Revista Statto

NÃO HÁ RETA QUE LEVE AO SUCESSO

28/09/2021 às 11h27

Alguém procurando treinamento me perguntou se eu garantia o êxito no que ele está buscando. Isso me fez pensar no quanto é preciso esclarecer sobre o que realmente seja o sucesso e qual a sua trajetória. Como coach posso treinar habilidades do meu coachee ou cliente, posso construir com ele estratégias importantes e até definir juntos mudanças e comportamentos, mas não posso alcançar nada por ele, muito menos garantir que ele alcance. Para ter sucesso é fundamental chamar a si a responsabilidade de ação.

As pessoas que dizem querer alcançar um objetivo se dividem em dois grupos: as que valorizam mais o obstáculo do que o caminho e as que compreendem que os obstáculos fazem parte do caminho. As primeiras perdem muito tempo em lamentações e desculpas; as segundas aproveitam o tempo para se fortalecer e transpor as dificuldades. As primeiras quase sempre desistem; as segundas tornam-se mais fortes a cada obstáculo transposto.

Gosto dessa frase do escritor francês Gustave Flaubert: “O sucesso é uma consequência e não um objetivo“. Aprender a lidar com as derrotas é também uma forma de se ter sucesso. É um processo evolutivo que não segue nenhum padrão definido, até porque cada ser é único e age a sua própria maneira. Mas é possível e muito recomendável que se busque ajuda, porque entre o querer e a realização existe muita confusão e, quase sempre, a maior dificuldade é vencer-se a si mesmo.

Acostume-se: o caminho para o sucesso não é uma reta! Algumas curvas, subidas e descidas serão necessárias e acredite, chegar será tão recompensador que o motivará para outras caminhadas, novos objetivos e realizações inéditas. Porque fracassos, perdas, ganhos e vitórias são fases de uma vida plena e edificante, ou seja, uma vida de sucesso. Então não se deixe levar pelo desânimo, encare derrotas como momentos propícios para aparar as arestas, refletir e se fortalecer para retomar na caminhada.

Dificuldades, crises, conflitos não podem servir por desculpas, pois, verdadeiramente, são oportunidades de crescimento. São os fracassos que nos preparam para a vitória e é através deles que nos tornamos aptos para as realizações que almejamos. Por isso, não se engane, esse é um trabalho que não se pode terceirizar. Para realizá-lo você pode buscar ajuda e é sábio que o faça, mas é imprescindível sua própria ação.

www.suelyburiasco.com.br

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda