Revista Statto

O QUE QUEREMOS É SIMPLES: JUSTIÇA!

03/11/2020 às 21h19

 

Não existe “Estupro Culposo” Ou é estupro ou não é. E nesse caso a justiça não foi feita. O que essa jovem passou na audiência foi horrível, e não tem como não se comover, a forma em que a trataram é repudiante e contra todos os princípios éticos, morais e humanos.

Empatia: é saber se colocar no lugar do outro, é sobre sentir a sua dor e o Brasil todo se manifestou nas redes sociais com a seguinte frase “Não existe estupro culposo”, e realmente não existe!

Mas, infelizmente existe a falta de pudor, o egocentrismo e a lei que falhou, mas, não estamos aqui para julgar, viemos para esse mundo para evoluir, como a vítima mesmo diz “O que eu espero é o mínimo, respeito” nós não queremos ódio, nem rancor, nós queremos JUSTIÇA e acima de Tudo respeito, isso é o mínimo.

Você já parou para pensar quantas “Marianas” quantos jovens e crianças passam por essa mesma situação e simplesmente são caladas e torturadas psicologicamente? Sem poderem se defender? Mariana Ferrer representa milhares de vítimas que não foram ouvidas, mas o mundo clama pela mesma coisa, justiça.

DEIXAMOS OS ABRAÇOS PARA DEPOIS, MAS O AMOR É PARA O AGORA!

13/08/2020 às 11h15

Talvez, quando tudo passar, não seremos mais os mesmos, talvez as coisas que tínhamos como prioridades, não terão a mesma importância.

Veremos o que realmente importa na vida: O amor. E é disso que o mundo mais precisa!

A pandemia veio como um aviso, para evoluirmos espiritualmente e sermos menos egocêntricos, mas é triste ver que em tempos difíceis como esses alguns dão mais valor à “Economia” do que para vidas. Pessoas estão morrendo e com isso não se brinca.  Famílias estão sofrendo perdas repentinas e não há dor maior no mundo do que perdermos quem a gente ama. E se a dor do outro não lhe incomoda, sinto em dizer, mas é você quem precisa rever seus conceitos. Não é questão econômica, nem política, é uma questão humanitária. Por um minuto, reflita! Se você estivesse em um prédio cheio de chamas e pudesse levar apenas uma coisa, o que você levaria?

Quando as cortinas se fecharem, talvez, o que você achava importante antes não terá o mesmo valor.

De repente, o mundo parou, novelas encerram as gravações, igrejas fecham as portas, comércios…  Trabalhos, viagens e eventos adiados. E é aí que percebemos que ficar em casa, não é um sacrifício e sim um privilégio, dê mais atenção aos momentos em família, nesta quarentena coloque outras prioridades que hoje você vê o quão importante são, deixamos os abraços para depois, mas o amor é para o agora! Amar vai além de status e rótulos, o amor está no carinho ao próximo mesmo sem se tocar, na empatia em ajudar o outro sem querer nada em troca, no respeito com a dor alheia e no poder da oração que fez o mundo todo se unir, por uma única causa. A cura e o pedido de socorro nada vão adiantar se não fizermos a nossa parte também, por isto, respeite o isolamento social e se cuide.

Aproveite o seu tempo em casa, aprenda algo novo, como culinária entre outros (…). Dance, cante, coloque sua leitura em dia, estude, assista suas séries favoritas, descubra um hobby diferente, pratique exercícios físicos, cuide de sua mente e de seu corpo, e principalmente, ore!

Porque no final, a única coisa que levamos desta vida, é o amor que demos e recebemos.

FIQUE COM ALGUÉM, QUE ESCOLHEU FICAR.

12/06/2020 às 21h04

Fique com alguém que mesmo conhecendo seus defeitos, resolveu ficar.

Fique com alguém que segure suas mãos quando o mundo desabar.

Fique com alguém que lhe traga paz com um simples toque.

Que te entenda apenas com um olhar e lhe acalma mesmo sem precisar falar.

Apaixone-se pela forma que essa pessoa tocar o seu coração.

Por quem tem o dom de lhe tirar do sério e ao mesmo tempo te arrancar sorrisos.

Apaixone por alguém que você confie seus sonhos e segredos, e que haja reciprocidade. Fique com alguém que esteja ao seu lado, nos piores e melhores momentos de sua vida. Afinal, pequenos gestos se tornam grandes.

Fique com alguém, que escolheu ficar.

Como diz a canção de Raul Seixas “Eu vou poder pegar em sua mão, falar de coisas que eu não disse ainda não, coisas do coração… Quando a gente se tornar rima perfeita e assim virarmos de repente uma palavra só, igual ao nó que nunca se desfaz (…)”.

Então lhe trago esses versos simples, com rimas não tão perfeitas, porém declaradas em palavras aquele “Eu te amo” que eu sempre temi em dizer.

Queridos leitores, marque nos comentários aquela pessoa que marcou o seu coração! Beijos de luz!

SER MÃE!

07/05/2020 às 17h59

Ser mãe é ser amiga, paciente, companheira e sua melhor confidente!

Ser mãe é enfrentar qualquer coisa para a felicidade do (a) filho (a), é arrancar sorrisos em meio a lágrimas, e se for preciso ela faz cócegas mesmo e os fazem sorrir nem que seja na marra! Ser mãe é ser mulher de ferro, é deixar as próprias dores para curar as feridas de seus filhos.

Ser mãe, é mais do que carregar seu filho durante nove meses em seu ventre, é contar os dias e as horas nos dedos para ver seu lindo rostinho pela primeira vez, é conversar com ele (a) todos os dias mesmo ainda na barriga, ser mãe é encher os olhos de lágrimas e ao mesmo tempo sentir a emoção nascer forte de dentro de você ao ter pela primeira vez seu filho (a) nos braços.

Ser mãe é contar estórias antes de dormir, é acordar no meio da noite com um pedido de socorro, “Estou com medo, tive um pesadelo, dorme comigo”?

Ser mãe é levar para a escola quando criança, é mais do que ajudar na lição de casa, ser mãe é brincar, dar broncas, educar, é ser sábia, é mostrar que o mundo não é nenhum mar de rosas, mas que devemos saber mergulhar nele com cuidado e atenção e não se deixar afligir diante das tempestades, ser mãe é acompanhar o crescimento do filho e esperar ele chegar em casa, ah aí vem mais uma preocupação: “quando os filhos crescem e querem sair sozinhos”, concordam? Ser mãe é ser mãe por toda a vida, não importa a idade!

E a dádiva de ter uma mãe, é saber que quando tudo der errado, sua mãe estará ali sempre para te receber, é seu porto seguro, seu aconchego, sua melhor confidente, o melhor colo é o da mãe da gente, e ninguém nos ama mais do que ela. O abraço de uma mãe vale mais do que tudo nessa vida, o amor de uma mãe é incondicional, infinito como as estrelas, e nunca morre. Toda mãe tem sexto sentido, e não falha!  Elas sempre sabem o que está se passando em nossos coraçõezinhos, não é mesmo?

Mãe é mãe! Elas nos entendem com apenas um olhar, sem dizermos uma só palavra, elas sabem quando estamos bem ou mal.

Às vezes querem saber algo, que nem você ainda sabe. Por exemplo:

“Eu conheço essa carinha, o que houve”? “Nada mãe”!

E “elas insistem, e às vezes não é nada mesmo, mas elas conhecem o nosso “íntimo” mais do que a nós mesmos”.

Feliz dia do abraço apertado e do ombro amigo.

Feliz dia do “tira o pé do chão que está trovejando”!

“Não dorme tarde” “Ligue quando chegar.” “Por que tem celular se não atende?!” Ah, porque dia das mães é todos os dias…

Parabéns a todas as mães que reconhecem quando estamos bem ou mal sem precisarmos dizer uma só palavra, pois basta apenas um olhar e elas já enxergam as nossas alegrias e tristezas.

Obrigada por serem nossas amigas, conselheiras confidentes…. Eternas!

Uma a homenagem a todas as mães e um feliz dia das mães a todas vocês!

AMAZON DISPONIBILIZA E-BOOKS GRATUITAMENTE

02/04/2020 às 20h06

Que tal aproveitar esta quarentena para colocar a leitura em dia?

E para te ajudar a Amazon disponibilizou centenas de e-books gratuitamente.

Os “gêneros são diversificados, desde clássicos como “Dom Casmurro de Machado de Assis” a “Carrie – a garota estranha” “ O iluminado” entre outros best sellers de Sthephen King autor de “ It a coisa” e outros sucessos, para os amantes de suspense/terror, leiam!

E quem adora um romance, vai aqui uma dica: “Do outro Lado” de Carrie Hope Fletcher, preparem os lencinhos, pois a história é linda!

Aos estudantes de plantão, livros também disponíveis em diferentes áreas para você estudar em casa.

Como embarcar no magnífico mundo literário? É simples, é só baixar o aplicativo Kindle no seu celular, tablete ou computador.

Acessem: https://www.amazon.com.br/b/?ie=UTF8&node=6311441011

E boa leitura!

EM MEIO DE TODO ESSE CAOS, AINDA HÁ ESPERANÇAS.

26/03/2020 às 15h20

 

Antes do coronavírus, cidades cheias, festas e bebidas, bares noturnos, aperto de mãos e abraços.

De repente, as ruas vazias, mercados lotados e pessoas fazendo filas, quando a recomendação é ficar em casa e evitar aglomerações. Enquanto alguns fazem estoque de mercadorias, muitos dormem em um lugar duro e frio chamado chão.

Enquanto o medo e o egoísmo forem maiores do que a fé, o mundo continuará sofrendo, porque a cura está dentro de nós, temos que ser mais fortes que esse “vírus”.

E onde está a cura? No poder da oração, e claro, também devemos fazer a nossa parte.

Lave bem as mãos, use álcool em gel e não saia de casa.

Quarentena é essencial para evitar a propagação da epidemia, mas cuidar de nossa energia vital também é importante, pois adoecemos quando nutrimos pensamentos negativos e deixamos o pânico tomar conta de nós, este é nosso maior vilão, deixando o nosso corpo mais vulnerável, então pratique exercícios mesmo dentro de casa, ouça músicas, curta a família, leia um livro, assista filmes e séries, cuide de sua alimentação, beba bastante água, tenha pensamentos positivos e principalmente, ore!

É hora de nos unirmos mesmo sem darmos as mãos, é hora de abraçarmos o mundo, tocando o coração.  O vírus parou todo o planeta, para que o mundo entenda que não há dinheiro nenhum que vale mais do que as nossas vidas e que só Deus é a salvação.

Tenhamos essa pandemia como lição, evoluirmos espiritualmente, sermos mais empáticos com o próximo, reforçando assim, a nossa fé.

Enquanto a humanidade fica em casa, a mãe natureza se recupera, a poluição diminuiu, com a diminuição de carros circulando pelas ruas, as águas estão mais limpas e os animais se sentem livres.

No meio de todo esse caos, ainda há esperanças, com tantos acontecimentos tristes pelo mundo, percebemos o real sentido da vida: Valorizar o tempo e as pessoas que estão ao nosso lado e agradecer a todos os profissionais da saúde, que estão na luta todos os dias, vocês merecem o reconhecimento e a gratidão de todos nós, pois vocês são os verdadeiros anjos de resgate, a esperança da humanidade.

O coronavírus surgiu como um alerta, acorde e cuide mais do meio ambiente, começando pela cidade em que se vive. Dê mais valor aos momentos em família, porque o lar sempre será o nosso melhor lugar.

APESAR DE TODAS AS DIFICULDADES, SORRIA! O NOME DISSO É RESILIÊNCIA!

09/03/2020 às 18h23

Quando você está no fundo do poço, você tem duas opções: continuar lá ou sair.  “O duro é que toda vez que tento sair, algo me puxa de volta”.

Então, você tem duas escolhas, afundar cada vez mais ou começar tudo do zero.

Seja na sua vida profissional, familiar ou amorosa, parece que quando algo vai mal, é como uma correnteza que leva todas as outras coisas juntas em uma embarcada só.

Então, não tenha medo de tentar algo que nunca tenha feito, se for para errar, que erre! Mas, tente quantas vezes for preciso até conseguir.

O problema é que muitas vezes temos medo de arriscar, como se houvesse um bloqueio dentro de nós dizendo: “Isso não vai dar certo, proibido entrar”! Poxa, temos medo de cavalgar, medo de montanha russa, do escuro, ou até mesmo de mandar “aquela mensagem especial para quem gostamos e temos medo de enviar e receber um “não” “ah, não vou ser correspondido”, parem com isso”!

Arrisque-se! Viva! Viva aquele sonho que você deixou engavetado, coloque em prática todas as metas que você faz todo início de ano.

Diga eu te amo para quem você ama independente do orgulho ou seu ego ferido, dê mais valor para sua família, porque, quando menos esperamos, amanhã possa ser tarde demais para dar aquele abraço.

Enquanto você fica sofrendo antecipadamente com o “Se eles não gostarem”, “se eu não der conta de cumprir o meu papel” e “se tudo der errado” e “se eu não conseguir” E que tal “Se você tentasse mais”, quantas vezes forem necessárias, se não der certo aquilo, tente outra coisa, não é porque você é especialista em “algo” que você deve trabalhar só com isso e perder as oportunidades de emprego que contribuirão e muito para o seu fim do mês.

E se você reclamasse menos e agradecesse mais?! Às vezes, perdemos tempo demais com coisas pequenas e complicamos demais o simples, esquecendo-nos de que a vida passa, e não podemos voltar atrás.

Apesar de todas as dificuldades, sorria! O nome disso é resiliência!