Revista Statto

ALGUÉM TEM QUE DAR O PRIMEIRO PASSO!

08/08/2019 às 17h31

Na cidade de Exu, no Estado de Pernambuco, duas famílias mantiveram durante quase trezentos anos (começou em 1703!), uma rixa que implicou em centenas de mortes (leia mais em https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,tristeza-e-medo-ainda-acompanham-a-velha-exu-que-gonzagao-pacificou,1084782), em que um matava dez e o outro matava quinze, numa guerra familiar sem fim.

Até hoje as relações são tensas, mantidas em bases tão frágeis que a luta pode eclodir a qualquer momento, mas a paz foi selada em 1982.

Mas, o que isso tem a ver com o Brasil de hoje? Tudo!

Um chama o outro de idiota, o outro chama o primeiro de nazista, um diz que antes era chamado de anta e outro refere que o outro é comunista, e por aí vai, num caminho absolutamente cansativo e muito perigoso.

Quando um não concorda com o outro o chama de golpista, defende o fechamento das Instituições, que tem sérios problemas, mas funcionam, como se a desgraça fosse a solução para todos os nossos problemas.

Já se disse que a Democracia é o melhor-pior sistema inventado, ou que ruim com ela, péssimo sem ela.

Fico pensando quem vai dar o primeiro passo para a pacificação?

Saímos da última eleição divididos, entre bolsominions e petralhas, entre coxinhas e mortadelas, quando deveríamos ter emergido dela como cidadãos brasileiros. Afinal, é isso que somos!

Um determinado candidato à Presidente nos Estados Unidos teria dito que o “Obama até a eleição era meu adversário político, depois da eleição é meu Presidente”. Se isso é verdade, bota manifestação de civilidade e reconhecimento da democracia.

Aqui no Brasil o Presidente é chamado de miliciano, mesmo sem provas, e o adversário de poste, numa evidente manifestação de que não aprendemos nada com a Constituição de 1988, que entronou o respeito e a dignidade mútua como valores supremos da Nação.

Não importa o que digam, sempre vou acreditar que é possível a convivência respeitosa entre desiguais.

Se a carnificina de trezentos anos em Exu encontrou um caminho de Paz, alguém com autoridade moral (não perguntem quem) dará o primeiro passo, e o nosso grande país será uma terra de gente civilizada, não de vingadores eternos.

Me cobrem. Eu sempre pago minhas dívidas.

Compartilhe!