Revista Statto

Como não se apaixonar!

18/12/2018 às 00h49

BULLDOG INGLÊS é um cachorro que tem conquistado uma legião de fãs, totalmente apaixonadas, país afora.

Assim, como todos os cães de cara achatada, essa raça acredita-se que descende de um longínquo ancestral, o Molosso de Epire, o Buldogue – que ainda não se parecia com o atual – era famoso naquele país por causa das brigas contra touros (bull-baitings) e rinhas caninas, com o passar do tempo e da proibição dessas práticas, ele passou a servir de animal doméstico, transformando-se no animal que conhecemos hoje.

Apesar da aparência, eles são afáveis, brincalhões, muito carinhosos, querem agradar sempre. Se dão muito bem com crianças e são moderadamente simpáticos com estranhos. A raça se dá bem com outros animais domésticos, mas podem ser um pouco encrenqueiros com outros cães.

O Bulldog é muito teimoso e tem dificuldade em aprender comandos, sendo um dos cães mais difíceis de ensinar, educar e adestrar, mas nos ganham sempre com sua cara de mau.

Elege um único dono
O Bulldog Inglês é daqueles cães que vão eleger um dono na família, e vai virar sua verdadeira sombra, idolatrando-o e seguindo-o para todos os lugares. Eles gostam da companhia de toda a família, são ótimos companheiros, mas eles vão nutrir um amor especial pelo eleito da casa.

Alimentação

Sua estatura é baixa, mas trata-se de um cachorro bastante largo – chegam a pesar até 25 quilos, alguns até mais, devendo ter uma alimentação balanceada e regulada.

A quantidade diária de alimento recomendado, é de 1/2 a 02 xícaras de uma ração de alta qualidade, divididos em duas refeições.

Exercícios x Saúde

Não precisam de uma grande quantidade de exercício (como deveriam fazer) preferem um estilo de vida descontraído. Cerca de 15 minutos em atividades físicas, eles estão prontos para uma sesta.

Eles adoram crianças e companhia, mas engana-se que isso seja uma coisa eventual, ele necessita de companhia, gostam de brincar e são carinhosos, sofrem muito quando não tem ninguém por perto.

Com o focinho curto e achatado, o bulldog inglês têm dificuldade de respiração, se cansam facilmente e têm problemas com calor excessivo, além de serem péssimos atletas aquáticos, preferindo ficarem inertes dentro de casa e principalmente em um sofá bem confortável.

Além de problemas respiratórios, costumam sofrer com dermatites e assaduras, sendo por isso recomendável que eles vivam em lugares frescos e bem arejados, longe do calor excessivo.

Curiosidades sobre o Buldogue Inglês

  • Buldogues Ingleses são as mascotes da Universidade da Geórgia desde 1956, sob o nome de Uga. Cada Uga tem sua própria carteira de estudante.
  • Buldogues são bem conhecidos por ter flatulência. Se o problema parece excessivo com o seu, fale com o seu veterinário.
  • Buldogues são comedores vorazes e vão comer demais se tiverem chance.
  • Preguiçosos e tranquilos, costumam não atender ao dono quando querem dormir, uma de suas atividades prediletas. E ainda ronca muito alto.
  • Devido ao tamanho de suas cabeças, Buldogues têm dificuldade em dar à luz. A maioria exige cesariana.
  • Expectativa de vida: 8 a 10 anos
Compartilhe!