Revista Statto

SEU CABELEIREIRO DELIVERY

12/08/2020 às 18h33

Com tanto tempo de pandemia, a prestação de serviços pelos profissionais da beleza precisou ser reinventada. Para manter seus ganhos, cabeleireiros e manicures também entraram para o mundo delivery. Sim, agora nós vamos até sua casa.

Nas cidades em que os salões estão abertos, os profissionais, mesmo redobrando os cuidados e tomando todas as precauções para evitar a contaminação, sentem-se muito inseguros, assim como os clientes. O maior problema é o fluxo de pessoas e o compartilhamento de objetos, o que aumenta as chances de disseminação do vírus.

Para que esses serviços possam continuar acontecendo, o momento é de testar o atendimento domiciliar, ou seja, receber os profissionais no conforto da sua casa, pois o contato social fica limitado a apenas uma pessoa, sendo mais fácil eliminar os vetores de contaminação.

Nesse momento, surge uma preocupação muito grande com a segurança tanto do cliente como do profissional e de como tornar o desempenho da atividade possível. A saúde, sem dúvida alguma, é prioritária nas nossas vidas, mas como já dizia nosso poeta Vinícius de Moraes, “beleza é fundamental”.

Equipados com máscaras, luvas, álcool em gel, pro-pé (ou deixando os sapatos do lado de fora), o profissional é possibilitado de entrar na sua casa para oferecer alguns serviços de estética, seguramente.

Dê preferência aos profissionais que já atendem você para que haja confiança e liberdade para que se cobre as medidas sanitárias. Vale até o questionamento a respeito dos cuidados tomados em prol de reduzir as chances de transmissão do vírus.

Uma vez que ele esteja lhe atendendo em casa, é indispensável que todos permaneçam de máscara o tempo todo. Se possível, procure o atendimento em lugares arejados ou até mesmo ao ar livre. Você também está sendo observado, afinal de contas, a pandemia não veio só para alguns.

Não só os adereços de segurança, mas também equipamentos que facilitam a execução do trabalho estão sendo adaptados. Exemplo disso é o lavatório portátil, que confere o atendimento ao cliente como se estivesse no salão.

Dessa necessidade, surge uma nova forma de atendimento, pois há várias pessoas que já estão preferindo o atendimento domiciliar independentemente do vírus. Alguns dos clientes estão pensando seriamente em manter essa forma de atendimento no pós-pandemia, pois estão gostando da tranquilidade que isso traz, sem pressa de chegar, tendo a atenção totalmente voltada a eles.

Eu, particularmente, tenho um olhar bastante otimista para o futuro do home care, muito embora não veja a hora de voltar a dar expediente no salão. O salão tem vida, tem cheiro, tem moda, tem network. O certo é que existirão opções para todos os gostos. Vamos ver o que o futuro dirá.

Compartilhe!