Revista Statto

QUANDO VOCÊ SE ACEITA, TODO MUNDO TE ACEITA

26/02/2020 às 14h43

A realidade é instável e só nos permite ter impressões. Ela, a realidade, não é real, está embasada nas suas crenças, seus valores e na sua bagagem de vida, se resumindo a uma percepção.

Nessa vida, tudo flui, tudo muda – só a mudança é constante.

Então, não se exija coerência.

Quem disse que você precisa ser coerente? Com o quê? Para quem?

Somos múltiplos!

Você não sabe como você vai acordar, como vai reagir diante das mais diferentes situações. Ou, vai me dizer que você age da mesma forma em 100% dos casos?! Não, né?!

Por isso, se aceitar do jeito que você é, é o primeiro passo para evoluir como pessoa.

Estar insatisfeito cansa – aceitar é bem mais gostoso e, mais simples também!

E, a vida pode ser simples, tranquila!

As coisas não são ruins, é o jeito como você olha para elas, que é ruim – seu estado interior determina seu entendimento.

Falta de aceitação é optar pelo padrão alheio para olhar para a coisa mais importante da sua vida: sua essência.

Largue esse padrão alheio de olhar para si mesmo, isso te destrói aos poucos, te distancia de tudo que você pode ser e realizar.

Você já parou para pensar em qual a diferença entre uma pessoa insistente e outra persistente? O primeiro olha de fora, criticamente o chama de teimoso, cabeça dura; o segundo olha de dentro para fora, pois só quem está dentro compreende o modo como age e o porquê age de tal forma.

Virtude ou defeito depende dos valores de quem observa!

Rótulos são visões negativas de quem nos olha. E, as pessoas veem de formas diferentes.

Então…. Qual o certo?!

O que faz sentido para você. #ETaTudoBem

Sua vida, suas regras, sua essência!

É preciso se responsabilizar por quem se é. Esse é o começo de uma vida com propósito, com entendimento, #FELIZ.

Olhar do seu jeito, sua sexualidade, seu modo de gostar, de se relacionar com as coisas da vida, é mais do que válido, porque tem sentido, tem alma para você. Então, é mais do que apropriado.

Você não precisa viver procurando defeitos em si mesmo, com um chicote na mão. Mutilando sua saúde mental e emocional.

Quando você se aceita, nada te incomoda.

Você se aceita, os outros te aceitam – isso é autenticidade, autonomia.

SE AJUSTAR AO MUNDO É UMA PERCEPÇÃO EQUIVOCADA.

Consideração, atenção – você não precisa se abrir para tudo que vem…. Aí quando vem algo negativo, você se sente destruído, diminuído, pequeno, com medo. E, passa a viver seus dias assim – um mendigo emocional.

“O que os outros vão dizer? ”

– Pare de ser escravo da opinião, do julgamento, da desconsideração alheia. Porque é você que vive tenso, azedo, irritado com Deus e o mundo.

– Pare de se vitimizar e achar que as coisas ruins só acontecem com você, que ninguém te respeita, te tratam mal, não tem consideração, etc. – O respeito que você emana é diretamente proporcional ao respeito que você oferece a si mesmo.

Não, entendeu? Explico: lei do retorno, vale para tudo!

Se você não se respeita, porque o outro deveria te respeitar?!

Agora entendeu, né?!.

VIVER EM SI É PERMANENTE, VIVER NOS OUTROS É SECUNDÁRIO.

Se comparar é minar sua autoestima. Imagino o desconforto de viver o dia inteiro num corpo que você só vê defeitos.

É claro que você não vê nada de bom em lugar em nenhum, nem poderia. Pois, você só encontra defeitos e cega para suas virtudes.

Você já avaliou há quanto tempo você vem fazendo isso e, as consequências disso na sua vida?

Tanto desconforto, por nada.

Responsabilize-se por sua vida!

Para de querer salvar o mundo, SE PRIORIZE!

É possível jogar no seu time, se aceitar, vibrar em harmonia.

Sugiro, que exclua os pensamentos que te escravizam, que te rebaixam, que te limitam, que tiram sua dignidade de ser humano.

Não faz diferença para o mundo se você for assim ou assado, a DIFERENÇA É PARA VOCÊ.

Você tem liberdade, com responsabilidade, pelos seus atos.

Pense, sinta o seu melhor o seu melhor!

Preencha-se de amor, luz, energia ou do queira chamar.

Estar sempre sobre a tutela do certo ou errado, do adequado, do crivo do pode e do não pode, apenas te retorna milhões de hora da sua vida gastos em autotortura.

Paz é quando a gente opta para a gente. Para com o jogo, com a ilusão e relaxa, aceita!

Quando a gente se aceita, a gente reconhece a nossa significância (de significado, mesmo). #ETaTudoBem

Acredite, você fará muito mais #diferença no mundo sendo do seu jeito, do que com uma latinha recolhendo esmolas.

Compartilhe!