Revista Statto

DEUS É BOM E AMOROSO

08/03/2019 às 15h09

Aqui no Calçadão tem um cantor que passa os dias a gritar, a todo pulmão, que “se você não fizer isso vai para o inferno”, que se “você não acreditar naquilo Deus vai te castigar” e outras ameaças terríveis!

Além do cantor ser bem fraquinho, suas ameaças são absurdas, pois quem leu qualquer coisa da Bíblia sabe que Deus é bom e amoroso, generoso e não vingativo.

Quando alguém reclama de seus berros, fica injuriado e só falta remeter o atrevido direto para o inferno. Afinal, ela é gerente do local!

Sei que as religiões, ao longo dos séculos, usaram dessas ameaças de inferno e castigos como forma de convencer tortamente as pessoas a agirem corretamente, de serem honestas. Mas, por Deus, isso já passou!

Deus nos deu livre arbítrio, ou seja, capacidade para decidir entre o bem e o mal, e nos indicou o caminho do bem e do mal, cabendo a cada um de nós assumir as responsabilidades pelas escolhas que fazemos.

Quem fizer o bem terá boas possibilidades de receber o bem, quem fizer o mal terá boas possibilidades de receber o mal, mas não há certeza nenhuma nesse sentido. Quanta gente boa sofre mais do que merece e quanta gente ruim se delicia com o que não merece!

Tem gente que adora ser ameaçado com fogo do inferno (nem sei se isso existe de fato ou é mera alegoria para assustar os trouxas!), como argumento para acreditar em Deus e fazer o bem, mas eu odeio isso e quem usa dessa técnica.

Existem tantas verdades, tantas histórias de amor, tantos exemplos de generosidade, tantas recompensas aos justos, porque diabos o cantor do Calçadão tem de passar vociferando e ameaçando com o demônio e o inferno?

Fale de amor, de generosidade, de respeito, de perdão, de solidariedade.

Tenho certeza que as pessoas te achariam menos chato e mais positivo.

Alguém vai dizer: Coitado, está ganhando a vida! Ok, mas não poderia ganhar a vida sem o demônio como argumento?

Meu pai já dizia: Quem muito chama o Demônio para os outros, acaba recebendo-o para si.

Pronto, falei!

Compartilhe!