Revista Statto

A HISTÓRIA DO MISS SANTA MARIA

23/09/2019 às 18h16

O tradicionalíssimo concurso MISS SANTA MARIA, iniciou no ano de 1954, quando foi eleita nossa primeira Miss, a bela Ita Ehlers. Na época o concurso era realizado pelo jornal A RAZÃO, através de cupons depositados em uma urna, e já nessa época, cada moça representava uma entidade, a vencedora representou o Clube Atiradores Santamariense, que viria a se tornar o grande vencedor desse certame através dos anos.

Com o tempo o concurso foi mudando o formato, passando a ser realizado no formato de passarelas, normalmente sendo realizados em um dos clubes sociais de nossa cidade.

O concurso envolvia a cidade e para a eleição das nossas beldades, eram organizados grandes bailes de gala, onde o ponto máximo era o concurso, onde as candidatas desfilavam em traje de gala e maiô…

Esse formato durou até 1988, ano da eleição de Andreia Schimdt de Oliveira. A partir de 1989, o concurso passa a ser realizado no Ginásio de Esportes Municipal, O “Farrezão”, e aí as meninas desfilavam apenas de Maiô e biquíni. Nesse ano foram introduzidas outras categorias, além da categoria adulta.

Até o ano 1979, as misses eleitas, representavam Santa Maria no Miss RS, a partir de 1980 com a falência dos Diários Associados, promotores do MISS BRASIL, até então, as Misses RS passaram a ser indicadas e Santa Maria não mais enviava suas eleitas a nenhum certame.

A partir de 1992, as representantes santa-marienses voltaram ao Miss RS, a volta se deu com a bela Ana Cristina Ortiz, que não chegou ao top 10. Uma curiosidade, nesse ano, a santa-mariense Sandra Ávila, que faz parte da organização do Miss Santa Maria hoje, representou Faxinal do Soturno e ficou com a terceira colocação.

Até o ano de 2015 a coordenação do concurso coube ao jornal A RAZÃO e, a partir de 2016, passou para as mãos de SILVIA BORTOLUZZI e Roni Riet com realização da promotora Sandra Ávila.

O formato do concurso hoje em dia, é uma mistura do formato clássico, com desfiles com vestido de gala, maiô e biquíni, para que se possam avaliar a beleza plástica e facial das meninas, aliados a um formato mais moderno, com desfiles em trajes sociais, e diversas entrevistas, para que se possa avaliar as características culturais e intelectuais das meninas.

O MISS SANTA MARIA se atualizou, adaptando-se ao formato dos concursos internacionais, onde a avaliação do quesito beleza, une-se aos quesitos oratória, carisma, desenvoltura, postura e demais atributos que fazem uma verdadeira Miss.

À data escolhida para eleger a nova beldade que representará Santa Maria no certamente estadual, será nos dias 22 e 23 de outubro no Avenida Tênis Clube, que venham novas meninas para abrilhantar mais e mais nossa cidade e elevar o coração do Rio Grande no cenário nacional, como o celeiro de belas mulheres.

Compartilhe!