Revista Statto

FELIZ DIA DOS PAIS! SERÁ?

09/08/2020 às 09h00

Agosto costuma ser um mês bem longo, frio, difícil, não é a toa que culturalmente foi atribuído como o mês do “desgosto” ou do “cachorro louco”, mas apesar das superstições, ele traz uma data comercial que merece ser comemorada de verdade, o Dia dos Pais.

Só que mais que parabenizações, quero aproveitar essa data para trazer à tona uma reflexão sobre o papel dos pais, mas de uma forma diferente, pois acho que quem tem que pensar somos nós mulheres.

É engraçado como muito se fala das mães e seus grandes feitos pelos filhos, sem dúvida existem sim, muitas mulheres extraordinárias que dão suas vidas pelos seus. Entretanto, embora existam pais ausentes e muitos, existem também homens que são pais incríveis e que dariam suas vidas por seus filhos e acredite eles não são lendas!

Temos que parar com a generalização e olhar em volta, conheço pais que criaram filhos maravilhosos sozinhos, porque foram abandonados por suas esposas, outros que mesmo estando divorciados fazem tudo e mais um pouco para cuidar e estar presente na vida dos seus filhos. São homens que levem a sério o título de PAI, que nunca abandonam seus filhos independente da sua relação com as mães deles e que não importa o status da sua vida afetiva, ele sempre coloca os filhos acima de tudo.

Vale lembrar que sim os homens são diferentes de nós mulheres, sendo pais ou não, eles são práticos, racionais e tem outro ritmo de levar a vida. O que não significa que não são capacitados a função da paternidade.

O mais ‘engraçado”, para não dizer estranho é que esses homens pais que conheço não tem a vida fácil, que tanto se julga aí fora, quando dizem que ‘tudo sobra para a mulher’. Afinal convenhamos mulheres, a gente gosta de controlar tudo, gostamos de colocar os “nossos” debaixo das nossas asas mesmo que isso nos custe sobrecarga de tarefas.

Então me pergunto será mesmo que são os pais que nos deixam com tudo dos filhos para fazer? Reflitam um pouco. A gente já traz da nossa ancestralidade que a mulher tem de dar conta de tudo, igual nossas avós, bisavós…que a função do homem era sustentar a família e não criar os filhos.

Num mundo que se fala tanto de igualdade de gênero, acho que está na hora de olharmos com mais gentileza para esses paradigmas e percebermos que as coisas não são mais assim, existem sim muitas exceções. Podem me julgar, mas eu realmente acredito que está na hora de deixarmos o instinto paterno de quem realmente quer ser pai aflorar! Nossos filhos merecem isso! Pais melhores, mais próximos, exemplos para os nossos meninos que um dia serão pais e para nossas meninas do que é ser cuidada, protegida e amada.

Como citado no livro O Pequeno Príncipe, “O amor é a única coisa que cresce à medida que se reparte”, então está na hora de repartir essa responsabilidade com quem quer…. Quem não quer paciência, a vida cobra lá na frente…, mas não façamos das exceções às regras!

Um viva a vocês pais maravilhosos, que demonstram em cada gesto, sorriso e palavras o quanto seus filhos são a melhor parte de vocês!

Um brinde a vocês pais que muitas vezes suportam longos dias longe dos seus pequenos, aguardando ansiosos, muitas vezes sem notícias, para passar algumas horas ao seu lado!

Que o mundo possa atualizar seus conceitos e reconhecer que assim como muitas mães, muitos de vocês também merecem ser referenciados todos os dias, pela garra, dedicação e amor que tem com seus herdeiros!

Aos pais de verdade, Feliz Dia dos Pais, todos os dias!!!

E QUANDO CHEGAR A HORA…

07/05/2020 às 18h13

Tem horas que a gente precisa levantar da cadeira e partir…. Acabou! Por mais que machuque, está na hora de colocar um ponto final.

Não faz mais sentido continuar nesse barco sem curso, só para estar numa viagem.

Quando o relógio desperta, a gente até tenta fazer de conta que não percebe, tenta resgatar o que já foi bom, tenta consertar o que deu errado e remendar o que quebrou um dia…  A gente fecha os olhos e passa por cima do que acredita, de quem somos…

E assim vamos adiando as partidas vivendo de esperanças em um amanhã melhor.

Acreditamos que vai dar certo porque um dia já deu. Segundo Buda existe três coisas que não se escondem por muito tempo: O sol, a lua e a verdade. E essa última costuma ser implacável!

Quando a hora da verdade chega, não há jeitinho que preencha os vazios que por necessidade de estar com alguém você fechou os olhos. Se esse momento não chegou para você, já te aviso que ele vai chegar! E só aí você vai se dar conta de que precisa recolher seus pertences e se retirar dessa vida que não se encaixa mais na sua…

Vai ser difícil! Provavelmente vai doer, afinal crescer é difícil, tem que sair da zona de conforto!

Mas lembre-se que todo diamante um dia foi um carvão que precisou ser lapidado.

Olhe para você e perceba a imensidão de possibilidades que você é!

Se descubra, se reinvente!

A vida é mais que isso que te mostraram menina! Vai viver! Transborde todo esse sentimento que tem aí dentro só por você! Pare de desperdiçar tempo e lágrimas com que não te merece!

Você é mais do que um troféu para deixar na estante e ostentar para os outros!

Você tem personalidade!

Acredite nela!

E o mais importante: Faça cada segundo dessa viagem valer a pena, pois ela é muito curta!

CHEGOU A SUA VEZ DE TRANSBORDAR…

02/04/2020 às 21h06

Tem horas na vida que a gente guarda tanta coisa dentro, tanto sentimento, tantas palavras não ditas que acabamos doentes, irritados, depressivos etc… Dependendo da forma como isso acontece você acaba magoando pessoas, criando inimigos e muitas outras possibilidades.

Infelizmente o mundo ainda tem dificuldade para perceber que grande parte de nós, somos feitos de sentimentos eu diria que sentimentos e que isso não é uma fraqueza.

O ideal seria que todos os dias nós pudéssemos escolher tudo de bom e de ruim que sentimos, mas somos humanos e imperfeitos. E que bom porque aí é que a mágica acontece temos o poder de escolher.

É o nosso livre arbítrio que nos deixa decidir e perceber quando precisamos limpar nosso coração que é a base de todos os sentimentos.

Quer ter uma boa saúde física e mental? Quer bons relacionamentos?

Quer ser feliz?

Então cultive o maior e mais puro de todos os sentimentos: o amor. Especialmente o amor próprio, ele vai ser a base para você lembrar cada vez que algum sentimento ruim quiser te desequilibrar.

O amor próprio vai te lembrar que você não pode ser contaminada pelos outros, ele vai te lembrar de quem você é e do que você é capaz!

Só o amor constrói, só o amor atravessa pontes indestrutíveis, cura , faz milagres e isso não é clichê… Um mundo sentimentos de amor é um mundo vazio e frio.

Antigamente costumava-se dizer que as pessoas muito sentimentais eram fracas, choronas, dependentes, etc… Hoje estudos provam que as pessoas dotadas de alta sensibilidade e com amor próprio inabalável, são capazes de se tornar grandes líderes e pessoas altamente influenciáveis. E que tudo depende da forma como você trabalha com seus sentimentos.

É cada vez mais comuns treinamentos e livros sobre educação emocional, onde você aprende a identificar seus pontos fracos e a lidar com esses sentimentos de forma positiva, aumentando assim sua inteligência emocional.

Ou seja, se um dia você aprendeu a esconder seus sentimentos para ser forte, hoje é tudo uma questão de estudo você não tem que fingir que você não tem sentimentos, você já pode parar de sofrer em silêncio.

Saia para o mundo, extravase tudo que sente, estude e identifique os pontos que precisam ser melhorados.

Agora o poder está nas suas mãos! Quanta coisa boa você tem sentido escondido?

Seja você a mudança que você quer ver no mundo, transborde sentimentos bons e inunde o mundo!

AHHH…. O OUTONO!

28/03/2020 às 08h47

Sou daquelas pessoas que amam o Sol e todas as estações que ele prevalece.

Gosto de praia e calor. Ver o Sol brilhando transforma o meu dia, literalmente!

Tenho certeza que sou movida a vitamina D, daquela que só o Sol pode me fornecer naturalmente!

Então quando chega o Outono, já vai me dando aquela sensação de que algo está faltando, vai me dando uma saudade natural do Verão e todas as suas possibilidades.

Já repararam que quando o Outono começa e os dias voltam a ficar mais curtos, temos a tendência a se recolher mais no aconchego dos nossos lares?

É comum abandonarmos atividades físicas e saímos apenas para lugares mais fechados e quentinhos.

Assim como ganhar (ou recuperarmos) aqueles quilos a mais por conta das comidinhas cheias de calor e calorias, mas ainda sim irresistíveis!

Mas esse ano, apesar de tudo que já citei, o Outono, seu friozinho e os dias mais cinzas, trazem um gosto amargo…. É hora de acolhimento, sim, mas obrigatório!

Estamos em isolamento social! Sim, nem em um pesadelo poderia imaginar que veria 3 bilhões de pessoas sem poder sair das suas casas, para salvar vidas.

O Outono sempre foi o momento ideal para nos recolhermos, nos conhecermos, nos observarmos, nos respeitarmos… Mas esse ano, fomos impelidos a olhar para dentro de nós mesmos para lutar contra o desconhecido pelas pessoas que amamos e talvez pela primeira vez na história, temos que lutar dentro das nossas casas, muitas vezes sozinhos.

Então aproveite esse convite para ficar quietinha (o) e faça uma análise dos seus propósitos, dos seus passos, dos seus desejos. Assim como as árvores usam o Outono para trocar suas folhas, se preparando longamente para o renascimento na Primavera, que nós saibamos apreciar as oportunidades que a vida nos dá de desacelerar por alguns instantes e olharmos para as necessidades do nosso corpo e da nossa alma.

Sim, da nossa alma também! Porque quando a gente escuta as necessidades do nosso corpo e respeita nossos limites, estamos automaticamente cuidando da nossa alma liberando-a de todo excesso, de toda energia ruim e de todo desgaste desnecessário.

Observe a natureza, toda a sua inteligência e ensinamentos. Muitas árvores trocam suas folhas no Outono enquanto muitos animais estocam comida para o Inverno, ou seja, o ciclo da vida, já está ali há anos nos mostrando que T_U_D_O tem um motivo, um propósito!

Então que você aproveite o seu Outono interior para refletir, recalcular a rota e calibrar seus pneus.

Que você possa perceber que esse momento da Natureza é mais do que estar preso em casa! É uma oportunidade de valorizar a brevidade da vida e das pessoas que amamos!

Deixe as folhas velhas que não se encaixam mais caírem, se desfaça das antigas crenças e prepare-se para um mundo novo que está por vir! Mas enquanto ele não chega, FIQUE EM CASA! Cuide-se e estará cuidando dos outros!

E eu te desejo muitos Outonos na sua vida!