentena.

Há também os que exercem o lado humano e solidário. Jovens se prontificam sem custo algum, a ajuda comunitária, como ir ao supermercados e farmácias no lugar dos mais velhos, para não serem atingidos pelo vírus.

Novos hábitos estão sendo tomados, como a higiene nas mãos e no ambiente, sendo intensificada a cada momento, a cada notícia na TV ou redes sociais. Falta de mercadorias nas prateleiras de farmácias e supermercados, filas enormes, alguns até estocam mercadorias, prevendo o pior.

Ah, não vamos esquecer que, por detrás desta grande tragédia, existem os que se curaram. Apesar de já termos registros de +11 mil pessoas, temos também os que se recuperaram.

O que não imaginávamos passar, estamos sentido na pele.

Muitas coisas ainda podem mudar. Vamos fazer a nossa parte!

Vamos nos prevenir.

 

DIA DO JOVEM, ADOLESCÊNCIA

12/03/2020 às 08h12

É uma fase de desenvolvimento, que está acima que qualquer faixa etária, e muitos pais e adultos que já passaram por isso anteriormente, e hoje não conseguem lidar com essa fase com seus filhos. Os pais antes de tudo precisam estar atentos no diálogo com seus filhos.       A Família é o primeiro grupo que o indivíduo é inserido, e depois os grupos tende a aumentar, indo para a escola, onde se formará outro vinculo para qual aonde eu me identifico como pessoas, gostos, etc. Se eu tenho falha no diálogo em casa, a individualização tomara conta, e eu buscarei contato afetivo fora de casa, onde eu não tive quando precisei.

Cuidar de um adolescente envolve observar suas fases e mudanças sejam físicas, cognitivas, sociais e isso implica em um cuidado multiprofissional, onde existem pediatras, psicólogos, ginecologistas, que atuam na área da saúde deste indivíduo para acompanhar o desenvolvimento sadio. Tudo o que é feito precocemente, evitará problemas maiores mais para frente.

A tecnologia é outro fator importante na vida do adolescente, nascidos na década de 90, que coincide com o surgimento da internet, faz com que haja uma aceleração no desenvolvimento de crianças e adolescentes, aceleração no pensar.

ZAP ZAP (WHATSAPP) – DEFININDO PRIORIDADES

28/02/2020 às 09h04

Você percebe como a tecnologia hoje em dia está invadindo nossas casas, nossas crianças, nossos adultos, a nós mesmos.

Quantas vezes nos pegamos com o celular quase que 24 horas ao dia, criamos a expectativas de alguém vir falar conosco, e se alguém não falar conosco, nós acabamos criando um diálogo com alguém, nem que seja, em algum grupo de WhatsApp.

Quantas vezes a tecnologia em geral por meio dos Smartfones, tablets, Ipod, Ipad, tem estado nas mãos de crianças, e isso tem dificultado o desenvolvimento psicomotor nestas crianças. A importância do brincar fica de lado, para estar conectado ao mundo virtual. Nas escolas, onde deve ser um lugar de aprendizado tanto intelectual como da motricidade, a criança tem estado com seus celulares conectados virtualmente.

Quantas vezes, famílias tem perdido a comunicação verbal com seus membros familiares, por causa da dependência do celular, tornando-se um vício, que chamamos de dependência tecnológica.

Até quando, e até aonde vai, com que essa tecnologia vai nos prender a ela, ao ponto de prejudicar nossa comunicação com família, amigos.

Lógico que ter internet, celular, é fantástico… e ainda o Brasil tende a crescer ainda mais em comparação com outros países como América do Norte e países da Europa, em questão de telefonia e internet, e mesmo com essa telefonia escassa no Brasil, nos deixamos ser controlados por ela.  É incrível que esta tecnologia tenha chegado até nós, até para facilitar também a comunicação virtual, diminuir a distância, que é importante, mas devemos tomar cuidado que, tudo o que é exacerbado, ao ponto de tornar-se um vício, acaba prejudicando a comunicação familiar, a rede de amigos pessoais causando assim falta de afeto, contato pessoal, falta de valores pessoais, e individualidade.

Quantas vezes dormimos com o celular na mão até ver a última mensagem, e ao acordar, a primeira coisa é ver se tem mensagem pendente para ler?

Quantas vezes estamos em um barzinho com amigos e todos da mesa, estão com o celular na mão?

Quantas vezes almoçamos, jantando, ou tomando café, verificando nossos e-mails, mensagens de pacientes, parentes e amigos.

O que nos falta é planejamento e identificar as prioridades para nosso dia a dia para darmos conta de todos os afazeres programado no dia e que muitas vezes não damos conta por causa do WhatsApp.

Tenho relato vários pacientes que conversa com seus membros da família pelo Messenger do Facebook e WhatsApp, estando eles morando na mesma casa, tendo contato físico todos os dias, mas sendo impedido por este vício.

Tem jovem que tem mais amigos virtuais que amigos reais.

Tem jovem que tem amor virtual platônico, que amor real e verdadeiro.

A tecnologia foi criada ao nosso favor e não contra nós. Devemos usar sim a internet, a tecnologia, os celulares, mas para facilitar nosso dia a dia, em várias áreas da nossa vida, mas que ela nunca ocupe o lugar precioso que é o contato humano.

Vamos realmente nos cuidar e nos proteger daquilo que nos afeta emocionalmente, e lhe garanto que tudo o que é exacerbado é perigoso no quesito das redes sociais ou qualquer outra situação.

Uma grande dica que dou a vocês, que se identificaram com este vídeo, assim como eu, é que nos falta planejamento e identificar prioridades para nosso dia a dia para darmos conta de todos os afazeres, e que muitas vezes o famoso zap zap (WhatsApp) impede.

Temos um dia com grande ocupação, mas pouca produtividade, porque não priorizamos as tarefas do nosso dia a dia, e no fim da noite, nos frustramos quando pensamos que não executamos tudo o que precisávamos.