Revista Statto

A VERDADEIRA RIQUEZA É A SUA SAÚDE

26/11/2020 às 16h03

Muita gente afirma que a riqueza consiste na quantidade de bens, propriedades e dinheiro que uma pessoa possui. Por experiência própria, eu concluí que, de fato, a verdadeira riqueza é a sua saúde.

Como cheguei a esta conclusão? Vou explicar.

Você já reparou que mesmo pessoas muito ricas não conseguem manter-se saudáveis e acabam falecendo precocemente? Aconteceu com algumas pessoas que eu conheci pessoalmente e com várias outras que não tive o prazer de conhecer, mas acompanhei através de notícias.

Eu pensava que quando uma pessoa fosse milionária, ela conseguiria fazer todo e qualquer tratamento existente no mundo e assim ficaria, sem dúvida, curada. Mas os acontecimentos provaram que, apesar de receber cuidados médicos muito especializados nos melhores hospitais, algumas pessoas acabaram falecendo.

Eu achava tudo isso muito estranho. Até estudar os livros e conferências de L. Ron Hubbard e compreender a razão: a mente controla o corpo, e não ao contrário como a maioria pensa”.

A sabedoria milenar da frase “mente sã em corpo são” pode não ser muito bem entendida, mas é a pura verdade. Uma mente saudável é a única garantia de um corpo sadio. E por isso afirmo que a verdadeira riqueza é sua saúde.

Existem mecanismos mentais que podem causar uma doença e até mesmo a morte de uma pessoa. Claro que são mecanismos inconscientes, em geral mal compreendidos e praticamente ignorados pela medicina tradicional.

Mas, o que significa uma mente sã?

Não é difícil perceber que a mente humana grava e armazena tudo que acontece em nossas vidas nos mínimos detalhes. Em momentos de dor e inconsciência, o registro continua e as gravações contêm todas as percepções da situação dolorosa salva como imagem, inclusive pensamentos e conclusões do indivíduo.

Isso tudo fica guardado abaixo do nível consciente e, portanto, mesmo que a pessoa não se lembre do episódio de dor, ele ainda está lá registrado. E pior, continua atuando posteriormente, trazendo a dor, pensamentos e conclusões do passado ao presente, e desta forma, faz uma pessoa adoecer hoje devido aos incidentes do passado.

Para entender bem melhor todo este mecanismo tenho uma palestra no meu canal de Youtube de uma hora, no qual explico como a mente funciona e cito vários exemplos.

A melhor notícia é que existem técnicas terapêuticas capazes de aliviar as gravações de dores e sofrimentos do passado e restabelecer a saúde mental e física do indivíduo.

Este conhecimento completo, incluindo a terapia, está contido no livro Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo” – de L. Ron Hubbard.

Aqui estão alguns parágrafos do autor:

O fato é que uma conclusão ou pensamento é permanente. Você torna-se o produto de suas próprias conclusões ou pensamentos. Independentemente de qual seja o ponto de origem, quando você chega a uma conclusão, depois você está sujeito a ela”. (…)

O que a Dianética faz é desfazer as imagens mentais de momentos dolorosos passados em pedacinhos. Em Dianética podemos retroceder e retirar a imagem que contém a conclusão e, obviamente, você já não estará sujeito a ela. Assim estamos violando uma regra fundamental do pensamento humano. E isso é ótimo”. – L. Ron Hubbard

Espero que tenha ficado claro que mais importante do que ter riqueza material, é ter riqueza mental, pois só assim você consegue garantir sua saúde física e qualidade de vida.

Estou sempre disponível para responder quaisquer perguntas ou conversar sobre seu melhoramento pessoal. Entre em contato comigo www.bit.ly/luciadianetica

COMO DESENVOLVER A CRIATIVIDADE E GERAR PROSPERIDADE

18/11/2020 às 16h40

Muitas pessoas dizem que para ter prosperidade é necessário economizar e investir. Apesar de que estas ações ajudam, o fator mais importante para gerar e manter riqueza em longo prazo é a criatividade. Por isso, resolvi escrever sobre como desenvolver a criatividade e gerar prosperidade.

Uma pessoa com dificuldades financeiras pode pensar que as causas são sempre externas a ela e o resultado é continuar na mesma condição. Olhe ao seu redor e verá provas suficientes disso.

As finanças de um indivíduo só começam a melhorar quando ele se dá conta de que controla o que ocorre em sua vida.

E há algo que qualquer um pode melhorar: a criatividade. Entenda a razão:

Agora, se você pensa que o dinheiro é o fim do esforço, está cometendo um grave erro aqui também, porque o dinheiro é meramente a representação de sua criatividade, é tudo que ele é. Somente representa sua criatividade de alguma forma. Se sua criatividade é boa, você não tem de se preocupar em economizar dinheiro. Seu melhor investimento é sua própria destreza e sua habilidade de recompor as coisas novamente, sua habilidade de se manter com suas próprias pernas e viver – este é o melhor investimento do mundo”. L. Ron Hubbard

Portanto, se quer ter mais dinheiro tem de ser mais criativo. Legal, mas como? Seria possível melhorar a criatividade em qualquer pessoa?

Claro que sim! De fato, a criatividade é algo presente em todos os seres humanos. Mesmo que sua manifestação varie de indivíduo para indivíduo, ela pode ser melhorada e potencializada constantemente.

Vamos começar entendendo bem o conceito. A palavra “criar” vem do latim “creare”, que se traduz em erguer, produzir; mas também está relacionada a “crescere”, ou seja, crescer, aumentar. No grego, a palavra “krainen” (criatividade) significa realizar, desempenhar, preencher.

Portanto, criatividade é simplesmente a capacidade de criar, de trazer algo novo ao mundo: novas formas, soluções, inspirações, novos caminhos e maneiras de fazer as coisas.

Pode estar presente em grandes feitos e em trabalhos artísticos ou simplesmente em um modo diferente de organizar os móveis da sala, gerar grandes descobertas ou pequenas mudanças que conseguimos inventar no dia a dia.

Estou certa de que você já usou sua criatividade para realizar uma festa, um jantar, arrumar o quarto ou um fazer um arranjo de flores aí mesmo na sua casa.

A criatividade é realmente um elemento essencial para a vida, não só para quem trabalha diretamente com o exercício criativo, mas também para gerar novas ideias, colocar planos em ação, lidar melhor com os desafios e resolver problemas.

Mas, quantas vezes você já precisou de uma boa ideia e justamente naquela hora não conseguiu pensar em nada?

Ou, estava tranquilo, fazendo uma atividade qualquer e de repente uma super ideia surge como um passe de mágica em sua cabeça? Isto é mais comum do que se imagina, pois ideias vêm e vão a todo o momento, mas existem horas que parece que elas simplesmente somem de nossa vida, e é o que chamamos de bloqueio criativo.

O primeiro passo é acreditar em seu potencial criativo. Se você pensa que não é uma pessoa criativa, as chances de bloquear sua criatividade aumentam consideravelmente.

A boa notícia é que não existe pessoa sem criatividade, o que existe é falta de treino e desatenção às suas ideias.

Para ajudá-lo, aqui estão algumas dicas de como desenvolver a criatividade e gerar prosperidade:

  • Evite álcool e drogas: seus pensamentos precisam ser claros e objetivos. Ninguém consegue raciocinar direito quando está sob o efeito de álcool ou drogas de qualquer tipo.
  • Tenha uma alimentação saudável evitando açúcar e gorduras prejudiciais: o corpo tem de estar bem nutrido para que sua mente funcione bem.
  • Pratique exercícios físicos regularmente: uma saúde física melhorada vai contribuir para maior saúde mental.
  • Durma bem: depois de 7-8 horas de sono tranquilo, seu pensamento estará mais claro.
  • Combata a introversão: introverter é olhar para dentro de si mesmo. Você vai pensar melhor e com mais clareza se der “passeios” de 10-15 minutos por dia, olhando para fora de si mesmo e observando o meio-ambiente.
  • Leia mais usando sempre bons dicionários: a leitura vai trazer ideias novas, mas é importante não passar por cima de palavras que não entenda. Livros de ficção, principalmente de aventura e ação, também ajudam.

Pratique a técnica de Autoanálise contida no livro de mesmo nome de L. Ron Hubbard. É um método que reaviva a lembrança de experiências positivas e ativa as percepções gravadas nestas experiências. Deste modo, a memória e a criatividade melhoram muito.

Espero que tenha gostado e que consiga colocar em prática essas dicas. Aguardo seu contato para que eu possa avaliar a sua situação específica e ajudá-lo a desenvolver sua criatividade.

POR QUE FAZER TERAPIA SE VOCÊ É NORMAL?

06/11/2020 às 10h13

Você já conheceu uma pessoa cuja vida estava caindo aos pedaços, mas que dizia estar muito bem e não precisar de ajuda alguma? É uma situação muito comum. A maioria das pessoas tem ideias equivocadas sobre por que fazer terapia.

Da mesma forma que não é necessário estar doente para se exercitar fisicamente e não é preciso ser estúpido para ingressar em um curso universitário, pessoas aparentemente saudáveis mentalmente devem também fazer terapia.

Todo o mundo passou por algum tipo de experiência dolorosa na vida. De fato, há muitíssimos registros de dor física e emocional na mente de qualquer indivíduo. Não se lembrar deles não faz com que desapareçam ou deixem de afetar negativamente as emoções, pensamentos e atitudes de tempo presente.

A razão pela qual a maioria das pessoas não entende por que deveria fazer terapia está explicada em uma Escala de Características de Consciência desenvolvida por L. Ron Hubbard. É necessário subir nesta escala até Necessidade de Mudança e Demanda por Melhoramento para que uma pessoa realmente se dê conta que precisa e deve melhorar.

E como ajudar um amigo ou parente a subir nessa escala? Primeiramente, fazendo com que a pessoa compreenda o funcionamento da mente humana e descubra a existência da mente reativa. Essa é uma mente que grava e armazena toda e qualquer experiência de dor física e emocional, e em momentos futuros semelhantes, desenterra estas gravações mentais e as traz à tona, afetando negativamente o comportamento humano.

Para obter este conhecimento é muito simples. Há um livro completo sobre o assunto intitulado Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo e, para quem não gosta muito de ler, existe um DVD duplo que é o livro em filme. A aquisição destes materiais dá direito a uma sessão terapêutica de mais ou menos duas horas que é feita exatamente como descrita no livro e DVD.

Quando alguém entende bem como a mente reativa causa estragos em praticamente todas as áreas da vida dela, fica fácil compreender por que fazer terapia.

É óbvio que se um indivíduo tiver pensamentos negativos, emoções inadequadas ao momento e atitudes irracionais, ele deveria perceber a necessidade de se livrar disso através de uma terapia. O problema é que a pessoa se acostuma com tudo isso e até acha “normal” já que outros têm também. Confunde-se muito comum com normal. Todas as pessoas têm uma mente reativa, por isso que se comportam de forma irracional.

A boa notícia é que entendendo o assunto muito bem, já há uma melhoria notável na pessoa. Portanto, estude o livro e/ou DVD mencionados acima e chegue à sua própria conclusão em relação a por que fazer terapia. É sempre você que decide!

COMO CONTROLAR SEUS PENSAMENTOS

29/10/2020 às 10h44

Uma das piores experiências na vida é ter um pensamento negativo que não quer ir embora. Lembra-se de algum que o assombrou? Até mesmo aquela musiquinha chata que insiste em permanecer na sua mente é algo bastante irritante. Se soubesse como controlar seus pensamentos, poderia se livrar dos negativos e deixar somente os positivos povoarem sua mente. Logo vou revelar os passos que o levarão a esta habilidade.

Mas, por que é tão importante controlar seus pensamentos? Porque eles geram emoções, e as emoções impulsionam suas ações. Um pensamento negativo o leva a ter emoções negativas que o conduzem a atitudes desastrosas. Portanto, pensamentos negativos são a causa de tudo que vai mal na sua vida.

Por este motivo, o conceito de mudança de vida está completamente atrelado à mudança de pensamento. Todo o mundo sabe disso. O problema é como controlar seus pensamentos, principalmente aqueles que estão escondidos abaixo do seu nível de consciência.

Eu aprendi com o escritor e filósofo L. Ron Hubbard que antes de comandar seus pensamentos, é preciso que você consiga controlar seu corpo e sua atenção. De fato, Hubbard desenvolveu muitos exercícios terapêuticos cujo objetivo é exatamente este: controlar seu corpo, atenção e pensamento.

Agora, como que você poderia iniciar hoje mesmo no primeiro passo que é o controle de seu corpo? Vou dar alguns exemplos:

Seu despertador toca de manhã, mas seu corpo não quer sair da cama. Ótimo momento para exercitar o controle e fazer com que o corpo levante imediatamente;

Você se alimentou bem no almoço, mas seu corpo está pedindo bolo de chocolate, quem sabe, só um pedacinho… Diga não e largue o garfo;

Tem hora marcada para fazer exercícios, mas seu corpo não quer ir. Pegue o corpo pelo pescoço e o inicie nos exercícios;

O corpo quer beber ou fumar e você não deseja fazer isso, diga um NÃO bem grande para o corpo.

Estou certa de que poderá pensar em vários momentos do seu dia a dia nos quais poderá exercitar o controle do seu corpo. Se conseguir fazer isso (não é nada fácil) já estará mais próximo de alcançar o objetivo principal que é dominar seu pensamento.

Próximo passo é controlar sua atenção. Para entender isso, leia a definição de tempo presente:

Quando dizemos que alguém deveria estar em tempo presente, queremos dizer que ele deveria estar em comunicação com seu meio-ambiente da forma que existe agora e não como existiu” – L. Ron Hubbard

Quando uma pessoa está em tempo presente, ela olha atentamente ao seu redor e vê tudo que está em seu ambiente imediato. Isso também pode ser exercitado. Pratique estar em tempo presente e conseguirá controlar melhor sua atenção.

Após ser capaz de controlar mais seu corpo e sua atenção, perceberá que fica mais fácil comandar seus pensamentos. Tente fazer os exercícios e escreva os resultados nos comentários.

Se quiser uma técnica bem rápida e econômica, recomendo a terapia em casa de Autoanálise que fará através do livro. O próprio autor, L. Ron Hubbard, aplica a terapia em você e o ajuda a controlar seus pensamentos desde a primeira sessão.

Espero que tenha gostado das dicas de como controlar seus pensamentos e queira compartilhar com amigos e parentes.

Permaneço sempre disponível para quaisquer dúvidas ou mais informações. Aguardo seu contato.

DICAS PARA TER MAIS TEMPO E DINHEIRO

16/10/2020 às 09h47

As pessoas geralmente têm dois problemas principais: não ter tempo ou não ter dinheiro. Mais comum é acumular as duas situações e é aí que a coisa fica feia. Se você não tem tempo, nem dinheiro, fica bem difícil resolver esta questão. Mas nada é impossível quando você possui o conhecimento de como fazer algo.

Vou compartilhar duas dicas para ter mais tempo e consequentemente mais dinheiro nas mesmas vinte quatro horas do dia que foram concedidas a qualquer ser humano.

É fácil observar a existência de pessoas que fazem muito mais que outras, são mais dinâmicas, produtivas e geram mais renda para si mesmas. Portanto, é possível fazer mais em menos tempo.

Também notamos indivíduos que passam o dia todo se movimentando, mas depois de dez ou doze horas de “trabalho” não conseguiram realizar nada de concreto. O dia é uma grande “correria”, mas os resultados deixam a desejar.

Se você se encaixa mais na última descrição, deve estar muito frustrado. E se continuar assim, a tendência é piorar a ponto de ser levado a cair em uma grande confusão apática, sem saber mais o que está fazendo na vida. Como não quero que você chegue nesta condição desfavorável, resolvi dividir meu conhecimento e ajudá-lo a ter mais tempo e consequentemente mais dinheiro.

A primeira dica é muito simples, mas extremamente poderosa: faça o que você faz de forma mais rápida! Qualquer pessoa pode aumentar a velocidade das ações diárias.

Comece aos poucos, tome banho, escove os dentes e arrume-se mais rápido, seja mais veloz em responder e-mails, publicar em redes sociais, telefonemas, reuniões etc. É possível aumentar sua agilidade pouco a pouco até que se torne muito mais veloz em todas as suas ações diárias. Sei que é factível porque eu consigo fazer e estou certa de que você conseguirá também.

Segunda dica vem direto do escritor e filósofo L. Ron Hubbard: “Decisão e tempo têm muito em comum. Quando temos uma decisão limpa e clara, temos tempo limpo e claro. E quando temos indecisão, há uma falta de clareza a respeito do tempo”. (…)

Decisão tem muito a ver com tempo. Se vocês tiverem decisão, terão tempo. Se vocês não tiverem decisão, não terão tempo”. – L. Ron Hubbard

Vamos ver alguns exemplos? Se encontrasse uma bifurcação na estrada e ficasse indeciso, ficaria parado lá até escolher para que lado ir. Enquanto esteve parado, perdeu tempo.

Se você recebe um e-mail e não decide responder na hora, vai ficar com o tema na cabeça causando distração, e quando resolver responder terá de ler a mensagem de novo gerando mais tempo perdido.

Enquanto não decide se mantém seu emprego ou abre seu próprio negócio, qualquer oportunidade que possa surgir em ambas opções ficará perdida. Não há qualquer avanço quando você está indeciso.

Até mesmo para comprar alguma coisa, sua indecisão faz que perca ofertas e promoções de tempo determinado.

Acredito que tenha ficado claro a importância de decidir rapidamente. O que falta agora é saber como conseguir tomar decisões de forma mais veloz.

A origem da indecisão está na falta de confiança em si mesmo. Se não confiar em suas decisões, se for uma pessoa insegura, vai ficar preso em muitas bifurcações da vida e será uma pessoa com pouquíssimo tempo.

Para fortalecer sua autoconfiança, tornar-se seguro e decidido, recomendo a terapia em casa do livro Autoanálise. Em poucas semanas aplicando essa terapia, já sentirá que pode confiar mais em si mesmo e reabilitará sua capacidade de decisão.

Resumindo: Comece a ser mais ligeiro em tudo que faz e decida-se mais rápido para ter mais tempo e conseguir assim gerar mais dinheiro!

COMO COMBATER A NEGATIVIDADE E SER UMA PESSOA MAIS POSITIVA

30/09/2020 às 09h00

Você começou a ler este artigo porque sabe que ter uma vida positiva é vital para ser bem-sucedido, mas está com dificuldade em combater a negatividade para de fato ser uma pessoa mais positiva.

Quantas vezes, você realmente desejou ter pensamentos, emoções e atitudes positivas, mas falhou amargamente? Lembra-se da última vez que tentou?

Não se sinta mal. Esta situação é muito comum e não há conselhos, sugestões, recomendações, nem meditações que tenham o poder de bloquear a negatividade quando ela penetra em sua mente e controla suas emoções e ações. Concorda?

Assim sendo, a informação que vou compartilhar é essencial nos dias conturbados da atualidade, pois com tanta energia negativa ao seu redor, até seu otimismo gerado com muito esforço pode rapidamente desaparecer.

Ainda bem que há esperança. A prevenção da negatividade é o melhor caminho para manter um ponto de vista mais positivo. No decorrer do texto, vou explicar exatamente como fazer isso.

Compreenda bem as consequências do negativismo

Perceba os efeitos de suas atitudes negativas. Como isso está afetando sua produtividade? Como atrapalha seus relacionamentos no trabalho, com amigos e família? E como abala sua saúde em geral e sua felicidade? Certifique-se de entender bem as consequências de uma atitude negativa.

Por exemplo, algo ruim acontece no trabalho e chegando em casa você desconta em um parente, gerando uma discussão estúpida e um conflito desnecessário. Ou você briga com algum familiar, leva este sentimento negativo ao trabalho, trata seu cliente com indiferença e ele acaba não comprando de você.

Tenha consciência dos resultados de suas atitudes negativas e estabeleça o propósito de manter-se positivo.

Reconheça suas conquistas

Parabenize a si mesmo quando fizer algo bom. Muitas vezes, a tendência é focar em todas as coisas erradas que fizemos no passado, manter a atenção em como melhorar o presente e preocupar-se por coisas quase impossíveis de atingir no futuro.

Para reter uma atitude positiva, estabeleça objetivos pequenos que possam ser atingidos e quando tenha realizado cada um deles, dê crédito a si próprio. Quando alcançar algo que desejou, você merece ser reconhecido – especialmente por si mesmo.

Sugiro que escreva suas realizações como uma lembrança de seu sucesso. E não importa se ninguém mais perceber ou reconhecer, você é o único responsável por sua atitude.

Afaste-se de pessoas, grupos e assuntos negativos

Por mais que você não queira, os pessimistas vão tentar, e muitas vezes conseguir, impregnar emoções negativas em você.

O pessimista é aquele que sempre espera o pior de todas as situações e de outras pessoas, com pensamentos e atitudes negativas.

Mesmo que as evidências indiquem que o pior não vai acontecer, a pessoa pessimista insiste e acredita que vai. E ainda costuma defender seu pessimismo, pois acredita com convicção em suas crenças e limitações negativas.

Até mesmo os noticiários e novelas podem influenciá-lo negativamente e acabar com todo seu positivismo. Quem consegue permanecer otimista depois de assisti-los?

Portanto, o melhor mesmo é evitá-los.

Trate os outros de forma positiva

Não menospreze as pessoas ao seu redor. Ninguém é perfeito e qualquer pessoa erra de vez em quando. Tente sempre encorajar os outros, especialmente se eles estão em situações difíceis e precisam de você. Quando ajuda alguém a ficar mais positivo, sente-se melhor também.

Procure observar as coisas boas das pessoas. Ao invés de se concentrar nas características negativas, busque as positivas. Você sempre consegue encontrar algo que goste em outra pessoa. Talvez seja simplesmente a roupa ou o sapato, mas comece com alguma coisa e logo verá que há várias outras qualidades.

Pessoas se cumprimentando felizes

Seja educado e cumprimente as pessoas com um sorriso no rosto. Elas com certeza vão tratá-lo de forma mais positiva também.

A solução definitiva

Além de tudo isso citado acima, existe um negativismo que está dentro de você, guardado na sua mente.

Por mais que você já tenha esquecido e superado suas perdas, fracassos e dores físicas, tudo isso ainda está registrado na parte da mente denominada “reativa”.

O escritor e filósofo americano L. Ron Hubbard não só descobriu a “mente reativa”, mas também desenvolveu uma técnica terapêutica que elimina o negativismo de dentro de você de forma definitiva.

Aprenda sobre este tema lendo o livro Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo e/ou assistindo ao DVD duplo Como Usar a Dianética e descubra como se livrar do negativismo de uma vez por todas!

FÓRMULA DO SUCESSO – SIMPLES E PODEROSA

23/09/2020 às 14h37

Há dois fatores vitais para que qualquer indivíduo seja bem-sucedido profissional e financeiramente. E esta é a fórmula do sucesso: ter foco e entrar em ação.

Geralmente, os dois elementos não andam juntos. Por exemplo, algumas pessoas até se concentram em ter foco, estão sempre falando do que querem fazer, mas nunca entram em ação.

Você conhece alguém que diz que quer ser rico, ter muito sucesso e muito dinheiro, que vai abrir seu próprio negócio e ser bilionário, mas que continua no mesmo emprego sem receber nenhum aumento ou promoção de cargo há anos?

Sempre que você encontra essa pessoa, ela fala sobre quando irá ter uma empresa super bem-sucedida, mas ela não move uma palha nesta direção.

Outras pessoas entram em ação, mas de uma forma bem desorganizada, sem foco. Um dia diz que está fazendo um curso para se tornar terapeuta, depois de alguns meses, você a encontra e agora ela está querendo aprender sobre marketing digital.

Mais para frente, comenta que quer mesmo se tornar enfermeira, então, está no cursinho para tentar entrar em uma boa faculdade. Cada hora é uma coisa. Tem ação, mas não tem foco.

Portanto, é necessário ter os dois: foco e ação. Mas como você vai ter foco e entrar em ação se está inseguro, com baixa autoestima e sem energia?

A autoconfiança é a base que impulsiona um indivíduo para ser bem-sucedido.

Imagine que você vá a uma consulta particular e o médico é inseguro. Ele não olha nos seus olhos, fala para dentro ou baixinho. Não é enfático. Parece que não sabe do que está falando. Você voltaria nesse médico? Claro que não!

Ou um mecânico? Ela abre o capo do seu carro, fica olhando, olhando, coça a cabeça, olha para você de repente, olha de novo para o motor, mexe em algumas peças, depois diz que pode deixar o carro lá que ele resolve. Você deixaria?

E um terapeuta que fala assim: “bem, no seu caso, pode ser que funcione, veja bem, seu caso é complicado, podemos tentar, pior você não fica…” É claro que você vai sair correndo de lá.

E então, como você se apresenta para seus futuros clientes? Ou como que age com seus colegas e superiores? Se for inseguro, você certamente não irá ter sucesso profissional e financeiro.

E é claro que também só conseguirá promoções e aumento de salário se for autoconfiante.

Mas como recuperar sua autoconfiança perdida no decorrer de tantos anos de perdas, fracassos e desilusões?

A terapia da Autoanálise, desenvolvida pelo filósofo L. Ron Hubbard, restaura sua autoconfiança, porque a única forma de ser mais seguro e através de um autoconhecimento profundo que revele suas verdadeiras capacidades e faça aflorar todo seu potencial!

Resumindo, Autoanálise faz com que você fique mais autoconfiante e disposto para que assim possa ter foco e entrar em ação!

ATRAINDO DINHEIRO

15/09/2020 às 17h43

Qualquer pessoa gostaria de ter mais dinheiro. Mas poucas conseguem compreender os mecanismos que realmente atraem esta partícula de papel tão cobiçada

Muitos gostariam de atrair dinheiro da mesma forma que um imã atrai metal. Que maravilha seria ser como o gênio da lâmpada maravilhosa ou a Feiticeira que só com uma mexidinha no nariz conseguiria ter todo o dinheiro que quisesse!

E por causa deste forte desejo, há uma quantidade abundante de conselhos e dicas “mágicas” de como atingir tal proeza. Até na Internet existem mais de sete milhões de links contendo orações, decretos, simpatias, banhos, feitiços, rituais, pedras etc. que prometem atrair dinheiro. E também, é claro, muitas formas de usar a famosa lei de atração ou ativar o poder da mente.

Mas será que realmente existe algo fora do comum ou mirabolante que poderia fazer o dinheiro voar na sua direção? Qual seria o verdadeiro segredo?

O ser humano sempre buscou uma maneira de controlar seu destino. Os povos primitivos usavam danças rituais antes das caçadas e sacrifícios aos deuses para obter algo desejado. Hoje em dia, a superstição ainda tem uma influência muito grande sobre as pessoas, mesmo nas sociedades mais modernas.

Parece existir uma incapacidade no ser humano para observar, analisar e descobrir a verdadeira razão de algo, para desta forma poder exercer maior controle sobre o que lhe acontece no presente e no futuro.

Mais recentemente inventaram o tal de “universo” que conspira, a favor ou contra, mas se esqueceram de explicar quem ou o que seria esse “universo” poderoso. Tudo isso leva o ser humano cada vez mais longe das verdadeiras razões e porquês das situações positivas ou negativas que ele enfrenta na vida.

Uma pessoa só consegue dominar seu ambiente quando pensa analiticamente, adquire conhecimento útil e o aplica com competência. Portanto, se alguém quiser controlar o tema “dinheiro”, primeiro tem de entender tudo sobre ele.

O escritor e filósofo americano L. Ron Hubbard foi um pioneiro em muitas áreas do conhecimento humano e escreveu onze livros enciclopédicos sobre todos os aspectos da administração, incluindo a produtividade e consequente lucratividade.

Ele explica: “Basicamente, o dinheiro é uma ideia apoiada por confiança”. Portanto, o primeiro fator no qual colocar sua atenção é aumentar a confiança do cliente em você, sua empresa e seu produto.

E para gerar mais clientes e mais negócios, invista em fazer “fluxo fora” que é qualquer tipo de divulgação, comunicação, contato etc. que possa ser feito de você ou sua empresa para fora na sociedade, como descrito abaixo.

A chave para o sucesso é fazer fluxo fora. Quanto mais positivo você for, mais estará fazendo fluxo fora. Quanto mais confiante você for, mais estará fazendo fluxo fora”.

Quando você faz fluxo fora, está atraindo interesse e atrai mais negócios e mais renda. Se não fizer fluxo fora, você perde negócios”.

Seu sucesso depende da produção de um efeito; suas finanças dependem que você atraia interesse. Se descobrir que as finanças estão falhando, irá descobrir imediatamente por que, se realizar que o sistema financeiro é um sistema de comunicações e que sistemas de comunicações são a base do que você está fazendo”.

Uma pessoa que está tentando evitar que as comunicações ocorram tentará evitar que dinheiro seja recebido. Dinheiro não é um assunto sórdido, é a medida da quantidade de atenção que você está atraindo”. – L. Ron Hubbard

Aplique este conhecimento de forma cada vez mais competente e será considerado um verdadeiro gênio da lâmpada maravilhosa para atrair dinheiro!

AUTOESTIMA, O GUIA DEFINITIVO PARA APRENDER A GOSTAR DE SI MESMO

02/09/2020 às 08h40

Se você não gosta de si mesmo, se não confia na sua capacidade de realizar aquilo que quer, se não acha que merece obter o que almeja, você nunca vai conseguir realizar seus objetivos e sonhos. Praticamente, toda pessoa com baixa autoestima se sente incapaz, acha que não merece sucesso e desiste perante qualquer obstáculo.

Vamos primeiro analisar a sua situação atual. Como você se sente em relação a si mesmo? Neste momento exato, qual é sua opinião sobre sua capacidade? Bem, se você faz parte dos 85% da população do mundo que têm problemas de baixa autoestima, acredito que não tenha uma opinião muito boa de si mesmo. Talvez você acredite ter inúmeros defeitos.

Vamos ser sinceros: seus fracassos passados, suas falhas, as críticas e opiniões negativas de outras pessoas contra você não são fáceis de esquecer. E mesmo que você não se lembre das pessoas negativas e os insultos que lançaram na sua direção, a dor e a mágoa ainda estão gravadas abaixo de sua consciência e podem deprimi-lo. De fato, já estão fazendo isso sem que você perceba.

Mas, por que as pessoas em geral têm uma ideia negativa de si mesmas? Existe uma origem, uma causa real e definitiva de todos estes sentimentos e emoções indesejados. Continue lendo para entender como que a imagem que você tem de si mesmo pode ser reduzida.

À medida que passa pela vida, você acumula muitas experiências negativas em sua mente. Por exemplo, você consegue se lembrar de uma ocasião que alguém acabou com sua autoestima, a pessoa o desvalorizou, menosprezou, humilhou, o colocou para baixo mesmo? O que foi dito e quem disse?

Quanto mais intimamente você estiver ligado a esta pessoa, mais irá afetá-lo. Quando é, por exemplo, alguém da família como marido, esposa, pai, filho, ou do trabalho como chefe ou colega, o comentário difamatório tem um peso maior. Mesmo se o indivíduo tinha “boa intenção” quando o criticou.

De fato, não importa o que pense estar errado com você, provavelmente, isso lhe foi dito num período mais antigo de sua vida.

Algumas vezes, até o universo físico o menospreza. Você já desistiu de uma atividade porque não se sentia adequado fisicamente para realizá-la? Já se machucou? Caiu? Já bateu alguma parte do corpo? Isto é o universo físico agindo para suprimir seu verdadeiro poder.

Bem, todas estas experiências gradualmente deixam sua memória e percepções entorpecidas, embaçadas e têm um impacto negativo no seu bem-estar, felicidade e sucesso na vida.

Mas por que você deveria fazer algo a respeito? Eu sei que você quer melhorar sua vida, pois este é um impulso natural do ser humano: sobreviver da melhor forma possível e ser bem-sucedido em todas as áreas da vida.

O problema é que você não terá sucesso enquanto se sentir mal e tiver baixa autoestima por causa de atitudes e pensamentos limitantes gerados, de fato, por outras pessoas.

Os efeitos da carga ou dor mental que eu mencionei antes podem fazer com que você aja de forma irracional, ilógica. Até mudanças repentinas de atitude e humor são causadas por momentos dolorosos de seu passado, mesmo se você não tiver consciência disso, e principalmente se tiver esquecido tudo isso.

Eu poderia repetir aqui os conselhos comuns que você já leu em outros artigos, mas que são impossíveis de colocar em prática, como por exemplo: elimine a culpa e confie em si mesmo. Como fará isso se sua autoestima está baixa? Para confiar em si mesmo é necessário gostar de si mesmo.

Você busca uma resposta definitiva para aprender a gostar de si mesmo, e é por isso que está lendo este artigo.

Felizmente, existe uma solução decisiva para a espiral descendente da sua negatividade mental. E graças às descobertas revolucionárias do escritor e filósofo L. Ron Hubbard no campo da mente, algo eficiente pode ser feito a respeito disso.

O livro de melhoramento humano Autoanálise foi escrito por L. Ron Hubbard para ser seu guia pessoal de fácil aplicação cujo propósito é eliminar o dano mental passado que está causando sua baixa autoestima e falta de confiança em si mesmo.

Esse livro já foi testado e comprovado por milhões de pessoas há mais de 60 anos e realmente causa melhorias rápidas e perceptíveis.

O primeiro passo é fazer testes em si mesmo usando a Tabela Hubbard de Avaliação Humana. Você vai localizar onde está na Escala de Tom Emocional, uma escala que mostra sua condição emocional mais recorrente, a emoção que você tem a maior parte do tempo.

Logo que compreenda onde está na Escala de Emoções, você começa a aplicar uma série de exercícios mentais leves, mas poderosos, cujo objetivo é eliminar sua bagagem negativa, o peso que o está segurando e impedindo que atinja todo seu potencial.

Conseguirá se conhecer em um nível tão profundo que nunca pensou ser possível, e com estes simples processos poderá eliminar emoções negativas passadas e qualquer outro estresse mental que mantém sua autoestima lá embaixo.

L. Ron Hubbard desenvolveu a técnica de Autoanálise em 1951. Esteve em uso desde então e ainda está à frente de inúmeras outras técnicas de desenvolvimento humano, simplesmente porque funciona. Os processos são baseados em verdades fundamentais, que são leis e regras básicas da mente que nunca mudam em serem humanos.

Com a aplicação da técnica de Autoanálise, você vai realmente aprender a gostar de si mesmo em só duas semanas de forma natural sem nenhuma necessidade de conselhos, terapias caras ou medicamentos!

E quanto mais acreditar em si mesmo, mais seu potencial para o sucesso aumentará. Aliviando emoções negativas, descobrirá também que é muito mais capaz do que imagina e finalmente viverá sua vida ao máximo!

Muitas pessoas como você já estão nesta jornada de autoconhecimento profundo e fortalecimento da autoestima. Faça parte deste time empoderado!

A ORIGEM DA VIOLÊNCIA

27/08/2020 às 13h58

Vivemos em uma sociedade violenta, com crimes, corrupção e desonestidade por toda parte. Muitos se tornaram apáticos a respeito disso e acham que não há solução. Mas quando encontramos a origem de algo, é possível eliminar o mal na raiz.

Como criar uma criança feliz e saudável é algo que não é ensinado à maioria dos pais. Na verdade, muitos vão tropeçando através de todo o processo, ainda que com as melhores intenções. Consequentemente, é muito comum encontrar acontecimentos infelizes nas famílias, com atritos constantes entre pais e filhos e até um distanciamento completo.

Muitos pais ainda acham que devem educar batendo nos filhos e não se dão conta de que isto é muito prejudicial às crianças. Muitos apanharam quando pequenos e juraram não fazer o mesmo com seus filhos, mas se pegam agindo exatamente como seus pais e não conseguem mudar sua forma de atuar.

O que as pessoas não se dão conta é que violência gera mais violência. Toda violência que sofremos hoje em dia, tudo que lemos em jornais e ouvimos nos noticiários sobre a violência que existe ao nosso redor origina-se de maus tratos recebidos pela mulher grávida e pelas crianças.

Antigamente, as avós falavam sabiamente sobre a influência pré-natal e como uma mulher marcava sua criança. Muitos desses pensamentos intuitivos são baseados em dados observados. Hoje, a ciência já comprovou que a criança no ventre da mãe recebe todas as impressões, tanto físicas como psíquicas do ambiente exterior.

O escritor e filósofo americano L. Ron Hubbard foi um dos pioneiros a afirmar no livro Dianética: O Poder da Mente sobre o Corpo que a mente humana grava experiências de dor física e emocional e estas gravações iniciam-se a partir da concepção.

Hubbard comprovou que a criança no útero grava a dor física, proveniente de quedas, impactos, doenças, tentativas de aborto etc. E registra também a dor emocional que envolva a mãe durante a gravidez. Existe um relacionamento muito íntimo entre a mãe e a criança durante a gravidez.

Crianças não desejadas”, explica também Dr. Gerhard Rottmann, “são órfãos rejeitados na barriga da mãe”.

Pudemos observar”, ele explica mais, “que uma mulher que sofreu na sua gravidez tinha mais probabilidade de dar a luz a uma criança que, desde o princípio, fosse irritada e com problemas similares aos da mãe, já que uma mãe equilibrada e feliz gera uma criança harmoniosa e feliz. De acordo à atitude emocional da mãe, a criança experimenta maior ou menor segurança”.

Se por exemplo, numa discussão entre os pais ocorrem ofensas mútuas, tudo o que é dito fica gravado na parte da mente nomeada por Hubbard de mente reativa e pode influenciar a personalidade desta criança no futuro.

Se a mãe grita ao pai: “Você não presta para nada, é um perdedor, nunca será nada na vida”, estas palavras ficarão registradas também na mente reativa da criança e podem atrapalhar o seu desenvolvimento, fazendo posteriormente com que o indivíduo, agora adulto, se sinta um perdedor e não avance na vida.

Então conclui-se que quanto mais as mulheres são maltratadas durante a gravidez e quanto pior for a infância de nossas crianças, mais violência teremos ao nosso redor. Quanto mais sofrimento, dor, medo, raiva, etc. uma criança experimentar, mais chances terá de se tornar uma ameaça à sociedade.

De nada vai adiantar aumentar o policiamento, endurecer as leis, construir mais presídios e Fundações Casa se nada for feito para salvaguardar a integridade física e mental das mulheres grávidas e das crianças.

No livro Dianética, capítulo Dianética Preventiva podemos ler: “Quando se conhece a causa de algo, normalmente pode-se impedir que a causa se concretize. (…). Toda consideração deve ser prestada à mulher grávida por uma sociedade que tenha qualquer sentimento por suas gerações futuras. (…). Não é, então, uma utopia desmedida pensar que a mulher possa ser colocada ainda mais acima do que o nível até agora ocupado. E assim deve ser feito, se quisermos que a infância de amanhã alcance um melhor padrão, se quisermos que haja paz nos lares e se quisermos que a sociedade progrida. Mulher, você tem direito e razão de exigir um tratamento correto’’. L. Ron Hubbard

Portanto, tratando melhor as mulheres e as crianças já estaremos a caminho de uma sociedade menos violenta para todos!

COMO FOCAR NA PRODUÇÃO EM TEMPOS DE CRISE

19/08/2020 às 08h45

É muito fácil usar a crise como justificativa para ser improdutivo. Por isso, neste período, é necessário ainda mais atenção em manter sua agenda lotada com foco na produção

A palavra produção vem de produzir que significa “causar ou ocasionar que tenha existência”. Também significa compor, criar ou trazer à existência através de esforço intelectual ou físico. Se você quer causar que algo venha à existência, deve multiplicar tempo por ações para produzir a economia que você deseja. Não pense em economia só em termos de dinheiro, mas de todos os elementos que a compõe: bens, serviços, boa-vontade, clientes, recursos, equipamento, atividade, contato e qualquer empenho em produção.

Para esclarecer ainda melhor, o filósofo L. Ron Hubbard define produto assim: “Por produto queremos dizer algo completado que tem um valor intercambiável dentro ou fora da organização. Isto pode ser um serviço ou um artigo que foi colocado nas mãos de alguém externo á organização ou a outro membro da organização”.

Perceba que ele diz “completado” e isso significa terminado, que não falta nada. Note também que o serviço ou artigo precisa ser valioso e deve ser trocado por dinheiro ou algum outro bem dentro ou fora da empresa. Só quando um indivíduo entender bem esta definição, estabelecer qual é seu produto e o fizer com competência e em grande quantidade, poderá produzir mais e, consequentemente, ganhar mais.

Portanto, se você quer que seus sonhos e ideias avancem, tem de realizar muita produção e fazer isso de forma consistente.

Quaisquer esforços, mesmo os executados de forma inferior, vão auxiliar seu progresso em direção a avançar e conquistar, especialmente se você os faz regularmente e dá seguimento a eles com ações posteriores.

E durante um período de contração ou crise, é principalmente importante que você desenvolva um compromisso disciplinado a respeito da utilização de seu tempo e energia. A maioria das pessoas não tem o componente “avançar” em quantidade suficiente na agenda.

Por isso, é essencial que você estabeleça um horário para si mesmo bem disciplinado para se manter focado e produtivo. É fácil ser interrompido e descobrir no final do dia que não fez muito, mas passou o tempo preocupado e improdutivo. Qualquer volume de produção diária em quantidades adequadas é melhor que nenhuma produção e, assim, você terá mais chances de obter resultados.

A verdade é que o sucesso não meramente “acontece”. É o resultado de ações apropriadas, persistentes e incansáveis, realizadas através do tempo. Somente aqueles que operam com este ponto de vista e agem de forma correspondente terão sucesso.

DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE, OU TRAZ?

04/08/2020 às 16h12

Todos conhecem a frase “dinheiro não traz felicidade”, mas poucos concordam com ela. A felicidade e o dinheiro estão relacionados sim, só que na ordem inversa

Vários estudos sobre o relacionamento da felicidade com a prosperidade indicam que pessoas felizes tendem a ganhar mais dinheiro. Entretanto, os resultados desses estudos mostram claramente que a felicidade vem primeiro, e depois o dinheiro.

A pergunta óbvia é: por quê? Existem realmente muitas razões. Primeiramente, pessoas felizes são mais otimistas sobre suas vidas e ações e, portanto, estão mais dispostas a aceitar desafios e assumir riscos no trabalho. Isso é um atrativo para os empregadores que veem tais indivíduos como líderes e merecedores de promoções e aumento de salário.

Adicionalmente, pessoas felizes são rotineiramente mais saudáveis que outras não tão afortunadas. Isso significa que passam mais tempo trabalhando do que em licença médica. De fato, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Illinois, pessoas mais felizes tendem a ter quinze dias a menos de faltas por ano do que pessoas infelizes.

Enquanto isso não parece ser muito significativo, o fato é que afeta o salário do indivíduo. Além disso, pessoas infelizes, que geralmente sofrem por ter uma saúde deficiente, tendem a ser menos produtivas e eficientes que seus colegas mais felizes. E é claro que um indivíduo mais produtivo tem muito mais chance de ter um rendimento mais alto do que outro menos produtivo.

Outra razão para que os mais felizes ganhem mais é que conseguem melhores avaliações de desempenho de seus chefes, que podem resultar em crescimento na carreira e salário maior. E como a felicidade é contagiosa, os superiores, colegas e clientes dos indivíduos felizes tendem a estar mais felizes também.

Pessoas felizes são capazes de encontrar soluções para os problemas, ao invés de ficar simplesmente reclamando e criando mais trabalho para seus superiores e colegas. Elas são confiantes e interessadas em buscar formas de aumentar a produtividade e melhorar os resultados, o que, naturalmente, gera mais benefícios e rendimento para todos.

É também importante notar que um indivíduo feliz está geralmente interessado em aprender sempre mais para melhorar sua vida. Este melhoramento pessoal ou profissional pode ser de grande benefício à empresa onde a pessoa trabalha, pois é exatamente lá que ela vai aplicar suas novas habilidades e destrezas.

E para completar, quando uma pessoa possui felicidade, ímpeto, iniciativa, autoconfiança e interesse pela vida, ela se torna muito agradável aos outros a seu redor. Esta qualidade é valiosa e muitas empresas estão dispostas a pagar mais por isso.

Por isso, recomendo a leitura do livro O Caminho para a Felicidade de L. Ron Hubbard. A obra contém 21 princípios baseados em senso comum para uma vida melhor. No capítulo final, o autor escreve: “A felicidade reside no envolvimento em atividades que valham a pena. Mas existe somente uma pessoa que pode dizer, com toda certeza, aquilo que o fará feliz – você próprio“.

ANSIEDADE, 4 DICAS NATURAIS PARA ALIVIAR OS SINTOMAS

24/07/2020 às 20h24

Muitos dizem que a ansiedade é o mal do século. De fato, há muito sendo comentado a respeito. Mas infelizmente, são poucas as dicas práticas naturais para no mínimo aliviar os sintomas da ansiedade sem ter que recorrer à medicação.

Concordo que o estado de ansiedade atrapalha muito a vida de um indivíduo. Uma pessoa ansiosa não foca em tempo presente, fica tensa, preocupada, nervosa, produz menos, sente medos ilógicos, tem várias reações físicas desagradáveis, sofre de insônia e também fica mais doente.

Quando queremos resolver alguma coisa, a primeira ação é entender bem o problema. Vamos lá?

Ansiedade é um estado de apreensão ou medo provocado pela antecipação de uma situação desagradável ou perigosa. A palavra “ansiedade” tem origem no latim “anxietas”, que significa “angústia”, “ansiedade”, de anxius = “perturbado”, “pouco à vontade”, de anguere = “apertar”, “sufocar”. É muito comum sentir-se apertado ou sufocado durante as crises de ansiedade.

É claro que, às vezes, é completamente normal ter algum sintoma de ansiedade, afinal, quem nunca ficou apreensivo antes de algum evento importante? Ou nunca ficou nervoso por ter uma entrevista de emprego ou apresentação no dia seguinte e nem conseguiu dormir?

Mas quando estes sintomas tomam conta da sua vida ou quando são exagerados é necessário observar para resolver, ou no mínimo aliviar a situação.

Aqui estão quatro dicas do escritor e filósofo L. Ron Hubbard, que eu represento no Brasil, para controlar os sintomas da ansiedade:

Não leia nem veja noticiário algum durante duas semanas.

Entenda: “Mas basicamente, tudo que um jornal está tentando fazer com vocês é causar preocupação. Essa é dramatização total da imprensa: a preocupação”. – L. Ron Hubbard

Siga essa dica que apesar de ser bem simples é muito eficaz e poderá mudar bastante a forma como você se sente.

Dê um passeio. (Não leve o celular.)

Saia de sua casa e dê uma ou mais voltas no quarteirão prestando atenção ao seu redor e notando o que vê. O objetivo é que você inspecione o ambiente e descubra que nele há alguma segurança.

Dar um passeio e olhar as coisas ao seu redor é a técnica mais suave e eficaz para aliviar os sintomas da ansiedade.

Encontre algo que não seja hostil a você.

Observe as pessoas ao seu redor (pode ser em casa ou no trabalho) e encontre alguma que não seja hostil a você. Analise isso várias vezes e pense em diferentes respostas.

Encontre também diálogos e ações recentes que não foram hostis a você.

Continue fazendo isso até se sentir menos ansioso e ter alguma nova compreensão sobre seu ambiente.

Deixe de fazer coisas que o perturbem.

Pense em algo que o perturbe e não faça mais isso. Repita este passo várias vezes.

Reflita e encontre pessoas que o perturbem. Faça uma lista e não fale com essas pessoas por algum tempo.

Depois, localize atividades e pessoas que não sejam uma ameaça para você. Associe-se com elas, invista mais tempo nelas.

Coloque em prática essas quatro dicas e depois me escreva dizendo o que aconteceu.

Espero sinceramente que você consiga aliviar os sintomas da ansiedade com estes exercícios simples. Lembre-se do poder da simplicidade.

E se quiser saber sobre técnicas terapêuticas mais profundas que poderá aplicar em si mesmo, estou sempre disponível para conversar.

3 DICAS SIMPLES PARA SE MOTIVAR DIARIAMENTE

13/07/2020 às 17h16

O início de qualquer atividade é sempre mais empolgante do que mantê-la em andamento.

Após algum tempo, qualquer empreitada vai sofrer oposição, enfrentar dificuldades e obstáculos, e até amargar fracassos.

E se houver mais impedimentos do que sucessos, você acaba desanimado e perde a motivação. Para recuperá-la, vamos primeiro entender bem o significado do termo.

“Motivar” vem do Latim Medieval MOTIVUS: “o que move, o que empurra”. E esta palavra vem do Latim Clássico MOVERE: “mover, mexer, colocar em movimento”. Portanto, motivar é impulsionar a ação. É óbvio que sem movimento ou ação você não vai conseguir nada na vida. E para entrar em ação é necessário ter algum motivo.

A primeira dica e mais importante é estar focado no motivo, que de agora em diante chamaremos de propósito.

Ultimamente, muitos especialistas estão falando de propósito como se fosse algo novo que acabou de ser descoberto. O filósofo americano L. Ron Hubbard escreveu sobre a vital importância de ter e manter um propósito na década de sessenta.

O propósito é o motor que você precisa para se manter caminhando na direção de sua meta. Sem ele você fica realmente perdido.

Então, o primeiro exercício é rever suas metas e objetivos e deixar bem claro para si mesmo qual é o propósito, a razão, o motivo por trás de tudo que está tentando realizar.

Um exemplo simples seria uma pessoa que iniciou atividades físicas com o intuito de perder peso. A meta é emagrecer dez quilos. Mas o mais importante é o propósito por trás da meta. Por que essa pessoa quer emagrecer dez quilos? Para ficar mais saudável, animada, enérgica, bonita e jovem!

O primeiro dia de exercícios vai bem. No início é tudo alegria, mas logo ela começa a sentir dores, cansaço, preguiça etc. e pensa em parar ou desistir. Aí que ela tem de focar no propósito, reanimá-lo, fortalecê-lo, precisa relembrar qual são as razões por trás da meta. Às vezes, terá que fazer isso diariamente.

A segunda dica é colocar atenção nos ganhos atingidos. Reveja as suas realizações, tudo que já conseguiu alcançar. Estou certa de que você tem mais conquistas do que fracassos.

E a terceira e última dica é ter algum tipo de plano passo a passo. E todo dia avançar um pouco mais na direção da meta. Quando você percebe que está avançando, sente-se bem para continuar.

Um grande sucesso não acontece da noite para o dia. Mas se você mantiver seu propósito fortalecido, ficar atento às vitórias e tiver um plano no qual possa avançar passo a passo, estará no caminho correto.

Se quiser marcar uma entrevista gratuita comigo poderemos conversar mais como aplicar essas três dicas na sua vida.

DICAS PARA SE MANTER JOVEM E SAUDÁVEL

07/07/2020 às 16h19

Entre cosméticos, massagens e cirurgias plásticas, há uma enorme quantidade de produtos e métodos que prometem manter o corpo jovem, saudável e bonito. Mas o que você pode fazer hoje mesmo (e que não custa nada) para retardar seu envelhecimento?

Primeiro vamos ver como você está. Você se considera uma pessoa ativa? Ou está devagar, quase parando?

Será que se manter ativo poderia retardar o envelhecimento? Leia o que o filósofo L. Ron Hubbard escreveu sobre isso: “O envelhecimento é causado pela diminuição da capacidade de confrontar ação”.

E o que é confrontar? É “fazer face a”, “olhar para”, “estar confortável com”.

Portanto, o melhor remédio para quem não quer envelhecer é manter-se ativo, manter-se produtivo! E se você já é ativo, mas quer se sentir ainda mais jovem, aumente sua atividade. Tem que se mexer, tem de ter ação, mexa-se, mexa-se; nada de ficar parado meditando e pegando artrite, sentado nas pedras ou no chão gelado.

Tem gente que poderia pensar: “ah, se eu tivesse saúde e disposição eu seria mais ativo”. Mas o que vem primeiro: o ovo ou a galinha? Quer dizer, primeiro você perde a disposição ou primeiro você perde a saúde?

Vou lhe dizer: primeiro você perde a disposição, depois a saúde. Mente sã, corpo são; não ao contrário. Muitos dizem que o corpo é o espelho da alma. É verdade, se você não está bem, se sua mente não está legal, seu corpo padece.

L. Ron Hubbard, autor da Dianética, comprovou cientificamente que a mente é superior ao corpo. É a mente que manda no corpo e não ao contrário. Por isso é tão importante manter sua mente em excelente estado.

E o ditado popular “trabalhar faz bem para o corpo e para a alma” é muito correto em minha opinião. Acredito que a grande maioria dos meus leitores e ouvintes também concorde. E não é uma questão de idade, ainda mais hoje em dia.

Você poderia argumentar que já está velho, cansado, desmotivado etc., mas nem isso é um empecilho para manter-se ativo. Quem não conhece amigos ou até pessoas da nossa família, acima de 60 anos que estão cheios de vontade, permanecem na ativa, são produtivos e não conseguem ficar parados?

Eles participam de tudo na nossa sociedade: trabalham, estudam, dançam. Frequentam academias, viajam, ou seja, fazem tudo que tem direito, são muito ativos! E, consequentemente, muito mais saudáveis!

Experimente aumentar suas atividades gradativamente e verá que se sentirá melhor, retardará seu envelhecimento e viverá mais jovem, saudável e feliz!

O AMOR VERDADEIRO AINDA EXISTE?

27/06/2020 às 13h11

Há tanta informação falsa e confusa por aí em relação ao assunto do amor que é difícil conseguir uma resposta simples a esta questão: o amor verdadeiro ainda existe?

O que algumas pessoas chamam de amor é mais um tipo de tortura mental. Vem com sofrimento, crueldade, desonestidade e dor. Despedaça famílias e amizades, destrói auto-respeito e confiança.

Há também a ideia de um dia encontrar “a pessoa perfeita” ou “minha alma gêmea”. Isso parece ser o caminho para decepção, desespero e solidão já que buscamos por alguém que não existe.

E como seria realmente se um dia você encontrasse a pessoa perfeita? Como a trataria se você mesmo não é perfeito?

Ao invés de olhar lá longe para encontrar aquela pessoa maravilhosa que fará sua vida feliz e gratificante, você deveria estar olhando para o espelho.

Se você quer amor verdadeiro, precisa ser capaz de dar amor verdadeiro. Se quiser encontrar alguém a quem possa confiar seus sonhos e esperanças, você precisa ser digno de confiança.

Se quiser alguém que lhe possa dar um futuro melhor, mais adequado é que esteja ativamente trabalhando em construir esse futuro melhor por si mesmo ou ele nunca acontecerá.

Amor verdadeiro é a parte principal de uma família feliz, ou de uma boa amizade, ou de um relacionamento pleno. Ele não é destrutivo e é muito maior que uma atração sexual momentânea ou uma temporária obsessão de várias tonalidades de cinza.

Amor verdadeiro começa libertando as suas emoções de impulsos irracionais e transtornos do passado. Significa ser capaz de controlar sua própria mente e emoções com o intuito de criar felicidade verdadeira para si mesmo e os outros.

Mas como fazer isso de forma eficiente, quer dizer, com resultados duradouros e sem gastar muito tempo e dinheiro? A técnica terapêutica de Autoanálise desenvolvida pelo filósofo L. Ron Hubbard está sendo aplicada com ótimos resultados em vários estados do Brasil.

Descubra este método que pode mudar sua vida e aprenda como recuperar sua capacidade de controlar sua mente e criar o amor e a felicidade que tanto deseja.

DE QUE VOCÊ TEM MEDO?

24/06/2020 às 08h59

O medo é uma emoção que pode limitar suas ações e impedir que atinja seus objetivos na vida. Por isso, é vital entender a origem do medo e como se livrar dele

O medo é uma emoção humana natural que aparece quando estamos em uma situação de perigo ou ameaça. Ela é importante neste momento exato e deveria entrar em ação somente quando há algo no ambiente presente que possa nos causar algum dano real.

O medo começa a ser um problema quando ele aparece, de uma hora para outra, sem que exista nada ao nosso redor que o justifique.

Existem também medos específicos como o de dirigir, de altura, de barata, de falar em público, de fracassar etc. Mas quando queremos nos livrar deles, não há nenhum benefício ou vantagem em catalogar ou classificar os tipos de medos. Medo é medo, e só deveríamos senti-lo quando há uma razão real e presente no aqui e agora.

Mas o que podemos fazer se sentimos medos ilógicos, irracionais, que não se justificam? O primeiro passo é entender como a mente funciona.

Mente Analítica versus Mente Reativa

A maioria de suas memórias está gravada na parte consciente de sua mente, aquela que você usa para pensar, lembrar e calcular. No livro Dianética, é chamada de Mente Analítica – porque você a usa para analisar informação e tomar decisões racionais que irão melhorar sua vida.

Com uma mente tão maravilhosa como essa que acabei de descrever, por que as pessoas fazem tantas bobagens, cometem tantos erros e têm tantos medos? O autor do best-seller Dianética, o filósofo L. Ron Hubbard foi atrás desta resposta e por isso descobriu a mente reativa.

O fato é que algumas de suas experiências estão gravadas numa parte diferente da sua mente – uma parte que não pensa racionalmente e que não pode tomar decisões sensatas. Esta é a Mente Reativa. “Reativa” porque o controla e influencia suas decisões, sem que você nem sequer saiba disso, causando que você reaja perante estímulos do ambiente de uma maneira muito automática. Ela produz emoções prejudiciais e inibidoras, assim como sensações e comportamentos ilógicos e irracionais.

Como funciona a Mente Reativa

Sua mente reativa contém todas as percepções e sensações de cada experiência dolorosa de sua vida. Estes incidentes permanecem registrados de forma bem profunda, abaixo de sua consciência. Posteriormente, quando você fica exposto a situações similares, essas gravações são reativadas, numa tentativa de evitar situações semelhantes às experiências dolorosas do seu passado. Infelizmente, esses incidentes dolorosos tem o poder de controlar suas emoções, seus pensamentos e suas ações –contra sua vontade e decisão.

Portanto, quando você sente qualquer tipo de medo ilógico, é a mente reativa remexendo em alguma experiência de perigo, ameaça e consequente medo real que ficou registrada em algum período de seu passado.

A solução é entender estes mecanismos da mente muito bem a assim impedir que a mente reativa aja livre e solta contra você. Através da compreensão completa do funcionamento da mente, você alcançará um nível bem mais elevado de autoconhecimento, autoconfiança e poderá se livrar de todos os seus medos!

COMO ATINGIR SEUS OBJETIVOS E SER FELIZ

18/06/2020 às 16h33

Todo o mundo que ser feliz! Você quer? Claro que sim!

Já está mais que comprovado que pessoas felizes são mais autoconfiantes, otimistas, perseverantes, saudáveis e até vivem mais!

Portanto, se você soubesse o que é a felicidade e como atingi-la, acredito que esta informação seria de grande valor para sua vida. Concorda?

Vamos começar, então, entendendo o que é felicidade.

Leia esta citação: “A felicidade pode ser definida como a superação dos obstáculos na direção de um objetivo desejável”.  – L. Ron Hubbard

Analise se este dado é verdadeiro. Lembre-se de quando superou uma dificuldade ou resolveu um problema que o deixou mais perto da realização de seu sonho. Como se sentiu?

Observe na vida em geral e irá encontrar muitos outros exemplos.

Pense em um atleta que está começando e tem como objetivo participar de uma Olimpíada. Imagine quantos obstáculos ele deverá enfrentar e vencer por muitos anos até concretizar o grande sonho olímpico.

A cada obstáculo superado, ele ficará feliz. Por isso que muitas pessoas dizem que a felicidade está no caminho.

E, portanto, se para ser feliz precisamos vencer barreiras na direção de objetivos, qual é o fator mais vital de todos?

Ter muitos objetivos, sonhos e metas! Sem objetivos, como que alguém poderia ser feliz?

Outra citação pertinente: “Se um indivíduo puder sonhar, se ele puder ter objetivos, poderá ser feliz e estar vivo. Se ele não tiver objetivos, não terá nem mesmo um futuro”. – L. Ron Hubbard

Vamos praticar? Dê uma pausa na leitura e escreva cinco objetivos que você tem.

Eu espero…

Escreveu? Muito bem!

Agora está mais fácil ser feliz! Você só precisa iniciar seu caminho na direção desses objetivos. Não sabe como?

Bem, agora vem uma daquelas dicas de ouro.

Para cada objetivo que escreveu, pense sobre o propósito que está por trás.

O propósito é a razão pela qual você quer atingir cada um dos seus sonhos.

Encontrar o propósito e até mesmo reavivar algum que esteja meio morto é um dos exercícios mais poderosos que existem!

Aguardo, então, para que você escreva os propósitos de cada um de seus objetivos escritos. Lembre-se de reavivar propósitos de seus projetos fracassados, busque a razão pela qual você queria atingir os objetivos que não deram certo.

Como se sente? Se fez os exercícios propostos deve estar se sentindo mais revigorado! Muito bem!

Além do propósito, há mais fatores que são importantíssimos para a realização de seus objetivos.

Eu gostaria de ensiná-lo quais são esses fatores e como usá-los para que você pudesse concretizar seus sonhos!

Afinal, não basta só desejar para milagrosamente receber o que desejou. É necessário que certas ações sejam realizadas no mundo real que provocam alguma mudança parta melhor e representam um passo à frente na direção da meta,

Para ajudá-lo a fazer exatamente isso, gravei uma aula online “Como Atingir seus Objetivos”.

Resumindo, para ser feliz, você precisa vencer obstáculos na direção de seus objetivos. Por isso, é essencial ter objetivos para alcançar, saber como superar as barreiras e persistir até realizá-los.

Pronto para começar? Inicie com as minhas dicas acima.

Se quiser aprofundar, fale comigo para acessar minha aula online Como Atingir seus Objetivos, na qual poderá aprender tudo que precisa saber para tornar todos os seus sonhos uma realidade!

ANSIEDADE, QUATRO DICAS NATURAIS PARA ALIVIAR OS SINTOMAS

24/03/2020 às 09h30

Muitos dizem que a ansiedade é o mal do século. De fato, há muito sendo comentado a respeito. Mas infelizmente, são poucas as dicas práticas naturais para no mínimo aliviar os sintomas da ansiedade sem ter que recorrer à medicação.

Concordo que o estado de ansiedade atrapalha muito a vida de um indivíduo. Uma pessoa ansiosa não foca em tempo presente, fica tensa, preocupada, nervosa, produz menos, sente medos ilógicos, tem várias reações físicas desagradáveis, sofre de insônia e também fica mais doente.

Quando queremos resolver alguma coisa, a primeira ação é entender bem o problema. Vamos lá?

Ansiedade é um estado de apreensão ou medo provocado pela antecipação de uma situação desagradável ou perigosa. A palavra “ansiedade” tem origem no latim “anxietas”, que significa “angústia”, “ansiedade”, de anxius = “perturbado”, “pouco à vontade”, de anguere = “apertar”, “sufocar”. É muito comum sentir-se apertado ou sufocado durante as crises de ansiedade.

É claro que, às vezes, é completamente normal ter algum sintoma de ansiedade, afinal, quem nunca ficou apreensivo antes de algum evento importante? Ou nunca ficou nervoso por ter uma entrevista de emprego ou apresentação no dia seguinte e nem conseguiu dormir?

Mas quando estes sintomas tomam conta da sua vida ou quando são exagerados é necessário observar para resolver, ou no mínimo aliviar a situação.

Aqui estão quatro dicas do escritor e filósofo L. Ron Hubbard, que eu represento no Brasil, para controlar os sintomas da ansiedade:

Não leia nem veja noticiário algum durante duas semanas.

Entenda: “Mas basicamente, tudo que um jornal está tentando fazer com vocês é causar preocupação. Essa é dramatização total da imprensa: a preocupação.” – L. Ron Hubbard

Siga essa dica que apesar de ser bem simples é muito eficaz e poderá mudar bastante a forma como você se sente.

Dê um passeio. (Não leve o celular.)

Saia de sua casa e dê uma ou mais voltas no quarteirão prestando atenção ao seu redor e notando o que vê. O objetivo é que você inspecione o ambiente e descubra que nele há alguma segurança.

Dar um passeio e olhar as coisas ao seu redor é a técnica mais suave e eficaz para aliviar os sintomas da ansiedade.

Encontre algo que não seja hostil a você.

Observe as pessoas ao seu redor (pode ser em casa ou no trabalho) e encontre alguma que não seja hostil a você. Analise isso várias vezes e pense em diferentes respostas.

Encontre também diálogos e ações recentes que não foram hostis a você.

Continue fazendo isso até se sentir menos ansioso e ter alguma nova compreensão sobre seu ambiente.

Deixe de fazer coisas que o perturbem.

Pense em algo que o perturbe e não faça mais isso. Repita este passo várias vezes.

Reflita e encontre pessoas que o perturbem. Faça uma lista e não fale com essas pessoas por algum tempo.

Depois, localize atividades e pessoas que não sejam uma ameaça para você. Associe-se com elas, invista mais tempo nelas.

Coloque em prática essas quatro dicas e depois me escreva dizendo o que aconteceu.

Espero sinceramente que você consiga aliviar os sintomas da ansiedade com estes exercícios simples. Lembre-se do poder da simplicidade.

E se quiser saber sobre técnicas terapêuticas mais profundas que poderá aplicar em si mesmo, estou sempre disponível para conversar.

COMO SE BLINDAR DE PESSOAS NEGATIVAS

20/03/2020 às 09h53

É claro que você já ouviu falar sobre influências malignas. Oh! O que seria isso? Fantasmas, espíritos do mal, exus, vampiros, almas penadas? Nada disso! Estou me referindo aos pessimistas de carne e osso que você tem em sua casa ou trabalho.

Vou refrescar a sua memória.

Já aconteceu uma ocasião em que você escutou ou leu sobre um assunto positivo, ficou bem animado com o tema, contou para algum membro da família, colega de trabalho ou amigo e recebeu um banho de água fria? A pessoa nem sabia direito do que se tratava, mas foi logo dizendo que não servia, que era uma perda de tempo, que você era louco por acreditar nestas coisas, que tudo na vida é ruim mesmo e que nada pode ser feito a respeito. Quantas vezes você já passou por isso?

E em quantas outros momentos você ficou bastante empolgado com algo: um trabalho, um curso, alguma coisa que você decidiu fazer, um novo negócio ou parceria, e acabou completamente desanimado depois de contar seus planos para outra pessoa?

A convivência com os outros pode ser um grande problema em sua vida. Até mesmo em empresas, o maior problema é entender e trabalhar bem com outras pessoas. E a pessoa pessimista é uma das mais complicadas de se ter por perto. Por quê?

O pessimista é aquele que sempre espera o pior de todas as situações e de outras pessoas, com pensamentos e atitudes negativas. Ele sempre enxerga o copo “meio vazio”, sem nem considerar que o copo poderia estar “meio cheio”.

Mesmo que as evidências indiquem que o pior não vai acontecer, a pessoa pessimista insiste e acredita que vai. E ela ainda costuma defender seu pessimismo, pois acredita com convicção em suas crenças e limitações negativas.

Winston Churchill disse que “o pessimista vê dificuldade em cada oportunidade; o otimista vê oportunidade em cada dificuldade”. Complicado, não?

Mas, será que seria possível não se deixar levar pelo pessimismo dos outros? Não se impregnar com o negativismo de familiares, amigos e colegas de trabalho? Não entrar na mesma sintonia negativa e derrotista?

É realmente difícil. Por mais que você diga que pessoas pessimistas não o afetam, de alguma forma, elas o fazem ficar, no mínimo, indeciso em relação ao que você considerava positivo antes de receber os conselhos desmotivadores.

Vamos pensar na crise. É fato que política e economicamente estamos vivendo tempos desafiantes. Mesmo assim, você sabe que é melhor manter seu otimismo e pensar que as coisas não estão tão ruins assim e vão melhorar.

Isso funciona temporariamente, mas logo cai por água abaixo quando algum familiar, amigo ou colega pessimista entra em cena para lhe contar algo ruim que aconteceu, como quantas pessoas foram despedidas em tal empresa ou qualquer outra má notícia.

Aí seu otimismo já entrou pelo ralo. E juntando isso à dificuldade que, de fato, está enfrentando, você acaba caindo na mesma sintonia pessimista e conclui que a crise é realmente muito ruim, sente pena de si mesmo, fica apático e diminui suas ações.

Até mesmo os noticiários e novelas podem influenciá-lo negativamente e acabar com todo seu positivismo. Quem consegue permanecer otimista depois de assisti-los?

Mas por que outras pessoas conseguem afetá-lo tanto assim e impregná-lo com emoções negativas? Por que você não consegue manter seu ponto de vista positivo quando está junto de pessoas pessimistas?

Aqui está a grande novidade e o grande pulo do gato da Dianética, método de melhoramento pessoal desenvolvido por L. Ron Hubbard: é por causa da existência da mente reativa. Nela estão armazenadas todas as suas experiências dolorosas, e mesmo não se lembrando delas, o negativismo ao seu redor traz à tona suas próprias vivências negativas. E é por isso que você se sente mal.

Não é que você esteja puxando para si o negativismo do outro. O negativismo não passa de uma pessoa para outra. É o seu próprio negativismo gravado na sua mente reativa que vem à tona devido a presença de estímulos negativos. Faz sentido?

A emoção negativa do outro reativa a emoção negativa gravada na sua mente. Deu para entender? Por isso que é tão importante compreender como sua mente funciona e principalmente como você pode se aliviar definitivamente de suas experiências dolorosas do passado, tanto físicas quanto emocionais.

Portanto, se você quer se manter imune ao negativismo dos outros, você precisa eliminar o seu próprio. E a única maneira de fazer isso é investir em profundo autoconhecimento. Isso não acontece da noite para o dia ou em um fim de semana.

Mas com o gradativo alívio da carga nociva contida em registros mentais de dor e sofrimento do passado, você ficará naturalmente cada dia mais positivo e desta forma vai atrair positividade para sua vida.