Revista Statto

COMO VAI, DEPOIS DE TUDO?

01/04/2020 às 14h10

A fase do luto passou.

Na realidade, passou há um tempo. Só agora eu me sinto bem em falar sobre o que realmente aconteceu, mas não vamos falar sobre esse assunto. Hoje quero saber das novidades, quero saber do que veio depois, o antes já não nos importa mais. Mesmo porque já passou, passou para mim, passou para você, a vida seguiu, não é verdade? E veja só estamos bem, sobrevivemos.

Eu estou diferente! Ah! Não, por favor, não se acanhe, eu entendo que você precisou de um novo amor para seguir, e isso não é um julgamento, sei que não é fácil contarmos somente com nós mesmos. Eu por outro lado, não quero me envolver cedo. Sabe como é, eu ainda estou com aquele “tempo” e para minha surpresa, estou adorando essa minha fase.

Eu precisava me encontrar e ainda estou me encontrando, todos os dias descubro algo a meu respeito, coisas que nem você imaginaria.

Vamos lá, somos amigos agora! A mágoa passou, eu não o culpo, o amor é vital e você precisava de cada dose dele sendo dada por outra pessoa, isso explica muitas coisas, principalmente a situação de agora. Eu já sou diferente, como eu disse, eu mudei, eu preciso estar comigo para entender minha confusão, não quero mais falsos amores, juras de amores eternos que não passam de um inverno, você entende disso, não é? Eu sempre precisei de mais do que isso.

Tudo que sei é que a partir de agora quem chegar, e eu permitir ficar, será alguém realmente especial, pois não vou admitir ser menos do que ser feliz. Quem chegar precisa entender isso, entender que sou intensa demais… opa, acho que te surpreendi com essa novidade. Sim, eu me descobri uma pessoa mais intensa e muito mais confiante. Acho que o amor próprio me trouxe isso.

Você se lembra daquela paz que eu tanto reclamava? Pois bem, aqui está ela e como me faz bem, você deveria tentar, misturada com liberdade faz bem ao coração.

Então, me diga, como foi para você? É essencial ter alguém, certo? Eu respeito isso e admiro sua força por aguentar os trancos, espero que tenha onde se apoiar. Eu, por outro lado cansei, cansei de confundir carência com gostar, confundir medo de estar sozinha com estar com saudade de alguém, cansei de imaginar como seria e passei a ser quem eu realmente quero ser.

Está vendo? Minha intensidade em sentir está mais completa do que nunca. Ah! Novamente não, não fique me olhando assim, eu estou feliz por você e por mim, nada acontece por acaso, pois eu só me encontrei depois que me perdi de você.

Boa sorte para nós.

Compartilhe!