Revista Statto

DIAS CHUVOSOS

24/04/2019 às 11h56

Mais um dia chuvoso em minha existência terrena.

Lá fora, a chuva molha toda a superfície. Aqui dentro, posso escutar seu som ao bater no telhado, como se estivesse tentando atravessá-lo.

A chuva, ao perceber que suas gotículas são mais frágeis que o telhado, se conforma e escorrega pelos caminhos mais fáceis. Vai contornando os obstáculos e seguindo um fluxo até onde meus olhos já não podem mais alcançar. Oh chuva, como você ensina.

Um dia chuvoso é um dia especial.

Normalmente as pessoas preferem dias de sol a dias de chuva. Já eu, ah eu prefiro os dias chuvosos!

Eu digo que a chuva restaura, que a chuva acalma e que um dia chuvoso, é uma oportunidade de analisarmos o quanto somos apressados, em tudo o que temos feito nesta existência. A chuva, parece querer nos lembrar a benção que é temos pulmões perfeitos. Permite-nos observarmos o fenômeno da respiração.

Sutilmente, a chuva obriga-nos a sermos mais cautelosos, como por exemplo nos fazendo ter mais prudência no trânsito.

Vôos são adiados, compromissos cancelados. Resultados parecem ficar comprometidos.

Alguns reclamam. “Oh chuva, logo hoje! A previsão era de dia ensolarado! ”

A irritação parece não acalmar a chuva, que continua a cair e parece não se cansar.

O tempo produtivo de um dia chuvoso, tende a ser menor. Diversas atividades ficam comprometidas devido à chuva que cai.

“Era tudo ‘para ontem’ e agora com esta chuva, atrasou tudo de vez.”

O mundo parece que “vai acabar”, porque haverão atrasos devido à chuva. Ah, como sou tola, esqueci-me que “tempo é dinheiro”, e é isso o que importa, não é mesmo?

Nestes dias chuvosos, percebo que o empecilho em questão não é a chuva.

O problema é pensarmos que tudo tem que ser conforme planejamos. Tudo tem que estar sob nosso total controle. Tudo tem que gerar lucros e vantagens. Perder é inadmissível.

O universo, de alguma forma, seja através da chuva por exemplo, insiste em nos sussurrar o quanto somos pequenos.

Diante de nossa impaciência, devido à chuva que não cessa, o universo manda a seguinte mensagem: “É isto mesmo, está a chover, logo hoje, logo neste dia, logo neste momento, para que de uma forma simples e prática, possa lhe mostrar que você não tem controle de nada além do que Eu permita”.

Compartilhe!