Revista Statto

POR QUE NÃO EXISTE “A PARADA DO ORGULHO HÉTERO”?

05/07/2021 às 15h01

Para quem conhece a importância da Parada do Orgulho LGBTQIA+, essa pergunta pode parecer bizarra. Entretanto, em pleno ano de 2021 é frequente escutar ou ler em redes sociais frases como essa, sendo assim, precisamos falar sobre essa temática na tentativa de esclarecer para pessoas que não tem acesso ao tema.

Sim, é um tema muito complexo e que pode causar diversas interpretações. Porém, sabemos que informação e reflexão sempre são as melhores maneiras de transmitir a complexidade sobre determinado conteúdo e quando falamos do mês da visibilidade LGBTQIA+, assunto tabu em diversos meios, precisamos falar cada vez mais.

Em um mundo onde o normal e esperado é ser hétero, as pessoas que têm uma orientação sexual diferente da padronizada pela sociedade é vista como um sujeito anormal, desajustado, mas isso não é verdade. O Dia do Orgulho LGBTQIA+ veio para conscientizar a sociedade sobre a normalização do assunto e não para bater de frente com a orientação de uma pessoa hétero, considerada um padrão.

Além disso, esta data tem como objetivo a sensibilização da sociedade para a marginalização que as pessoas da coletividade LGBTQIA+ sofrem diariamente e muitos desses casos, são mortas por pessoas preconceituosas. No Brasil, estima-se que a cada 23 horas morre uma pessoa vítima de homofobia, sendo considerado o país que registra o maior número de casos e mortes contra a comunidade LGBTQIA+. E é por isso que precisamos cada vez mais falar sobre o assunto, em diferentes esferas e ambientes, para normalização do mesmo.

Por que orientação e não uma opção sexual?

É uma pergunta bastante comum entre as pessoas que ainda não estão por dentro do assunto. Existe a confusão entre os termos orientação e opção e quando o assunto é comunidade LGBTQIA+, é muito fácil você encontrar uma pessoa que troque essas palavras.

O correto é orientação sexual, quando relaciona ao gênero que você sente atração e ela pode ser para um diferente ou o mesmo que o seu. Já opção sexual é incorreto por conta de que você não escolhe de qual gênero você quer sentir atração. É muito importante ressaltar também que a orientação sexual não está ligada com o seu sexo biológico.

O mês da visibilidade LGBTQIA+ é por motivo de resistência e luta e nunca foi uma comemoração

Por isso, não faz sentido existir uma comemoração de “orgulho hétero”. O dia do Orgulho LGBTQIA+ também não é um momento feliz e de celebração, o que muitos podem confundir. Esta data foi firmada como forma de luta e resistência pelas pessoas desta comunidade e, muito diferente de um dia feliz, é relembrado por muitos meios as estatísticas de preconceitos e mortes que sofrem.

Aqui, na A Psicanalista Online, nos abraçamos todas as formas de amor e apoiamos, duramente, essa luta e resistência da comunidade. Estamos aqui para levar informação, conhecimento e espalhar a naturalidade para todos.

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda