Revista Statto

MÉDICA FALA TUDO SOBRE O “CHIP DA BELEZA”

27/08/2020 às 09h17

Milena Tomé, do Instituto Pocallet, diz que o procedimento, na verdade é uma reposição hormonal. O tão falado ” chip da beleza” tem conquistado diversas famosas com efeitos que parecem milagres e cada vez mais é procurado por mulheres e até homens nos consultórios. A médica Dra. Milena Tomé, do Instituto Pocallet, que realiza esse procedimento, explica que o procedimento é na verdade uma reposição hormonal.

A gestrinona é uma progestina sintética derivada da testosterona com efeito antiprogestogenico, androgênico e antiestrogênico

Ficou conhecido pelo apelido de chip da beleza através da ex apresentadora Hebe Camargo que foi uma das primeiras mulheres a utilizar o implante no Brasil.

Tanto no homem quanto na mulher é realizado uma reposição hormonal. Para isso após uma anamnese, solicito alguns exames hormonais para avaliar sua necessidade. O que ocorre é além das inúmeras queixas clínicas, muitas vezes os hormônios estão desequilibrados então recorremos aos pellets para repor a quantidade e o tipo de hormônio que precisamos, o qual varia de pessoa para pessoa“, explica a especialista.

A especialista diz que muitas mulheres procuraram esta terapia hormonal por seus ótimos efeitos estéticos, como melhora da celulite, diminuição da gordura, aumento da massa magra, aumento da libido, melhora da densidade óssea, entre outros.

Mas além dos efeitos estéticos é utilizado principalmente nos problemas relacionados à saúde como: tratamento da endometriose, miomatose, menstruação irregular, sangramento disfuncional e sintomas relacionados a TPM. Além de tudo, a gestrinona tem efeito contraceptivo, não possui risco de trombose e pode ser usada em quem já teve câncer de mama”, afirma a médica.

Milena diz que, como todo implante pode haver efeitos colaterais, como acne e queda de cabelo, mas geralmente é dose dependente e temporário:

Pode acontecer bem no início, quando o corpo está se acostumando com a nova substância, desaparecendo logo após

Nos homens, os implantes, geralmente, são de testosterona e os números de adeptos pela melhoria da saúde que o método traz não para de crescer.

A partir dos 30 anos já começa a ocorrer uma queda natural da testosterona e alguns homens podem começar a apresentar, queda da libido, aumento da gordura abdominal, desânimo, desinteresse na vida social e profissional, diminuição da densidade óssea. Nos obesos, ainda pode ocorrer acúmulo de hormônio feminino. Para reverter todo esse quadro, após os exames hormonais utilizamos os pelletes de testosterona e a maioria dos pacientes já notam os resultados logo nas primeiras semanas. Mas como qualquer procedimento ambos exigem avaliação e indicação médica“.

Segundo a profissional, o procedimento é simples, realizado em consultório e tem duração de aproximadamente 30 minutos. Os valores dependem da quantidade e tipo de hormônios que serão utilizados, o que varia de pessoa para a pessoa. Os implantes bioabsorvíveis tem duração de 6 meses e os não absorvíveis tem duração de 1 ano.

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR
Vanessa Haddad

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda