Revista Statto

EVITE OS DANOS DA MARESIA NO SEU CARRO

30/01/2020 às 11h30

Praia, sol e água fresca, essa combinação, que costuma atrair milhões de pessoas ao litoral em fins de semana e feriados, pode não fazer bem ao seu carro. Manchas na pintura e nos vidros, corrosão de peças metálicas e desgaste das borrachas são alguns dos efeitos da maresia.

A maresia pode ser removida por meio de uma simples lavagem com água e sabão. Por isso, a recomendação é lavar o veículo com a maior frequência possível, porém, se cuidados como estes não forem tomados, o problema poderá se agravar. Se esse sal ficar muito tempo sobre a pintura, irá criar uma condição agressiva pela presença de cloretos que vencem a proteção dada pela tinta.

OUTROS PROBLEMAS

Além da pintura e dos vidros, componentes metálicos do automóvel podem ser afetados pela maresia. Entre eles, parafusos, conexões, peças de freio, suspensão e escapamento, que podem enferrujar. Saiba que os veículos mais novos passam por processos que garantem anos sem que apareçam pontos de ferrugem. Isso livra os carros mais modernos do principal problema causado pela maresia. Além disso, os novos processos de pintura aumentaram a proteção contra raios ultravioleta (UVA e UVB), o que evita que a pintura queime com o passar do tempo.

 

SAIBA COMO SE PREVENIR

Lave o carro semanalmente: Se você vive na praia ou vai passar um longo período no litoral, é recomendado lavar o automóvel ao menos uma vez por semana. Já quem vai curtir um fim de semana ou feriado à beira-mar, deverá levar o veículo para lavar assim que retornar. Em ambos os casos, é indicado encerar o carro mensalmente.

Remova manchas com cera: As manchas da maresia podem ser removidas com uma cera limpadora. As mais fáceis de serem aplicadas são as líquidas.

Invista em selantes: A vitrificação é uma boa proteção contra a maresia para a pintura. Também existem selantes para os vidros, plásticos e borrachas à base de nano sílica.

Lixe a ferrugem: Pequenos pontos de ferrugem podem ser removidos manualmente com uso de uma lixa 600 e aplicação de tinta de reparo. Mas isso só é indicado para pequenos pontos ou regiões mais escondidas, uma vez que a pintura poderá ficar com tonalidade diferente do restante do veículo.

Cuidado com as capas: Veículos que ficam parados em ambientes de alta umidade com capa podem sofrer ainda mais com a maresia, pois a corrosão vai ocorrer sob o espaço formado entre a capa e a carroceria. Além disso, a ação de colocar e tirar a capa muitas vezes pode riscar o carro.

Compartilhe!