Revista Statto

DICAS PARA SEU PET

15/10/2019 às 15h01

Boa Alimentação

Muita atenção ao fornecer para seus PET, alimentos carregados de calorias, gorduras, açúcar e sódio. Isso inclui pizza, hambúrguer e batata frita, por exemplo. Alguns alimentos são perigosos e podem causar intoxicação nos animais. Portanto o ideal é escolher para os animais, ração, biscoitos caninos/felinos, petiscos e outros alimentos para próprios para pets.

Excesso De Alimentação

O cuidador deve estar atento e saber que os animais têm limite de calorias para serem ingeridas diariamente. Converse com um veterinário e se informe dos cálculos necessário a uma dieta balanceada. Ele vai te explicar o cálculo correto já que depende muito da raça e gasto calórico do animal.

Exercícios

É preciso ter uma rotina e fixar um horário para passear com seu melhor amigo. Especialistas em comportamento canino, orientam que estabelecida a hora em questão de três a quatro dias, o animal já estará adaptado e vai responder de forma muito positiva a essa rotina e que muitos problemas de comportamento são resolvidos com o passeio.

Meu Bichano

Escolher um gato como animal de estimação requer uma boa dose de observação. O dono de um bichano que vive dentro de casa deve ficar atento aos sinais que indicam as necessidades do animal. A comunicação é diferente, por exemplo, dos cães, que demonstram com mais clareza a fome ou a dor. Os gatos são muito seletivos com a alimentação, mas conseguem se adaptar à rotina do dono.

O Destruidor Da Casa

E sempre bom levar o comportamento destes animais em consideração, uma boa dica de como observar os cães em casos de ansiedade e depressão. O estado depressivo de cachorros pode ser desencadeado por uma série de motivos diferentes, incluindo desde uma mudança de ambiente até a recuperação de uma doença mais grave. Outro sinal típico do estado depressivo em cães é a intolerância ao toque físico. Em caso de dúvidas, procure um veterinário especializado.

Visita Ao Dentista/Veterinário

Você tem cachorro ou gato de estimação? Alguma vez já perguntou se os bichinhos também devem ir ao dentista para cuidar dos dentinhos afiados? Sim, assim como os seres humanos, a saúde bucal dos cachorros também tem vital importância para o bem-estar. A importância da manutenção dessa limpeza, que gera benefícios que vão muito além da mastigação. Como em todo problema de saúde, quanto mais cedo for diagnosticado, maiores são as chances de plena recuperação. Tem que escovar os dentes e o ideal é que esse processo seja prazeroso ao animal. É importante ter calma e sempre recompensar o seu amigo, com algum petisco ou carinho sem moderação.

 

Compartilhe!
SOBRE O AUTOR
Revista Statto

Por

POSTS RELACIONADOS
COMENTÁRIOS

0 Comentários

ESCREVA UM COMENTÁRIO

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

IMPORTANTE!
As informações recebidas e publicadas são de responsabilidade total de quem as enviou. Apenas publicamos as matérias e notas que as assessorias de imprensa nos passam. Qualquer problema, envie-nos e-mail relatando o ocorrido que transmitiremos aos devidos responsáveis.
desenvolvido porDue Propaganda