Revista Statto

FAMÍLIA É ALÉM DA ALMA

30/03/2020 às 10h13

É tão bom quando temos onde nos refugiar, e mais ainda quando esse porto seguro é encontrado na nossa família.

A família (do termo latino família) é um agrupamento humano formado por duas ou mais pessoas com ligações biológicas, ancestrais, legais ou afetivas e que culturalmente se designa a diversos e diferentes significados, principalmente porque muitas vezes consideramos família pessoas com quem estabelecemos um laço muito forte, mesmo quando não somos do mesmo sangue.

Para ser família é preciso ter união, respeito, cumplicidade acima de tudo e todos, esse contexto familiar é você se sentar numa roda e ter as mais divertidas e emocionantes histórias para relembrar.

O conceito que vem continuamente renovado e reconstruído para ampliar nosso olhar e que sejamos ainda mais íntegros na hora de reconhecer nossos familiares.

Quem é que nunca teve uma bela tarde de domingo, todos reunidos para o almoço, colocar a conversa em dia e até mesmo assistir aos programas dominicais na TV? Quando vem à tona essas lembranças, não é fácil até sentir mais forte tudo isso tomando conta de você, o cheiro da comida, a voz da sua mãe ali chamando para almoçar, o som e a expressão facial do riso fácil dos seus irmãos e primos, do pai ajudando a colocar a mesa ou tomando aquela cervejinha? Você não vai fechando os olhos e como em um segundo estivesse revisitando esse momento, sentindo toda essa energia boa, aquela paz vai tomando conta de você. Emoções como essa que é para nos fazer sentir vivos e que devem nos lembrar o quanto devemos ser gratos e valorizar ainda em vida cada pessoa, do nosso papel nessa família.

Ser família é acalentar o lar que está presente em nosso coração, perceba que ter uma família é comum para qualquer um, mas realmente sentir e se doar para viver como família mesmo é para poucos, para aqueles que acreditam nesse amor sublime e que ultrapassa explicações por palavras, pois ela é sentida em seus atos, em suas trocas mais simples, porém verdadeiras.

Você também encontra amigos que ajudam a construir esses sentimentos, que carregamos por anos em coração, e que de fato acabam se tornando da família, que queremos acolher, que nos preocupamos e sempre vêm em nossas orações. Quem aí nunca teve um amigo que chama sua mãe de tia? Que os pais conhecem tão bem e acabando fazendo parte do contexto do nosso lar?

E vale tão a pena, entrando novos membros que apenas somam para esse amor ser ainda mais forte.

Você encontra felicidade nessas pessoas, em cada conquista sua eles estão ali vibrando por você e a gente sente num olhar, num sorriso calmo, naquele abraço generoso. E quando você cai, eles estão ali também, sentindo sua dor e prontos para lhe estender a mão e recomeçar, porque com família nunca estamos sozinhos.

Falamos tanto dessa reunião familiar, dos encontros em datas comemorativas, ocasiões especiais, mas o que de fato tudo isso significa para você? E como você colabora para que as pessoas se sintam especiais de verdade?

Se você tem sua família, vai lá, corre e dá um abraço generoso, fale e demonstre o seu amor, que a cada dia possamos dedicar os meias belos sentimentos para quem amamos.

Compartilhe!