Revista Statto

QUANTO TEMPO O TEMPO TEM?

03/02/2020 às 08h17

Acredito que assim como eu você deve ouvir muita gente falando que o dia é pequeno para tanta coisa que tem a fazer. Quem sabe é você mesmo que utiliza essa frase em seu dia a dia.

Mas se o dia tem as mesmas 24 horas para todo mundo, por que algumas pessoas parecem conseguir dar conta? Será que elas têm menos afazeres que a grande maioria? Realmente acredito que não.

Então, o que faz o dia delas parecer tão mais simples? A organização e o senso de responsabilidade.

De nada adianta assumir mil e um compromissos se você não consegue criar e seguir mecanismos de organização. Ao longo dos anos fui estudando sobre o assunto, vendo vídeos e palestras, e também buscando por livros que pudessem me ajudar nesta batalha pessoal.

Sei que ainda tenho muito a melhorar neste quesito, mas quero compartilhar algumas estratégias que funcionam para mim.

Podem me chamar de antiquada, mas ainda prefiro usar uma agenda física, de papel. Nela eu anoto todos os meus compromissos e afazeres do dia. Eu utilizo a agenda do Google também, mas apenas para fins profissionais, pois meus colegas precisam saber quando eu posso ou não participar de uma reunião, por exemplo.

Já que falei em reunião, vou abordar este tópico. Eu evito participar de reuniões que não foram previamente agendadas. Como comentei anteriormente, eu deixo toda a minha programação para o dia pronta. Quando surgem reuniões fora da agenda atrapalha meu cronograma, o que invariavelmente deixará alguma tarefa, ou mais, atrasada ou sem ser cumprida.

Neste ponto vale a pena aprender a dizer não. Falo isso não para que vire uma rotina e você não ceda para ninguém, mas também não pode deixar as pessoas acreditando que você está sempre disponível, afinal somente você pode saber 100% o que precisa cumprir no dia. E, algo que escuto sempre, o teu tempo não é mais ou menos valioso do que o tempo de ninguém, então respeito é sempre o melhor caminho.

Outra dica é dar um tempo nas redes sociais (aqui é meu maior problema). Se você não souber ou não conseguir se controlar nesse quesito sua programação diária vai por água abaixo. Quem nunca pensou “só vou olhar essa notificação” e perdeu aí uns 15 minutinhos!? As redes foram criadas para ter nossa atenção e vem cumprindo seu papel muito bem, obrigada! Mas se nós não aprendermos a nos controlar elas podem se tornar nossas piores inimigas.

Para finalizar eu digo, faça uma coisa de cada vez. Aquela história de que mulher faz várias coisas ao mesmo tempo pode até ser verdade, mas demoramos muito mais quando dividimos nossa atenção. Então, pegue sua programação diária e vá cumprindo cada uma por vez, seguindo a lógica de qual é mais urgente ou mais importante primeiro. Temos a predisposição de postergar tarefas que não gostamos, mas essa procrastinação é pior. Se tem que fazer, se dedique e finalize logo. Pode ser meio doloroso durante o processo, mas você vai se livrar disso primeiro.

Espero que essas dicas possam ajudar você assim como funcionam comigo.

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda