Revista Statto

TUDO QUE É EM EXCESSO FAZ MAL, ATÉ O AMOR E A ÁGUA

30/07/2020 às 17h33

Em um certo dia estava lavando alface para o almoço e me deparei com algumas folhas queimadas, provavelmente na plantação devido às fortes chuvas. É isso mesmo, até a água em excesso pode queimar um alimento.

Na vida é semelhante, qualquer sentimento ou comportamento que acontece em excesso queima e destrói relacionamentos.

Muitas pessoas amam de forma nada saudável fazendo coisas que aparentemente podem ser boas, mas não são. Amam se doando mais do que deveriam e acabam sufocando a pessoa amada.

Segundo Bert Hellinger, descobridor das leis sistêmicas (livro: Para que o amor dê certo):

O equilíbrio entre o dar e o receber é condição indispensável para um relacionamento bem-sucedido. Entretanto, deve-se levar em consideração que nem todos podem dar tudo, e que também nem todos podem receber tudo. Cada um está limitado naquilo que pode dar e naquilo que pode receber. Com isso é colocado, de antemão, um limite ao dar e ao receber.”

Em um relacionamento afetivo de casal, um dá e o(a) outro(a) recebe. Quando um recebe fica grato e sente a necessidade de dar mais, assim este que recebeu se sente em dívida, logo sente novamente a necessidade de se doar mais. Desta maneira as duas pessoas vão equilibrando o dar e o receber, fortalecendo assim, o vínculo do amor saudável no relacionamento.

O que acontece muito nos relacionamentos de casal é o desequilíbrio entre o dar e o receber. Quando isso acontece, na maioria dos casos, aquele que recebeu mais vai embora, pois se sente tão devedor que não consegue se manter no relacionamento.

Equilibrar o dar e o receber é uma maneira mais consciente de vivenciar um relacionamento afetivo com amor saudável.

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda