Revista Statto

DO OUTRO LADO DO ESPELHO

17/02/2020 às 09h38

Recentemente estive lendo o livro “A lógica do consumo”, de Martin Lindstrom, no qual ele apresenta estudos que trazem os motivos científicos pelos quais nós, consumidores, compramos determinado produto.

Mas dentro dos estudos apresentados ele cita os neurônios-espelho, que são os responsáveis por nos fazer imitar o comportamento de outra pessoa. Até aí tudo bem, mas o que me chamou a atenção de fato foi uma experiência realizada, chamada de Estudo do Sorriso.

A experiência consistiu em pedir que voluntários imaginassem uma compra fictícia, e optassem por um atendente em uma suposta agência de viagens, nos quais eles poderiam escolher entre uma mulher sorridente, uma parecendo desanimada e outra parecendo totalmente aborrecida.

Todos aqueles que foram atendidos pela mulher sorridente foram os que relataram uma experiência mais positiva e probabilidade de voltar a comprar daquela empresa.

Esse resultado me fez pensar no poder que um sorriso tem. Você já experimentou sorrir para um estranho na rua? A chance da pessoa te devolver um sorriso é muito grande. É um gesto tão simples, mas que pode mudar a vida de alguém.

Pense que poderia ser você em um dia triste, ou que tudo parece dar errado e alguém, despretensiosamente, lhe sorri. Parece que surge uma pontinha de esperança, de que as coisas vão dar certo.

Seja pelos neurônios ou por qualquer outra explicação científica, mas nós somos como espelhos. Refletimos aquilo que nos é visível. Então não reflita para os outros sentimentos ruins. Não espalhe tristeza por onde passar.

Sorria, abrace, diga um eu te amo. É de graça e o resultado, segundo a ciência, é poderoso.

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda