Revista Statto

OS GRANDES CHIHUAHUAS

08/03/2019 às 17h15

O Chihuahua é a menor raça de cachorro do mundo e encanta pelo seu tamanho e pelo seu olhar meigo e carinhoso. É preciso tomar cuidado com eles pela casa, pois são muito pequenos, principalmente quando filhotes.

São cães elegantes, energéticos e velozes. Costuma-se dizer que eles têm qualidades semelhantes aos terriers: alerta, atencioso e rápido para interagir com seus donos.

Ele conquistou seu lugar como cachorro toy preferido por sua intensa devoção a uma única pessoa. Ele é reservado com estranhos, mas geralmente se dá bem com outros cães e animais da casa.

Eles são muito protetores ao seu cuidador, são muito leais e desconfiam dos estranhos que chegam na sua casa, sendo que o chihuahua considera esse seu domínio, latem facilmente, isso faz com que sejam bons cães de vigilância (mas não de guarda e proteção).

Você já reparou que seu cão está triste quando você sai de casa? É que um Chihuahua requer grandes quantidades de contato humano: gosta de ser tocando, acariciando, e cobra atenção sempre, se ele não obter, provavelmente usará várias táticas para chamar sua atenção.

Uma vez que eles são, leais e de temperamento doce, os chihuahuas são ideais para quem vive sozinho, para os idosos, para pessoas com problemas físicos e para os introvertidos. Eles lhe darão sua companhia por horas e horas, reclinados em seu colo ou ao seu lado em sua cama, e eles te trataram como um rei.

Os chihuahuas são ideais para quem mora sozinho, para idosos, para pessoas com problemas físicos e para introvertidos. Eles lhe darão sua companhia por horas e horas, reclinados em seu colo ou ao seu lado em sua cama, e eles te trataram como um rei.

Como todas as raças, alguns cuidados são importantes para garantir a qualidade de vida do chihuahua. Confira os principais:

– Banho: um chihuahua deve tomar banho uma vez por mês ou a cada dois meses. E você ainda pode limpar o pelo, se necessário, com uma toalha úmida entre os banhos.

– Escovação: tanto os cachorros de pelos curtos como os de pelos longos precisam ser escovados semanalmente, com escovas específicas para cada tipo.

– Dentes: o ideal é escovar os dentes todos os dias para manter a saúde bucal e evitar a extração de dentes ou problemas na gengiva. Caso não seja possível, procure fazê-lo ao menos duas vezes por semana.

– Temperatura: o chihuahua é muito sensível, frágil e pouco resistente às baixas temperaturas. Por isso, ele não deve dormir ou viver fora de casa – o que os torna perfeitos para apartamentos. Roupinhas e mantinhas são ótimas pedidas e necessárias para mantê-los aquecidos nos dias frios.

Após o desmame (cerca de seis semanas) os filhotes devem ser alimentados quatro vezes ao dia até os três meses de idade; de 3 a 6 meses, três vezes ao dia; de seis meses para o ano, duas vezes por dia e depois o ano, uma vez por dia. No entanto, a experiência mostra que os chihuahuas – como a maioria das raças – preferem várias pequenas refeições repartidas ao longo do dia do que uma única porção.

Conhecidos por serem animados, eles adoram brincar, correr e têm um nível de energia que pode surpreender. Como todo cachorro, eles precisam passear regularmente. Cerca de 30 minutos diários são o suficiente, ou cerca de 9km por semana. Mas é preciso estar atento ao nível de cansaço deles, principalmente em dias quentes, pois costumam se exercitar até cair se não houver a supervisão do tutor.

Tenha cuidado ao escolher uma coleira e uma correia que sejam leves, de preferência feitos de materiais como o náilon, para não colocar peso excessivo em seus pescoços.

Por fim, uma dica: o Chihuahua é arrogante mesmo sendo pequeno, tome cuidado com passeios ao parque, ele não tem medo de enfrentar cães maiores.

Compartilhe!