Revista Statto

MAGDA COTROFE: ETERNA MUSA

06/02/2020 às 11h15

Para quem viveu o auge dos anos 80, regado a muito rock nacional, looks coloridos/neon e musas que eram descobertas nas praias e baladas da época, sabe que Magda Cotrofe marcou essa época. Dona de um corpo escultural, que desfilava pelas praias cariocas com seu biquíni asa delta e sorriso largo.

Musa dos anos 80, Magda Cotrofe, posou em um ensaio exclusivo ao fotografo Helmut Hossmann para a revista Statto e falou sobre sua vida, carreira, trabalhos e planos futuros.

Vamos lembrar um pouco da trajetória dessa bela mulher brasileira, que mesmo passado os anos, continua viva na lembrança de quem viveu em sua época.

Magda Cotrofe nasceu na cidade de Campos dos Goytacazes/RJ, começou sua carreira artística aos oito anos de idade, atuando em peças infantis nos renomados teatros da cidade modelando e posando para revistas e jornais locais.

Excelente patinadora, foi professora de patinação artística. Estudante de educação física, parou os estudos na faculdade em razão dos múltiplos compromissos profissionais.

Toda essa preparação, aliada à sua beleza natural e seu lindo rosto quadrado e cabelos castanhos compridos, combinados com os olhos levemente amendoados, fato que contribuiu para seu sucesso na carreira, lhe renderam muitos convites para participar de vários concursos de beleza, inclusive Miss Rio de Janeiro, assim como alavancou seu sucesso profissional, como modelo e atriz.

Magda Cotrofe passou ao longo dos anos praticamente inabalada pelo tempo. Quem não lembra da bela morena que deixava Rochinha, do Viva o Gordo, todo nervoso? Magda é constantemente lembrada pelo povo brasileiro com mais de 30 anos que, ao pronunciarem seu nome, seguem elogios à sua beleza marcante.

Na década dos anos 80, Magda tornou-se uma das modelos mais conceituadas do país, o corpão cheio de formas de lhe rendeu fama e o título de musa dos anos 80, ao lado de Luiza Brunet e Xuxa, símbolos femininos da época.

Como atriz, atuou no programa humorístico da TV Globo, denominado de “Viva o Gordo”, interpretando a personagem Liliane, contracenando com o desajeitado Rochinha, personagem interpretado por Jô Soares, conhecido pelo bordão “É o meu jeitinho…”; no cinema participou do filme “Solidão”, que se tratava de uma linda história de amor, contracenando com Pelé, na personagem de sua namorada.

Apresentou o programa “Rio Mulher” na Rede OM, ao lado de Helô Pinheiro. No teatro, esteve no elenco da comédia romântica “O fruto proibido”.

Teve incontáveis aparições na televisão, participou como convidada de alguns programas populares de auditório de Gugu Liberato no SBT e Gilberto Barros na Rede Bandeirantes. Em 1987, chegou a ser finalista do Troféu Imprensa de “melhor modelo”, no único ano em que a categoria foi incluída no tradicional prêmio da TV.

Um fato de grande destaque dos anos 80, foi ter se tornado precursora do estilo de biquíni “Fio Dental” e “Asa Delta” e lhe deu grande destaque e foi referenciado em muitas publicações de moda, como: “Moda Rio”, “Biquíni Made in Brasil”, “Um mergulho no Rio”, “Almanaque anos 80”, etc.…

No auge de sua carreira frequentou os grandes bailes de carnaval do Rio de Janeiro, desfilou por diversas escolas de samba, a exemplo da União da Ilha, Tradição, Unidos da Tijuca, Leão de Nova Iguaçu, entre outras.

Seu talento e beleza a tornaram conhecida nacional e internacionalmente, realizando desfiles e campanhas publicitárias, como das empresas de renome internacional “Du Loren” “Dijon” “Coppertone” e “Du Pont”.

Foi capa das revistas Nova, Manchete, Claudia e Fatos & Fotos; foi também a primeira mulher que saiu na capa da Playboy por três anos seguidos, em maio de 1985, dezembro de 1986 e outubro de 1987.

Hoje, mãe de Thalita e Thiago, Magda mantém o mesmo charme exuberante do passado; se sentindo lisonjeada e agradecida ao ser lembrada e continuar sendo considerada um ícone dos anos 80, como referência de mulher bonita, em uma época em que surgiram inúmeras beldades no cenário Nacional.

O visual enxuto é mantido com a prática de ginástica, spinning e musculação. Mas não se considera fanática, pois sabe o que engorda e quando ganha alguns quilinhos, “fecha a boca”.

Devido à grande repercussão nos anos 80, de ter se tornado a precursora do estilo de biquíni “Fio Dental” e “Asa Delta,  atualmente Magda recebeu o convite para estar no primeiro museu do biquíni ao lado de celebridades mundiais, na Alemanha, e com isso se tornou a consultora oficial do museu na América do Sul, recebeu também o título de embaixadora do turismo do RJ e, está desenvolvendo um projeto novo focada no museu do biquíni.

Em um futuro próximo, vai lançar um canal no IGTV no Instagram (que será de entrevistas e variedades) e também apresentará um programa no Youtube, focado em turismo.

 

FICHA TÉCNICA

Modelo- Magda Cotrofe

Fotos: Helmut Hossmann

Produção e edição de moda- Grace Hajfler

Assistente de Produção – Marcia Reis

Cabelo e Maquiagem – Luciano Sossa

Unhas fibra de vidro – Jessica, Nouvelle Studio

RC assessoria – Regina Célia (como RP do ensaio)

Fly Mkt – Will marketing Digital

Locação – Hotel Nacional Rio (com Assessoria Approach Comunicação – representada no dia por Julia Bustamante)

Roupas

Vestido de Onça – Dolce & Gabanna

Acessório – Versace

Sandália – Alexander McQeen

Vestido Preto – Versace (fotos feitas externas)

Acessório – cinto dourado, acervo pessoal

Sapato – Alexander McQueen

Vestido Vermelho – Costume Nacionalle

Acessório – acervo pessoal

Sandália – Schultz

Vestido Prata – Dolce & Gabanna

Acessório – acervo pessoal

Sandália- Schultz

Vestido Preto – Elisabetta Franchi

Acessório – cinto dourado, acervo pessoal

Sapato – Alexander McQueen

Compartilhe!