Revista Statto

GRAND PALACE: O CASAMENTO IMPERIAL DOS SOBERANOS E PATRIARCAS DA FAMÍLIA DOLHER

13/10/2021 às 12h04

No dia 12 de outubro de 1877, a senhora Maria Eugênia Dolher atravessou as ruas de paralelepípedos da cidade de Alemanha em direção ao “Grand Palace” para se casar com o patriarca da família, o senhor Henrique Pai Dolher.

Os trompetistas aguardavam a noiva na entrada, onde os convidados se aglutinavam no interior do palácio. No topo das árvores, os pássaros também aguardavam ela, em cantos… e, o noivo esperava a sua imperial e futura esposa no altar, ao lado dos padrinhos e pais.

Vestida num traje inteiramente branco, cor de rosa branca, cor de nuvem, cor de poesia, decorado com rendas diamantinas de murta e de prateado, enquanto a noiva atravessava a praça “Alexander Platz”, as moças imperiais da cidade gritavam: “apresse noiva, o sino já badalou“, pelos logradouros e becos da cidade a noiva aumentava seus passos, enquanto os fotógrafos já se preparavam para registrar o momento único: a chegada da noiva, no Grand Palace.

Com efeito, aquele seria um dos dias mais felizes da vida da soberana Dolher, revivido por ela em muitas ocasiões através de escritos, encontros e, em póstumos retratos em preto e branco até a sua morte.

A cerimônia foi tão difundida pelos noivos que acabou se tornando uma inspiração para muitas cerimônias de casamento póstumos para a nossa família até os dias de hoje.

Foram contratados vários chef’s de cozinha de grande porte, para preparar o prato principal, o famoso ” Ratatouille “, um prato francês.

Foram contatadas várias moças que trabalhavam com bordados, para bordar o vestido da noiva, o manto sagrado, com rendas de diamantinas e bordados de murtas.

A noiva ficou semanas antes do casamento ensinando aos grandes buffets, o passo a passo de como os preparativos deveriam ser feitos. Sem exagero, sem simplicidade. Ensinou também a arrumação do Grand Palace, e preparou com muito cuidado os preparativos das núpcias.

De 1877 para cá, a grande família real e alemã, conseguiu firmar uma tradição matrimonial que até hoje é repassada pelos seus descendentes e desperta a emoção a cada integrante da família “Dolher”!

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda