Revista Statto

livro A MENINA DO CIRCO TIBÚRCIO

27/04/2019 às 14h28

Nessa manhã chuvosa no coração do Rio Grande, eis que ao ir almoçar no restaurante Via Gastronômica, nos deparamos com esse ícone do cartunismo gaúcho, autografando sua mais recente obra, A MENINA DO CIRCO TIBÚRCIO, ele, Neltair Rebés Abreu, mas na verdade ele não é conhecido pelo nome de batismo e sim, por, Santiago”.

Autor, escritor e cartunista, que em suas obras retrata o cotidiano do gaudério, com suas nuances e características, parabéns por nos brindar com excelentes obras.

Nascido na cidade de Santiago – 1950, e, em 1970 mudou-se para Porto Alegre, trabalhando como desenhista técnico na indústria. Ingressou na Faculdade de Arquitetura, onde ganhou o apelido de “Santiago”, que terminou adotando como pseudônimo nos jornais estudantis, para fugir da censura política vigente naqueles anos.

Publicou pela primeira vez no suplemento humorístico O Quadrão, do jornal Folha da Manhã. Começou a trabalhar profissionalmente na Folha da Tarde, onde fez por nove anos a charge editorial do jornal, até o seu fechamento. Colaborou ainda para o Correio do Povo, Coo jornal, Pasquim e para O Estado de S. Paulo. É autor de seis livros.

É ganhador de vários prêmios nacionais e internacionais. Recebeu cinco prêmios no Concurso Anual de Cartuns do jornal japonês Yomiuri Shimbun, um deles, em 1989, o cobiçado Grand Prix, o prêmio máximo de onze mil dólares.

Ganhou dez vezes o prêmio ARI da Associação Rio-grandense de Imprensa para a melhor charge editorial. No Salão Internacional de Humor de Piracicaba foi premiado cinco vezes, até ser escolhido “presidente de honra”, em 1991.

Em 1988 a agência de notícias Sofia Press, da Bulgária, lhe concedeu o primeiro lugar no concurso pacifista Guerra à Guerra. Recebeu ainda alguns troféus em salões do Canadá, Alemanha e Turquia.

Recebeu vários prêmios por charges publicadas no Extra Classe.

Compartilhe!
Roni Riet

Por