Revista Statto

CHÁ DE ERVA-DOCE

11/01/2019 às 21h01

Conhecido pelo seu efeito calmante, atua também contra cólicas e gases, e um ótimo aliado no combate dos efeitos da gripe
O chá de erva-doce ajuda a melhorar o incômodo vindo das cólicas intestinais, graças ao efeito calmante da bebida. “Além disso, ele tem um poder diurético, o que contribui para o fim do inchaço abdominal, que atinge principalmente as mulheres”.
O chá de erva-doce também ajuda na digestão, graças ao ácido málico, pois essa substância fornece hidrogênio em quantidade necessária para equilibrar a acidez do estômago, o que melhora o processo digestivo.
Saiba que manter o nível de ácido gástrico equilibrado é importante, pois a sua baixa produção prejudica o funcionamento do organismo e causa um distúrbio conhecido como hipocloridria. Esse problema pode levar à carência de vários nutrientes, como cobre, cálcio, zinco, sódio, magnésio, cromo, selênio, manganês, entre outros.
Além disso, é rico em potássio, um importante eletrólito que ajuda a reduzir o ritmo dos batimentos cardíacos e a pressão arterial, contém ainda vitamina C, antioxidante que dá ao organismo maior resistência contra infecções, ajudando a combater os radicais livres.
O indicado é consumir, no máximo, 3 xícaras de chá de erva-doce por dia, você obterá todos os benefícios que esse chá pode lhe proporcionar.

A infusão deve ser feita da seguinte maneira:
Ferva 1 litro de água; desligue o fogo e acrescente 8 colheres de sopa de folhas da planta; deixe o recipiente tampado por cinco minutos e depois sirva.
O chá poderá ser feito com as sementes da erva-doce. Nesse caso, acrescente três colheres de sopa das sementes na água já fervida, e deixar descansando por cinco minutos.
Outros males que podem ser tratados com erva-doce
A bebida ainda traz benefícios ao corpo na luta contra algumas enfermidades, como a gripe, para tanto, use as folhas para o chá, pois atuam de forma mais eficaz no tratamento da indisposição. Para a dor de garganta é indicado o uso de gargarejo com a bebida.
O consumo de chás é bastante seguro e sem risco de efeitos colaterais, desde que seja usado de forma moderada; lembrando, que tudo que é demais prejudica.

Compartilhe!