Revista Statto

DICAS DE COMO CUIDAR DOS CABELOS OLEOSOS!

18/10/2019 às 16h54

Estar com o cabelo oleoso incomoda muita gente. Ainda que, na maioria das vezes, não seja um problema de saúde, a aparência opaca e engordurada do couro cabeludo é desagradável e dá uma sensação bem ruim.

A oleosidade do cabelo é determinada geneticamente e decorre da produção de gorduras e suor pelas glândulas do couro cabeludo – isso é totalmente normal e ocorre com todo mundo. Quando há uma produção maior, a secreção adere ao fio, criando um aspecto de sujeira, mesmo que o cabelo tenha sido lavado há pouco tempo.

 

A gordura produzida pelo couro cabeludo torna-se um problema quando se soma a sintomas como dermatite seborreica, coceira, acne e foliculite, – Como a oleosidade é algo geneticamente determinado, não pode ser curada. O correto é excluir fatores desencadeantes e utilizar produtos adequados,

 

Pode até parecer que não tem jeito de se dar bem com o cabelo oleoso, mas você sabia que seguindo alguns cuidados fica muito mais fácil lidar com ele?

abaixo irei te dar algumas dicas de como cuidar dos cabelos oleosos.

  1. Aposte em produtos específicos
    Muitas vezes o xampu e o condicionador escolhidos é que deixam seu cabelo pesado. Por isso, opte por produtos próprios para os seus fios. Argila, jaborandi e calêndula são ativos que você pode procurar no rótulo. Eles limpam o couro cabeludo e retiram o excesso de óleo.
  2. Fique de olho na temperatura do banho
    A água muito quente estimula a produção das glândulas sebáceas, o que contribui para o aumento da oleosidade do cabelo – e da pele também, vale dizer. Mesmo no inverno, tente tomar banho em uma temperatura mais morna.
  3. Lavar muito não resolve o problema
    Na tentativa de retirar demais o óleo dos fios, você tende a agravar a situação. Isso porque pode ocorrer um efeito rebote, ou seja, seu corpo pode entender que é preciso produzir mais oleosidade para repor o que foi perdido. O ideal é alternar os dias de lavagem.
  4. Pegue leve com seu couro cabeludo
    Esfregar a raiz com muita força ou usar as unhas pode machucar seu couro cabeludo e até incentivar as glândulas sebáceas a produzirem mais óleo para proteger a região.
  5. Lembre-se: cabelo oleoso precisa de hidratação
    É só usar produtos específicos e não exagerar – uma vez por semana é o suficiente. Aplique a máscara mais na região das pontas, para não pesar (nunca na raiz, ok?). E, se for apostar em um leave-in ou em qualquer outro finalizador hidratante, prefira as versões líquidas, que são mais leves do que as cremosas.
  6. Não seque demais a raiz
    O secador com o jato muito quente pode aumentar a oleosidade da raiz, assim como manter o aparelho muito tempo na mesma área do couro cabeludo – a região fica ressecada e as glândulas produzem mais sebo para hidratá-la. Na hora de secar, alterne as posições do secador e invista no jato de temperatura média.
  7. Invista em penteados práticos
    Prender o cabelo ajuda a disfarçar a oleosidade – e fica superlindo, né? Se jogue em semi presos com nozinho, em tranças e em coques, que são bem fáceis de fazer.
  8. Tome cuidado com acessórios de cabelo
    Bonés, faixas de cabelo e tiaras são perfeitos para driblar, mas podem abafar a raiz e deixar os fios mais oleosos. Melhor não usá-los todos os dias, certo?

Bora acabar com o excesso de oleosidade? Essa é minha dica especialmente para você.

Compartilhe!