Revista Statto

MULHER – QUEM É VOCÊ?

02/03/2021 às 09h33

Acredito no poder das datas comemorativas para levantar reflexões que com o passar do tempo, acabam sendo preteridas. Lembrar a origem do dia 8 de março é reverenciar mulheres fortes, de luta e que não se deixam abater!

A mulher tem conseguido a cada dia vencer preconceitos e impor-se numa sociedade que guarda ainda predominantemente machista. Ser mulher nunca foi tarefa fácil, as tarefas se multiplicaram com as conquistas. Diante de tantas dificuldades é preciso analisar uma questão básica:

Mulher, você tem se realizado como é e da maneira como vive?

A maior aspiração do ser humano é ser feliz. Já nos apresentaram inúmeras fórmulas para a felicidade, no entanto sem o autoconhecimento é impossível encontrá-la, pois, a felicidade é relativa a cada um. Assim, nada mais recomendável na comemoração desse mês dedicado as mulheres, que procurarmos respostas sobre nós mesmas.

Mulher: quem é você? Do que gosta? O que quer para ser feliz?

Parece fácil, mas às vezes, é muito complicado encontrar respostas seguras para questões tão íntimas, no entanto, vale à pena. Pessoas que não são acostumadas a ouvir a si mesmo apresentam grande grau de insatisfação na vida, afinal como encontrar o que desejam se nem mesmo sabem o que é?

Escuto muito: “queria virar a mesa, largar tudo e só fazer o quero” – Então eu pergunto: e isso a faria feliz? – Normalmente, mesmo que de forma relutante, ouço: “Não!” Então porque perder tempo com esses pensamentos? É importante definir prioridades no que realmente desejamos e aí sim focar nossa energia e vontade. Mas se dar um basta pode nos realizar, vamos lá! Todavia é bom lembrar que as coisas conquistadas de forma paulatina são sempre mais seguras, porque são analisadas com maior cuidado e atenção.

O conhecimento de si mesmo é o caminho para uma vida plena, um estágio onde saibamos definir o que queremos para nossas vidas e a partir daí traçar objetivos mais seguros. Claro que esse é um processo lento; não acontecerá do dia para noite, até porque sendo almas em construção estamos sempre mudando e somando aquisições que podem alterar o rumo de nossos desejos.

O importante é estarmos sempre atentas a nós mesmos e que não deixemos que nada, nem ninguém seja maior do que a nossa vontade de nos autoconstruirmos na busca da plenitude como mulher e como ser humano.

www.suelyburiasco.com.br

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR
Suely Buriasco

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda