Revista Statto

YOLANDA PEREIRA A PRIMEIRA MISS UNIVERSO

09/10/2020 às 15h26

Muito antes de Ieda Maria Vargas, o Brasil e o Rio Grande do Sul, já tinham sua Miss Universo. Mais precisamente em 1930.

Yolanda Pereira, gaúcha de Pelotas foi eleita Miss Pelotas, miss RS, miss Brasil e Miss Universo, título esse não reconhecido pelo Miss Universo Organization.

A primeira etapa das conquistas de Yolanda, o título de Miss Pelotas, foi conquistada através do sufrágio popular, tendo ela sido a candidata mais votada, com 4.202 votos. Em Porto Alegre, concorrendo com as demais candidatas, sagrou-se Miss Rio Grande do Sul, em concurso patrocinado pelo extinto jornal Diário de Notícias.

Na então capital federal, o Rio de Janeiro, embora não alimentasse esperanças de vitória, ela foi escolhida como a Miss Brasil.

O concurso internacional foi realizado no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, com o nome de International Beauty Contest. O país tinha seus jurados em desvantagem, e o resultado final estava na dependência dos jurados europeus, sendo que a favorita era a Miss Portugal.

Mas a escolhida foi Yolanda. Em agosto de 1930 (algumas fontes indicam o dia 7 de setembro) Yolanda foi proclamada “Miss Universo”. O parecer da comissão julgadora levou em conta quesitos como beleza, graça, equilíbrio, proporção, formas e distinção. Os jurados também estiveram atentos ao tipo étnico e à visão do conjunto.

O promotor do concurso era o vespertino carioca A Noite, a quem Yolanda concedeu a primeira entrevista, falando de sua surpresa pelo resultado. Disse que não esperava, que não alimentava tal ambição, e que apenas se preocupava com o desejo de desempenhar da melhor maneira possível o papel de Miss Brasil.

Yolanda morreu com 90 anos, no Rio de Janeiro.

Compartilhe!