Revista Statto

ABRANDAR O SOFRIMENTO

23/11/2020 às 11h12

A vida de todos os seres humanos, mais cedo ou mais tarde, é tocada pela dor.

Resistir a isso só aumenta o sofrimento.

É preciso entender a origem da dor e com isso eliminar este karma.

Estamos com nossa Essência em processo de evolução. Não usamos tão pouco de nosso cérebro por acaso.

A nossa resistência às coisas em nossa volta, é a principal causa do nosso sofrimento. Este acontece quando resistimos e não aprendemos com o que veio. Se não se pode fazer nada, relaxe. Analise porque está acontecendo e assim interprete ao seu favor. É preciso aprender com a “lição”.

Ela, a dor, nasce de nossas atitudes, desta e de vidas passadas e, por isso ficamos (do + ente). DOENTE. Tudo é resgate.

A doença vem de nossas PEQUENAS atitudes ou falta delas. Precisamos compreender e aceitar isso, para termos uma vida mais saudável.

A Filosofia de Vida Budista tem uma maneira muito particular de lidar com a dor. Esta Filosofia incentiva a crença, de que é possível acabar com o sofrimento, embora ele possa ser até uma parte inevitável do aprendizado ou resgate, de uma vida.

Agora, aceitar a dor não significa NECESSARIAMENTE resignar-se.

Sempre, a Diabete vem, quando a vida está amarga.

O Zumbido no ouvido aparece, quando somos obrigados a escutar, o que não gostaríamos de ouvir…

A dor de garganta vem quando nos calamos e não expressamos o que queríamos dizer…

O Filosofia Budista afirma e mostra, que a dor nasce da omissão ou, da má aplicação de nossos valores.

O caminho adequado, é, OS conhecermos e, evoluirmos, com NOVOS VALORES e atitudes.

Por sua vez, esta Filosofia indica que existem, basicamente, caminhos que devem ser praticados livremente para que a paz, a evolução e a harmonia prevaleçam nas nossas vidas.

SE VOCÊ ACHA QUE TEM UM PROBLEMA, VOCÊ TEM UM PROBLEMA

Repare que tudo é olhado através de uma perspectiva. Em um determinado momento as coisas parecem difíceis, no outro não.

Sabendo disso, caso tenha uma dificuldade, escolha entendê-la como um desafio, uma oportunidade de aprendizado.

Definir Metas e Objetivos Éticos e Nobres.

Os verdadeiros budistas, PRECISAM aprender a definir propósitos nobres. Seguirem suas mentes, sem se preocuparem com o que os outros acham disso.

É uma maneira de acabar com o sofrimento porque, eles, OS NOVOS PROPOSITOS, sempre nos levam a satisfações mais internas, em um processo de evolução.

Sentir-se útil a si e, assim perceber a sua evolução, dá mais sentido aos nossos esforços.

Nosso caminho tem que ser nobre e cheio de posturas educadas.

A MUDANÇA COMEÇA EM NÓS MESMOS.

Seu mundo exterior é um reflexo do seu mundo interior. Temos o hábito de achar que tudo ficará bem quando as circunstâncias mudarem. A grande verdade, no entanto, é que as circunstâncias só mudarão quando essa mudança ocorrer em nosso interior.

O FUTURO DEPENDE DO PRESENTE.

NÃO EXISTE APRENDIZADO MAIOR DO QUE FALHAR.

O fracasso não existe!!! Entenda isso de uma vez por todas. Todas as pessoas de sucesso já falharam diversas vezes.

Aproveite suas falhas para ter um grande aprendizado. Se fizer isso, na próxima vez estará mais perto do sucesso. Fácil? Óbvio que não.

A falha é sempre uma lição de aprendizado. Só há erro, quando a falha é repetida. Não se preocupe em falhar, preocupe-se se errar…

APRECIE O PRESENTE

Nós só temos o momento presente! Portanto não o deixe passar, perdendo tempo com o passado.

Valorize seu momento presente pois ele é único e importante. É a partir dele que criamos a nossa vida futura.

Por isso a aposentadoria precisa ser bem equacionada. A pessoa precisa saber se sentir útil a si e, ao meio em que vive.

Nossa saúde vem de nossos valores e como os aplicamos.

Fácil? Óbvio que não. Estamos em processo de evolução.

Depois que descobrimos uma resposta, vem outra questão.

Isso é evoluir.

Cuide-se.

ADESTRAR X EDUCAR

20/11/2020 às 13h29

A Educação nos torna Guerreiros.

O Adestramento nos deixa submissos.

A Educação nos deixa Senhores de uma Vida.

O Adestramento nos coloca sob Comando.

A Educação gera Fibra de Vida.

O Adestramento Medo.

Há, com base nestas afirmações, uma diferença muito grande entre Religiões e Filosofia de Vida.

A Religião, te quer adestrado, obediente.

A Filosofia de Vida, te deixa educado, senhor da sua vida.

Assim, é importante analisarmos o que e, como somos, com nossas atitudes, no nosso dia a dia.

Hoje, mais do que nunca, é importante prestarmos atenção no que falamos e, como nos comportamos frente a todas estas adversidades que somos obrigados a conviver.

Nestes dias de Pandemia, muitas pessoas não sabem a importância de terem controle sobre o que falam. Sobre suas atitudes, zelos de saúde, e cuidados.

A força da palavra é descomunal e, precisamos prestar atenção neste detalhe.

A construção da energia que desfrutamos, vem de como nos comportamos e, o que fazemos com as nossas colocações em PALAVRAS.

Releio seguido o que guardei de meu Mestre Nitiren Daishonin e, sigo a intuição de dividir o conhecimento com vocês.

Por isso, acho importante mostrar novamente meu diálogo com Nitiren, muitos anos atrás:

Fiquei muito honrado com a atitude que você tomou em relação a minha pessoa, mas, um budista vive a vida feliz.

Não precisa se castigar para conseguir alguma coisa.

Precisa só prestar atenção no que acredita, no que pensa e como fala.

A vida é Causa e Efeito.

Neste novo ciclo de sete anos que iniciou neste dia primeiro de abril, (foi em 2014) a VÓZ PURA DE LONGO ALCANCE ficou ainda mais forte.

É preciso que se preste muita atenção no que se fala e, o que se comenta e, como posicionaremos a nossa voz, às nossas verdades.

Não acho que você deva manter a sua promessa.

Nós dois poderemos agir de forma diferente e conseguirmos o mesmo objetivo. Acho que você concorda comigo. Se punir é uma forma de Inferno.

O primeiro Estado de Consciência da Filosofia de Vida Budista é o Inferno.

Mas, jamais um local, e sim, a forma como o Ser Humano atua com sua mente e, com as suas definições.

Eu crio o meu Estado de Inferno, com a maneira como encaro as minhas dificuldades que, efetivamente, foram criadas por mim.

Sabe Saul, transformar o Inferno, um Estado de Consciência, como um local, é apenas para criar medo nas pessoas e, quem tem medo, está sob controle.

Se você se punir, se castigar, para conseguir alcançar um objetivo, você está criando o seu Inferno…. Não precisa agir assim.

Ficarei mais honrado ainda, se você cancelar a sua promessa e assobiar, cantarolar (você sabe que a canção é um mantra, não é verdade) vais atingir seu objetivo de maneira mais tranquila.

Nós dois estaremos mais felizes.

Assim, o Inferno faz parte de nós e de como nos colocamos com relação ao momento, ao eventual problema e, ao meio em que vivemos. Sair dele depende, também, de nós, de nossa reação positiva.

Não é verdadeiro pensar que se tenha, que exista, um comandante de nosso Inferno, que não sejamos, nós mesmos.

Quanto mais adestrada foi a pessoa, no seu processo de educação, mais fácil é dela se encontrar no Estado de Inferno.

O adestrado é um medroso e, quem tem este sentimento, é uma presa fácil dos aproveitadores”.

Precisamos saber interpretar, ao nosso favor, a mensagem que Nitiren nos deixou.

Toda pessoa que se sente vítima e aprisionado, é um adestrado.

Toda pessoa refém da vaidade da sociedade, é um adestrado.

Toda pessoa que se preocupa com o que os outros pensam dela, é um adestrado.

Toda pessoa que sente medo, não importa do que, é um adestrado.

O Educado sempre tem uma SUPER AÇÃO, ou ainda, uma superação de suas dificuldades e desafios.

O Educado tem Conhecimento, aplica, analisa, avalia e com isso adquire Sabedoria.

Analise e seja EDUCADO.

Sei que nos veremos.

AUTO AVALIAÇÃO

16/11/2020 às 10h00

Sempre existe uma base para se começar a entender e a interpretar o que somos…

Assim, importantes termos consciência e aceitarmos, de que o Universo, sempre existiu.

Ninguém o criou. Ele, o Universo, não teve começo nem tem fim. Já se conhece que existem mais de 3.3. Trilhões de Galáxias.

A nossa, a Via Láctea, tem mais de 250 bilhões de estrelas. Nosso sol é apenas uma delas…

Assim, quer saber quem é o seu deus?

Fácil! Olhe no espelho.

Você toma todas as decisões em sua vida. Não importa se forçado ou por atitude própria.

Você decide…. Você propaga…. Você admira…. Você se irrita…. Você aceita…. Você deixa seu corpo doente…. Você é o leme…

Quais as circunstâncias para que nossas decisões aconteçam?

Várias.

Valores Mentais que geram as nossas Atitudes Próprias. Quais Valores? Sociais, Profissionais, Religiosos e Familiares. Eles são os “quatro pés de nossa mesa desta vida”.

Nossas determinações, ou imposições do meio em que vivemos.

Legislação, e Regras da sociedade que frequentamos nesta vida.

Enfim, não importa como tudo chega até nós e, porque temos que aceitar as coisas. De qualquer forma, a decisão é nossa.

Forçados ou por vontade própria.

Se fomos forçados, temos que avaliar o meio que vivemos, trabalhamos ou só desfrutamos, e, porque nos sub julgamos e aceitamos.

O importante é termos presente que, sempre, a decisão é nossa.

Assim, não adianta responsabilizar terceiros por nossas falhas.

Outro fator importante é conhecermos e avaliarmos as intenções de quem nos cerca. Estão conosco porque nos amam, respeitam, são verdadeiros amigos, ou, precisam de nós?

Quanto mais se tem, mais amigos aparecem…

Quanto mesmo se tem, mais sinceros são os amigos.

Assim, é importante, sempre, fazermos uma Auto Avaliação e nos conhecermos cada dia de maneira mais profunda.

Todas as decisões, não importa como e porque, são tomadas por nós.

Existem algumas coisas que nos ajudam…

Meditar…. Acalmar a mente… Cuidar do que se fala…. Evitar palavras e temas negativos… Saber que somos fruto da Energia que criamos…. Jamais tomar decisões no momento da irritação, paixão, ou da euforia…. Conviver com pessoas de boa frequência…

Claro que não se trata de algo fácil. Se fosse fácil não seria para nós… Só assim crescemos e evoluímos. Sabendo viver corretamente a nossa vida.

Tudo faz parte de nosso processo de crescimento de Essência.

Quando descobrimos a resposta da indagação ou pergunta, o Universo muda a pergunta. Assim se evolui…

Preste atenção: Já viu um fofoqueiro (a) feliz?

Cuide-se, se Auto Avaliando.

AUTO APRIMORAMENTO

09/11/2020 às 23h19

Primeiro, e mais importante, por ser a base de uma Filosofia de Vida e não uma religião, precisamos aceitar que somos uma Essência em processo de evolução.

Importante também, termos consciência que iremos, como humanos, passar por todos os Signos.

Inevitável sabermos que ninguém pode interferir em nosso aprendizado, a não ser que seja solicitado, e, que não existe uma força única que muitos chamam de pai.

Vital darmos atenção para o retorno em nossas vidas. Somos, hoje, o efeito daquilo que plantamos no passado.

Não chamamos o momento atual de PRESENTE, por acaso. Ele precisa ser interpretado como um ganho, porque exatamente agora, eu posso começar o meu NOVO processo de vida.

Com o passado, nada posso fazer, além de colher experiências de como faço e, de como não se deve fazer.

O FUTURO depende de meu PRESENTE.

Sim, sou hoje, Causa e Efeito daquilo que decidi no passado.

É muito importante termos esta consciência, de que somos hoje o fruto do que plantamos no passado com atitudes ou mesmo, simplesmente palavras.

Minha vida, eu determino. Minhas colheitas, eu plantei. O meu futuro, eu decido.

Fácil? Óbvio que não.

As pessoas não entram em depressão por acaso. Não decidiram ao seu favor e foram se sub julgando…. Colheram depressão…

Ou você já descobriu por que usamos pouco de nosso Cérebro? Sabe entender e aceitar, que oscila em torno de 6 a 10%! Para uma única vida? Novamente afirmo: É Óbvio que não.

Você pode estar se perguntando de onde tirei estas deduções e conclusões?

Da Filosofia de Vida Budista que meu Mestre Nitiren Daishonin me ensinou. Se nossa vida não está boa, há uma explicação:

Olhemos para o passado e vejamos qual atitude tomamos que não deveríamos ter implantado, dado vida a ela? Forçados ou não, pouco importa, aceitamos o que foi imposto e assim plantamos”.

A pior coisa que pode acontecer é, só nos lamentarmos e, não tomarmos uma decisão ao nosso favor.

É preciso controle emocional para sabermos Olhar e Ver, o que efetivamente fará a diferença em nosso futuro. Só lamentar cria doença. O corpo reflete nossa falta de atitude a favor de nossos valores e, dele.

Ele é o nosso altar desta vida. É com ele que seguimos em frente. Cuidar da sua saúde, é fundamental.

Sim, somos a Energia que produzimos com a nossa Mente. Não existe compra de Energia e consequente aprovação. Guarde seu dinheiro para viajar, estudar, sair da rotina. Invista em sua mente e controle o que faz com o que tens.

Há um caminho que precisamos prestar atenção…

Quais são os meus VALORES? Eles “geram” meus PENSAMENTOS.

Com meus pensamentos eu construo as minhas verdades. Estas “geram” as minhas PALAVRAS. É com elas que eu PLANTO MEU CAMINHO. Assim terei minhas futuras ATITUDES. Esta postura vai “gerar” meus HÁBITOS e até vícios de posicionamento.

Assim, sabe o que está em nossas mãos?

Nosso DESTINO.

Muito importantes termos conhecimento, lermos, viajarmos, descobrirmos o novo, mas, é fundamental, termos consciência que não devemos decidir nada em nossas vidas, nos extremos das nossa Energia…. Não tomar decisões irritado, nem apaixonado…. Tudo é extremo.

Não é uma tarefa fácil, nosso auto aprimoramento. Mas, conseguimos. Temos que saber nos controlar, para assim sabermos decidir ao nosso favor.

Sabe o significado de Budismo?

Não! Caminho de LUZ.

Sabe o significado de Buda?

Não! Iluminado.

Não existe só um Buda…. Há vários, muitos…. Eu já conversei com três

Importante em nossa vida é A+COR+DAR…

Sim, acordar e, desta forma, dar cor e brilho, a nossa atual existência. Cada cor tem a sua própria energia. Não existem 7 no Arco Íris por acaso…

Sim, na atual existência, porque como humanos, percorreremos todos os signos. Em cada um deles, temos algo a assimilar, aprender e assim evoluir.

Mas, assim é, cada encarnação. Áries a Peixes.

Somos fruto do que pensamos, falamos, aceitamos e decidimos. Simples assim, mas complicado de se exercer e executar.

Cuide-se. Sei que nos veremos.

O UNIVERSO NUM CORPO HUMANO

03/11/2020 às 15h16

Em 1995 a NASA utilizava o Telescópio Hubble para fazer suas pesquisas na busca de desvendar os mistérios do Universo. O titular da gestão das experiências era Robert Willians.

Um dia, para surpresa dos cientistas, ele determinou que o Telescópio avançasse na Zona mais escura do céu. Um lugar que nunca se havia observado. Ponto Negro como era conhecido.

Logo, dias apenas, que o Hubble adentrou o escuro do espaço cósmico, começou a mostrar Galáxias e mais Galáxias. Uma infinidade delas.

Para podermos começar a entender a dimensão do que se descobriu, uma foto que foi revelada pela NASA, precisava de 12.000 anos Luz para ser alcançada aquela Galáxia.

Ora, isso era apenas o começo.

Hoje já se sabe que existem mais de 3.3 trilhões de Galáxias. E que o Universo sempre existiu e não tem começo nem fim.

Nós vivemos em uma delas, a Via Láctea, que possui nada mais nada menos que 250 bilhões de Estrelas.

Somos hospedes de uma destas 250 bilhões de estrelas. O nosso Sol. E nele existem 8 planetas. Nós habitamos um deles, a Terra.

Porque estou escrevendo tudo isso?

Por que, para mim, houve uma enorme diferença, em meus valores, que geram meus pensamentos e futuras atitudes, quando isso se fez presente em minha memória.

Vários valores formam mandados embora para que eu me adaptasse ao novo momento que havia entrado. Quando adquirimos no vos conhecimentos precisamos ter sabedoria em aplicar em nossos valores.

Ora, nada chega até nós por obra do Acaso e quando chega temos que ter competência para interpretar ao nosso favor.

Na capa do meu último livro, MAIOR INIMIGO, eu fiz questão de escrever: “SOU O INFINITO QUE SE TORNOU UM CORPO”.

Somos a Energia dele, do Infinito, do Universo e não usamos apenas 10 % de nosso cérebro por acaso.

Vamos passar por todos os Signos para nossa evolução e em cada um deles temos que aprender alguma coisa, de forma sistemática.

No signo de Gêmeos, por exemplo, temos que viver aprendendo a decidir ao nosso favor. Sempre teremos opções ou exigências de decidir a favor do meio em que vivemos e contra nós.

No signo de Libra, por exemplo, somos testados quase que diariamente para termos equilíbrio em nossas ações. A vida vais nos testar para que tenhamos consciência de que somos o que pensamos ser.

No signo de Aquário temos que mostrar com atitudes e, não com discursos, que sabemos o que estamos falando, construindo e agindo.

Sim, em cada Signo há uma fase de aprendizado de nossa Essência na forma Humana.

Cabe a cada um de nós decidir como vai ser o nosso novo momento. No Universo, nenhuma outra Essência pode interferir em nossas decisões.

Eu crio as minhas verdades. Eu construa a Energia adequada para o meu momento.

É óbvio que a religiões pregam o contrário…

Decida ao seu favor.

Cuide-se

OBSERVAR-SE

23/10/2020 às 10h53

A maioria de nós não sabe interpretar um emissário, um problema que temos ou mesmo uma dificuldade aparente. Não observamos porque SIMPLESMENTE fomos treinados a obedecer…

Para nós, quando algum fato interessante acontece, ou é desgraça ou coincidência ou ainda ajuda de algum super ser.

As religiões querem assim. Sermos míopes para a vida e seguirmos só o que interessa a elas. Afinal a expressiva maioria contribuí forte e financeiramente para a “Obra do Senhor”…

Não nos damos conta de que o LIVRE ARBITRIO é uma regra fortíssima e que NINGUÉM pode ou deve interferir na nossa caminhada, e consequentemente no aprendizado do outro ser humano.

Qual o preço de seguirmos os outros? Vários…

Simplesmente não entendemos porque ficamos doentes! Não sabemos que as desgraças são retorno de nossas posturas inadequadas desta e de vidas passadas! Não entendemos os sinais que a vida nos apresenta e, assim não evoluímos! Não nos capacitamos a evitar problemas! Nós nos tornamos reféns de coisas materiais! O exterior prevalece em detrimento do interior! Festas e badalações são mais importantes do que o encontro consigo mesmo! O dinheiro passa a ser tudo! Não damos atenção para a nossa intuição!

É óbvio que, em meio à forma como vivemos, fica muito difícil de encontrar o caminho adequado para cada um de nós. Principalmente se não estamos satisfeitos com as nossas colheitas. Evitei, propositalmente, de colocar a palavra conquistas. Preferi optar por colheitas. Com o tempo, e seguindo você mesmo, vais descobrir que as palavras são “gêmeas”.

Sempre os problemas que temos, quando não entendemos o que fazemos neste planeta, a culpa é de alguém. Precisamos buscar o culpado. O “capeta” está sempre na liderança do mal. É um absurdo isso. Responsabilizar uma figura que não existe como responsável pelo que nós colhemos, contrário ao que queremos.

Sempre os percalços são “coisas da vida” e nunca retornos. Afinal fomos adestrados a pensar e concluir que há necessidade do plano “B”, ou de esperar pelo super ser que tudo resolve.

Não, não há necessidade de plano “B”. É só agir o plano “A” com respeito às regras do Universo. E a maior delas diz que não devemos fazer aos outros, o que não queremos que seja feito para nós.

Portanto, antes de querer mudar é preciso OBSERVAR-SE. Aprender a se entender. Descobrir o ser maravilhoso que existe dentro de cada um de nós.

Entender que, se queremos controlar a vida dos outros… O retorno disso é caríssimo.

Entender se somos criadores ou seguidores?… Aqui começa a boa e correta interpretação de uma vida.

Entender se nossa vida é efetivamente colheita e retorno de como somos e como pensamos.

Entender que há um deus sim…, Mas que vive dentro de nós. Dormindo, na maioria das vezes. Porque achamos que o outro existe…. Eu não fiquei órfão quando descobri que ele é ficção.

Entender que ajudar os outros é uma ação muito complicada. Só ajude quem te pedir. Estar disponível para os outros é atitude demagógica e altamente religiosa.

Entender que é preciso cuidar de si antes de cuidar do outro. Isso não é egoísmo. Chama-se Amor Próprio.

Portanto, é muito mais importante, para se ter uma vida saudável, saber se observar.

Confesso, contudo, que não é uma prática fácil, OBSERVAR-SE.

Somos, afinal, como disse anteriormente, fruto de muitos valores que não queremos mais utilizar, mas, que, disciplinadamente ou por medo de romper, continuamos aplicando em nossas vidas.

O novo, às vezes, nos assusta, principalmente se fomos educados na base do medo, do terror, do “bicho papão”… E, de tantos outros métodos de adestramento.

A vida está a nossa frente para ser vivida, enfrentada, desafiada e jamais para ser executada com excesso de disciplina e rigor, principalmente se isso é imposto por terceiros.

É com o novo que evoluímos. E, OBSERVAR-SE, significa se ENCONTRAR. O maior segredo de uma vida saudável vem da fé que temos em nós mesmos.

Sei que nos veremos – Beijo na alma

INFELIZ

14/10/2020 às 18h30

Ser infeliz não significa simplesmente o oposto de estar feliz.

A infelicidade passa a ser um estado compulsivo de vida quando acabamos nos acostumando com ela e, nada fazemos para mudar.

Normalmente, o início da nossa infelicidade está associado à nossa incapacidade de exercermos o perdão, e, eliminarmos os sofrimentos de causas e dissabores passados. Quando somos forçados a ser o que não queremos, plantamos o início da infelicidade.

Portanto, algumas vezes a infelicidade vem de nossa falta de postura e atitudes, ao nosso favor. Bens materiais, finanças, receios do futuro, família e situação cômoda de vida, podem gerar a falta da felicidade. Não tomamos a atitude que deveríamos tomar.

Se você substituir a palavra perdão por perda de dor, vais entender melhor várias situações em sua vida.

Perdoar é o mesmo que eliminar o limo da sua caixa d’água interior.

Para que ele, o limo, serve?

Para nada. Só para contaminar a sua água (má+água = mágoa) interior. Não podemos nos esquecer que nosso corpo físico é formado por 70% de liquido. Contamina-lo negativamente é o mesmo que viver atolado no brejo. Logo damos espaço para a “dengue, azia, depressão, corona”, em nossa vida.

Importante repetir: O Perdão, quando não exercido, tem uma companheira fiel e leal; a mágoa ou, insisto, má água como queiram.

Sabe o que a má água cria? Diabetes…

O sangue fica doce, quando a vida está amarga. Simples assim. A vida é simplesmente Causa e Efeito. Tudo tende a equilíbrio de energia. Jamais vais encontrar uma pessoa diabética com a vida feliz…

Ambos, a ausência de perdão e a magoa, são os maiores causadores de doenças degenerativas nas pessoas.

Aqui começam a maioria dos cânceres nos seres humanos. Com eles iniciamos os estados depressivos porque estamos efetivamente falando de energia.

Ela existe, mas, não a vemos e não a tocamos. Simplesmente sentimos. Sim somos fruto da energia que criamos em nossos pensamentos.

É nosso Livre Arbítrio convivermos com a energia que queremos formatar a nossa vida. Ninguém interfere ou ajuda. Nós somos, efetivamente, nós.

Nenhum remédio cura a depressão. O que a elimina é a nova energia que criamos. Mudar este estágio SÓ DEPENDE DE NÓS.

Se quero buscar o novo, deixar de ser infeliz, tenho que ir determinado (a) atrás dele.

Altamente recomendável realinhar os Chakras para podermos ter uma contribuição única. Quando nossa energia cai, os chakras desalinham. Poucas pessoas sabem ou tem consciência disso.

O agravante é que precisamos tomar atitudes. Agir e desafiar o nosso pretenso conforto. É infinitamente mais cômodo não fazermos nada. Para ser e continuar vítima nada preciso fazer.

Podemos, igualmente, associar a ausência do perdão com perder.

Mas perder o quê?

Perder a nossa capacidade de criarmos boas energias para a nossa vida.

Este estado produtivo de boas energias é tudo o que precisamos para sabermos viver uma vida de aprendizado ao nosso favor.

As energias semelhantes se atraem.

Estou bem com minha mente e valores, fico rápido feliz. Estou mal, busco rapidamente uma doença ou entro no “Estado de Fome”. A única atitude que me dá prazer e satisfação é comer…. Assim, como para ser feliz e, obviamente engordo.

Efetivamente, quando contaminados por energias negativas, deixamos de viver e só pensamos em coisas ruins. Só conseguimos ver o lado equivocado das nossas futuras atitudes.

Acabamos tendo dificuldades para tomarmos decisões.

Alguns chamam isso de cautela…. Eu chamo de covardia.

A ausência de perdão acaba sendo refletida em nosso sexto chakra. Ele funciona como um diafragma. Para estar aberto é preciso que nossa mente esteja igualmente em estado de satisfação, alegria, felicidade e amor.

Baixou a energia, fechou o diafragma, ou como me referi, o sexto chakra.

É ele que nos ajuda a enxergar e efetivamente VER. Só conseguimos ver – interpretar ao nosso favor – as coisas que nossa energia alcança, ou seja, quando estamos ruins, é só desgraça em cima de desgraça.

Neste mau estado, olhamos para uma paisagem e nada vemos de bonito. Acabamos encontrando um poste de luz apagada, uma defecada de pássaro ou qualquer coisa que nada agregue de valor ao que se está admirando. Na realidade não conseguimos admirar. Ficamos cegos para o bom.

Como fazer então?

Perdoar, viver sem mágoa e começar efetivamente uma nova vida isenta dos sofrimentos passados, os quais nada agregam e, só nos tiram a capacidade de vermos o que efetivamente faz a vida. Ser guerreiro (a), tomar atitudes ao nosso favor sem medo = (me+dó) ou seja, tenham peninha de mim.

Um enorme inimigo que temos na busca de nossa felicidade é ele o ME+DÓ… O grande destruidor do nosso caminho produtivo e lucido ao nosso favor.

Pensar forte, no positivo, e não olhar para o negativo que possa vir. Isso faz toda a diferença no nosso futuro. Sou meu futuro feliz.

Cuidado para não exercer o Perdão Social. Este é falso. É da boca para fora. O verdadeiro perdão vem de nosso interior. De Essência e sem ressentimentos.

Minha felicidade está em meus valores e como os analiso, e os aplico, ao meu favor.

Queres mudar a vida, deixe de olhar para o bolso, para valores, bens materiais, e veja a vida de outro ângulo.

Deixo a Infelicidade (infeliz+idade) quando tomo decisões ao meu favor e, à favor do meu sentimento mais profundo.

Assim, mas só assim, acredite: Olho e Vejo, Ouço e Escuto, Toco e Sinto. Ao meu favor.

Tudo depende de nossa determinação, ou seja…

Eu determino a Ação na busca de minha felicidade. Deixo de ser infeliz…

Cuide-se

Logo nos veremos.

IDEAIS E IDÉIAS

06/10/2020 às 09h33

São palavras mágicas, gêmeas na verdade, e precisam ser bem entendidas. Facilmente confundidas, mas pouco de nossa atenção prestadas.

No nosso dia a dia acabamos, se não cuidarmos, virando robôs e mesmo andando no “automático” como gosto de dar o exemplo. Quando iniciamos a nossa vida de motoristas, para trocar a marcha do carro, invariavelmente olhávamos para o câmbio afim de nos certificarmos qual efetivamente era a próxima marcha que deveria ser engatada. Algumas vezes confundíamos a embreagem com o freio, as mãos esquerda e direita porque “dirigir” era algo absolutamente novo.

Hoje o fazemos falando no celular…. Portanto nossas decisões de condutores de veículos estão memorizadas e dentro de nossas ações mecânicas e automáticas.

Você já se deu conta que acabamos fazendo isso também com as nossas vidas?

Você já percebeu que seus ideais passam a se confundir com as suas idéias e que estas já não são mais tão suas? Que suas idéias podem estar contaminadas por uma série de fatores e ações externas?

Pois é. Nascemos com ideais claros e definidos. São nossas missões aqui na terra. É exatamente aquilo que viemos realizar para assim aprendermos a controlar mais algumas de nossas emoções. Eles nos são lembrados e relembrados pelas nossas intuições.

Intuições estas que podem nos abandonar quando alguém simplesmente diz:

Mas que coisa idiota isso que você está falando, ou fazendo, menino (a) … Pronto… Acabaram de destruir alguns de nossos ideais. Sobraram o quê? Algumas Idéias.

O importante é quando ambas as palavras se fundem para que nossos Ideais estejam contaminados de idéias. Isso significa SONHAR. Lembra-se do texto que já escrevi: SONHAR. Para se sonhar é preciso que tenhamos a habilidade de dar som ao nosso “ar”. Esta habilidade está diretamente relacionada com ideais e idéias. A qualidade de criatividade e sentimento que damos há estas duas palavras criam o valor e o poder de nossos sonhos.

Assim, é verdadeiro dizermos que quem não sonha está vegetando. Já morreu e não sabe. Quem não sonha perdeu seus ideais e certamente todas as suas idéias.

Enquanto escrevo este texto fico muito feliz porque me deparei com uma grande e enorme verdade em minha vida:

Tenho firme em minha mente meus ideais.

Sou uma pessoa sempre cheia de idéias.

Apesar de meus 59 anos sonho como uma criança.

O que mais quero de minha vida?

Que meu Mestre “ND” não me abandone. Seus ensinamentos são o adubo que minha mente precisa para continuar processando meus SONHOS.

Sei que nos veremos. Beijo na alma

BELEZA

28/09/2020 às 20h40

Nossa sociedade nos ensina alguns valores que aplicamos em nosso dia a dia, de forma equivocada. Só é belo o que se vê e se percebe como tal. O padrão de beleza está sempre vinculado com a maneira de se vestir, de aparentar, de ostentar e, invariavelmente, de se mostrar.

Pouco ou quase nada se argumenta sobre a beleza de se sentir. Aquela que vive em nosso interior. Aquela que “toma conta” de nossas decisões corretas. O ponto cinza que todos temos, muitas vezes adormecido e, que precisa ser enaltecido e bem explorado.

Claro, o primeiro conceito, a beleza externa, é mais fácil de ser avaliado, afinal, está aparente e, qualquer um de nós o percebe. Não precisamos de conteúdo, de bons valores éticos e morais para fazermos e produzirmos esta avaliação. Tão pouco de termos equilíbrio emocional e muito menos de sabedoria de essência.

Estou vendo, é bonito e assim é belo. Todos percebem. Não há questionamento.

No segundo conceito, a beleza da profundidade de um ser é preciso, para percebê-la, que se preste mais atenção. Temos que efetivamente “sentir” a pessoa.

O que se toca, se vê, se escuta, tem um sentido material, mas, o que se sente tem relação com a essência da vida. É com ela. Com o profundo do nosso ser, que construímos nossa avenida de futuro, de nossa evolução.

Descobrir a beleza que agrega, que cada um tem dentro de si, é o mesmo que buscar uma agulha em um palheiro. Precisasse ter habilidade, paciência, perseverança e determinação, bem aguçados e superdesenvolvidos.

Esta é a beleza do sentido, a soma de tudo isso. O profundo de nosso interior.

A razão desta diferença é a total ausência de valor a esta beleza dada pela sociedade em que vivemos.

Poderíamos até criar outro paralelo, para melhor definirmos a beleza interior entre uma pessoa ambiciosa e uma outra, cobiçosa.

Cobiçar é sempre se aproveitar ou tirar dos outros. O ambicioso, ao contrário, é querer ficar cada dia melhor.

Ambos são facilmente confundidos quando nossos valores estão equivocados e buscamos crescer há qualquer preço e há qualquer custo.

Estes crescimentos cobiçosos, como a beleza efêmera nada servem porque carecem de base sólida. Nada que se construa, com sofrimento de outros será desfrutado. Até e principalmente, uma idéia, precisa ser respeitada. Não posso me apossar da criatividade de outra pessoa porque esta atitude cria débito Cósmico, ou karma, não importa como queiramos definir.

O que não é nosso, pertence ao outro. Mesmo que seja uma ideia.

Parece uma frase fraca, ridícula, mas, na Lei de Causa e Efeito ela é forte e soberana.

Não é meu, portanto, não tenho o direito de usar. Não importa o fim e o propósito. Assim preciso valorizar muito mais a beleza que vem de dentro. Uma ideia sempre vem, de dentro…

O que não conseguimos admirar…. Não possui valor aos nossos sentimentos. A beleza sem conteúdo logo cansa. A pessoa tende a ser fútil e rapidamente se torna uma gangorra…. Quando senta a gente levanta. Imagine então quando se casa só por ostentação e beleza efêmera… Casamento temporário…

Isso posto, precisamos aprender a sentir e valorizar a verdadeira beleza. Olhar o que é materialmente belo, fica fácil. Sentir a beleza de um ser equilibrado faz toda a diferença em nosso caminho evolutivo. A beleza brotada do interior jamais cansa. Na realidade cativa.

Evitar, também, confundir nossa ambição de sermos fortes, lúcidos e melhores, com a cobiça de crescermos há qualquer custo.

Beleza exterior e cobiça são parentes…

Beleza interior e ambição andam juntas.

Sei que nos veremos.

Cuide-se.

O ACASO

22/09/2020 às 08h56

Nada que acontece em nossas vidas é por um acaso.

Descobri, ao longo do relacionamento de 10 anos, com meu Médico Dr. Vinzenz Nowak, aqui de Bad Iburg, na Alemanha, que nossos valores de vida eram muito semelhantes.

Também não gosta de religiões e, confesso, é muito mais radical do que eu neste sentido. Demoramos muito tempo, anos é verdade, para podermos conversar neste nível. Os alemães são muito reservados nos relacionamentos e demoram para se abrirem.

Alguns anos atrás, depois de nos conhecermos há bastante tempo e quando o nosso tratamento era ainda absolutamente formal, mas com muita sinergia. Eu o chamava de Dr. Nowak e, ele me tratava por Sr Brandalise (Herr Brandalise). Ele me disse, no final de nossa consulta diária:

– Herr Brandalise, eu gostaria de lhe propor o seguinte: Como somos suficientemente amigos, a partir de hoje, se você aceitar e permitir, eu gostaria de poder lhe chamar de Saul e você me chamaria de Vinzenz. Para celebramos este momento, quero lhe convidar para ir a minha casa para jantarmos. Você chegaria as 19:30 horas e iria embora as 22 horas. Neste espaço, teríamos suficiente tempo, para conversarmos e trocarmos experiências de vida.

Foi uma experiência singular. Cheguei em sua casa, como manda o protocolo, as 19:30 em ponto e as 21:55 me levantei para ir embora.

Apenas um comentário…. Olha que moro em Florianópolis, cidade aonde o relógio, para a maioria das pessoas, é apenas uma joia de exibição. Poucos cumprem o horário. Lá é “bonito” chegar depois de todos… É uma imbecilidade, mas, nada posso fazer.

Depois desta data nossa conversa e, nosso relacionamento só intensificou. Ele tem um tratamento médico que repõem o oxigênio no sangue e com isso previne-se qualquer tipo de doença.

Comentou comigo que as pesquisas mais recentes comprovam que a reposição de oxigênio no sangue é 70%, mas eficaz que a quimioterapia. Cada vez que o faço, ganho mais 10 anos de vida saudável.

Mas o que me traz a este exemplo é mostrar que as pessoas da mesma frequência se aproximam e as de diferentes vibrações, nós identificamos no ato, queremos ir embora e, ficar longe delas.

Vinzenz crê que a vida é pura Causa e Efeito. Vinzenz defende a liberdade de cada pessoa agir para que assim ela aprenda com seus acertos e erros…

Vinzenz admite que teremos várias vidas…

Um dia me olhando firme nos olhos, como que buscando aprovação e aceite do que iria falar, me disse:

Saul, sou Budista. Aplico em minha vida esta Filosofia. Aprendi isso com os Vietnamitas. Fiquei surpreso como eles não possuem nenhum sentimento negativo com relação aos Americanos. A guerra não mudou a sua forma de pensar. Minha surpresa aumentou quando eles disseram que um Budista não odeia… O ódio faz mal a nossa saúde, explicaram.

Vinzenz adotou uma menina Vietnamita, NHI, cujo pai contraiu AIDS e a mãe voltou ao país de origem. Ela tem cinco anos e é uma graça de menina. Todas as terças feiras, apesar de suas inúmeras atividades, ele passa o final de tarde com ela.

Dr. Vinzenz Nowak é um cientista. Pesquisador. Médico que procura atacar as causas que causaram o mal e que evita prescrever qualquer tipo de remédio. E sabe, como poucos, que as causas dos nossos males estão em nossos valores equivocados e, na forma como levamos a vida.

Um dia lhe disse:

Vinzenz estou com um apito no ouvido esquerdo…

Ele me olhou firme nos olhos e falou:

Ora, Saul isso é estresse…. Simplesmente não deixe que ele te atinja. Muda algumas coisas que faz. Mude alguns pensamentos. Analise quais são e os elimine.

Ele tinha razão… Mudei e o “barulho sumiu”.

Nosso corpo físico é refém de como cremos que uma vida deve ser levada, de nossas mentes e de nossas consequentes atitudes.

Portanto, esta, para mim, mais do que comprovado e que jamais direi que um fato qualquer, por mais absurdo que possas parecer, é uma coincidência.

O ACASO existe porque eu, o atrai. Nesta ou em vidas passadas.

Sei que nos veremos.

Beijo na alma

SONHAR

16/09/2020 às 14h28

Existem pessoas que só sonham enquanto dormem, por outro lado, conheço as que sonham de várias outras maneiras: Acordadas, lúcidas, planejadoras, conscientes e, obviamente, também ao dormirem.

Qual a diferença entre elas?

As que apenas sonham dormindo correm o sério risco de já não sentirem vontade de viver. São pessoas que foram, muito provavelmente, adestradas por seus pais, pelo meio em que vivem ou ignoradas, deixadas de lado, durante o seu período de formação. Elas devem ter ouvido muitas vezes:

Já te disse: Não é assim que se faz. Não repita mais isso…. Siga as minhas instruções.

São pais sem a mínima noção da individualidade da essência e do caráter dos filhos. E, do preparo que estes precisam ter para a vida futura.

São pais que se esquecem de dar valores, princípios comportamentais, e eles, assim, podem se tornar verdadeiros robôs. Quem é adestrado não sabe sair de uma situação não prevista. Sofre, se deprime e é um refém fácil de um traficante.

Reféns imediatos de qualquer droga que lhes seja oferecida.

A droga preenche uma falsa ausência. Na realidade é a ausência do oco. Quando o efeito se vai, o que fica é uma dificuldade maior para se preencher o vazio da mente. Mente oca não sonha.

Na primeira dificuldade em sua caminhada de relacionamentos ou profissional, o filho não sabe como se comportar. Sente medo de tudo e não tem a mínima iniciativa. Já não sonha mais.

Nossas crianças precisam ser PREPARADAS PARA A VIDA.

As que sonham só dormindo não sabem que a vida é Causa e Efeito e que sonhar acordado é, e significa, por adubo na nossa caminhada.

Tolher isso de uma criança é um crime.

Duas palavras contaminam nossos sonhos: Não é Medo. Ambas são maldosamente colocadas em nossas mentes. São verdadeiros “cupins” de nossas ações criativas, de nossos sonhos.

Sonhar de dia significa ter conhecimento e sabedoria do que escapa daqueles que só sonham a noite.

Neste estágio sonhar se confunde com planejar. Mas de uma forma vibrante e tranquila. Serena e calma ao mesmo tempo. Um sonhar correto e absoluto.

Quem sonha acordado continua vivendo. Cresce, evolui. Sabe distinguir a diferença entre conhecer e saber. Entende que somos o que acreditamos ser. Percebe os acontecimentos em sua volta e, cresce com eles.

É determinado e não mais um justificador de seus insucessos. O ato de determinar uma ação, ou seja, determinação é o que faz a diferença em nossas conquistas tão sonhadas.

Quem atinge objetivos jamais se posiciona como vítima e entende que é refém da energia que produz.

Sonhar é o combustível da alma, da essência, do SER.

Sonho em te ver…

Beijo na sua Essência