Revista Statto

DE NOVO? NÃO! É OUTRA VEZ…

29/04/2019 às 09h31

Outono que chega. Verão que termina. 2019 que efetivamente começa com o fim do carnaval. Ruas e avenidas parecem estar mais largas, já que não parecem mais abarrotadas. Na orla já é possível enxergar pontos de areia. A sensação de um novo ciclo passa a ser constante em cada morador da capital catarinense. Com coragem, todos apostam no novo-velho.

Somos movidos por engajamentos que nos levam ao círculo da vida. Desde o rotineiro hábito de lavar o rosto, passamos pelo cotidiano do trabalho e estudo, até o regar contínuo e imprescindível de nossas relações. Nossos conflitos internos e externos também são regidos ora pelo sentido horário, ora pelo anti-horário de sentimentos e resoluções.

Voltando para o dia a dia floripano, caminhadas na Beira Mar seguem de cenário para milhares de trabalhadores que percorrem seu novelo de 24 horas. Crianças, adolescentes e adultos com mochilas nos ombros também denunciam a vida de outros tantos que acreditam chegar ao ponto final daqui a alguns “dormires e acordares”, exatamente no mesmo local onde nova esperança começa. Sejam executivos, autônomos, servidores públicos, todos impulsionam a roda para que um outro início seja disparado.

Assim, como em todo lugar do mundo, Florianópolis, seja através de seus nativos, migrantes e turistas seguirá todo dia, o dia todo, na expectativa de um novo ciclo. E ele virá, com a falsa e ilusória certeza do tudo diferente: novas tentativas, experiências, vivências que nos encorajam, de forma real, a mais uma vez ser o start de nós mesmos e a continuidade de linha e caminho do outro. A engrenagem é perfeita. Até logo ali!

Graziela Braga

Jornalista – MTB 7528/RS

Coordenadora de Jornalismo

Instituto Federal de Santa Catarina

Compartilhe!