Revista Statto

BRUXELAS

26/12/2019 às 17h37

Que tal conhecer a capital da Bélgica? Chocolates deliciosos e excelentes cervejas poderiam ser motivos suficientes para querer conhecer Bruxelas, mas a cidade oferece muito mais.

Sede do Parlamento Europeu e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), Bruxelas está no caminho entre Paris e Amsterdam podendo ser agregada facilmente em um roteiro pela Europa. Ela possui diversos pontos turísticos históricos, mas também modernos como o Atomium, uma construção em forma de uma molécula gigante, construído para a Feira Mundial de Bruxelas, em 1958. A intenção seria destruir a construção após a exposição, mas acabou virando mais um símbolo da cidade.

Patrimônio da Unesco, é obrigatório a qualquer turista conhecer a Grand Place. Um espaço cercado de prédios bonitos como a Prefeitura Municipal e o Museu da Cidade. Aliás é lá que você encontrará, entre outras coisas, os mais de 900 trajes feitos para Manneken Pis.

A famosa estátua de 61 centímetros de altura, Manneken Pis, representa o bom humor e a liberdade de pensamento por meio da imagem de um menino urinando na bacia de uma fonte. Não se sabe ao certo qual foi o real motivo da criação e por isso diversas histórias são contadas pelos belgas.

Menos conhecida, porém de muita representatividade, a Jeanneke Pis é a versão feminina da estátua, ela foi criada em 1987 e está localizada próxima ao Delirium Café o qual detém o Recorde Mundial do Guinness por ter o maior número de variedades de cerveja, mais de 3 mil rótulos. Este é um extravagante local de encontro de residentes, estudantes, turistas e amantes de cerveja.

A Galeria Saint-Hubert (galeria do rei) foi a primeira galeria coberta na Europa e é composta por três arcadas que seguem uma depois da outra. A decoração é da época renascentista então vale a pena conhecer. Passeando por ali, você encontrará lojas e chocolaterias de brilhar os olhos.

Se quiser ter uma vista linda da cidade, aproveite o alto do Mont des Arts ou os arredores do Palácio da Justiça. O pôr do sol nesses lugares é incrível!

Descendo pelas ruas laterais do Monumento à Glória da Infataria Belga na Guerra Mundial, você passará por galerias e antiquários até chegar à Place du Grand Sablon e a Igreja Notre Dame, uma imponente construção em estilo gótico.

Também no mesmo estilo arquitetônico a Cathedral de Saint Michel e Saint Gudula abre suas portas para visitação.

Para quem gosta de área verde o Parc de Bruxelles é belíssimo. Ele abriga o Palácio Real que está aberto à visitação apenas durante as férias de verão do monarca. O edifício é usado como residência oficial do rei, já que ele e sua família vivem no Castelo Real de Laeken, nos arredores de Bruxelas.

Um pouco mais afastado, mas de fácil acesso pelo metrô, você poderá conhecer o Parc du Cinquatenaire. Construído em 1880 para celebrar os 50 anos da independência da Bélgica, o parque possui um jardim perfeito para caminhadas e piqueniques, além de uma construção que chama a atenção pelo seu tamanho. Nesse local estão o Arco do Triunfo, o Museu da História Militar e o Autoworld, um museu para os amantes de carros.

Esses foram apenas alguns dos incentivos a visitar a Bélgica, aproveite e descubra muito mais!

Depoimento: Ao chegar em Bruxelas já é possível sentir a vibe jovem da cidade. Minha dica é caminhar pela Rue des Bouchers, lá possuem diversos bares e restaurantes. Além disso, não volte para o Brasil sem provar o waffel e as batatas fritas belgas!

Maria Luiza de Bortoli @ma.luna3

Estudante de Design de Moda – UFN

Compartilhe!